• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2003.tde-28042005-153715
Documento
Autor
Nome completo
Linda Wang
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Atta, Maria Teresa (Presidente)
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo
Costa, Beatriz
Dibb, Regina Guenka Palma
Vieira, Sergio Roberto
Título em português
Efeito da associação de um cimento de ionômero de vidro modificado por resina com sistemas adesivos convencionais de frasco único. Análise da liberação de flúor, inibição de desmineralização e avaliação clínica
Palavras-chave em português
adesivos dentinários
cimentos de ionômero de vidro modificado por resina
flúor
Resumo em português
Foram testadas as hipóteses nulas de que sistemas adesivos de frasco único não influenciariam as propriedades de liberação de flúor, inibição da desmineralização e longevidade clínica de um cimento de ionômero de vidro modificado por resina. Em uma primeira etapa, um estudo in vitro foi desenvolvido para verificar a influência do adesivo na liberação de flúor. Foram confeccionados 6 corpos-de-prova do cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer/ 3M ESPE) como grupo controle e o mesmo número de corpos-de-prova para cada grupo em que foi proposta a aplicação do primer (Vitremer Primer/ 3M ESPE) ou sistema adesivo (Single Bond/3M ESPE e Prime Bond 2.1/ Dentsply Brasil). Os corpos-de-prova foram submetidos à ciclagem de pH, permanecendo 6 horas em solução desmineralizante (pH 4,3) e 18 horas em solução remineralizante (pH 7,0) a cada 24 horas, por um período de 15 dias. Os resultados foram avaliados pelo teste ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). Uma segunda etapa foi realizada in situ para analisar o efeito da capacidade de inibir a desmineralização de esmalte bovino. Após as informações aos voluntários, o estudo foi conduzido por 15 dias. Sessenta fragmentos de dentes bovinos (4x4x2mm) foram restaurados com as mesmas associações propostas, os quais foram distribuídos em dispositivos palatinos intra-bucais para o uso por 10 voluntários. Uma solução de sacarose de 20% foi gotejada 8 vezes ao dia. Para esta comparação, foi procedida a análise de microdureza longitudinal (Knoop). Os resultados foram analisados estatisticamente por ANOVA a três critérios e Tukey para a comparação dos resultados entre os grupos, distância e profundidade após o desafio cariogênico (p<0,05). Na terceira etapa, foi realizada uma avaliação do comportamento clínico de restaurações cervicais de lesões não cariosas. Foram considerados o baseline e os períodos de 6 meses e 1 ano. A avaliação foi realizada por 2 examinadores pré-calibrados, utilizando o método USPHS modificado, enfatizando os itens de retenção, integridade marginal, descoloração marginal, reincidência de cárie, e sensibilidade pós-operatória, cor e textura superficial. Para a análise estatística foi aplicado o teste de Qui-quadrado e McNemar com p<0,05. Os resultados revelaram interferência dos sistemas adesivos na redução da capacidade de liberação de flúor. Na análise de microdureza e na avaliação clínica não houve diferenças entre os tratamentos considerados em nenhuma das categorias avaliadas. Os resultados obtidos permitiram a aceitação parcial das hipóteses nulas consideradas.
Resumo em inglês
This study tested the null hypothesis that one-bottle adhesive systems do not influence fluoride release, inhibition of demineralization and clinical performance of a resin modified glass ionomer cement. An in vitro study was conducted to verify adhesive coat influence on fluoride release. Six specimens of resin modified glass ionomer cement (Vitremer/ 3M ESPE) were made for control group and for each test group coated with primer (Vitremer Primer/ 3M ESPE) or adhesive system (Single Bond/ 3M ESPE or Prime Bond 2.1/ Dentsply Brasil. Specimens were immersed in demineralization solution for 6 hours followed by immersion in remineralization solution for 18 hours totalizing 15-day cycle. Data were analyzed by ANOVA and Tukey tests (p<0,05). An in situ protocol was performed to evaluate this association on the ability of inhibition of demineralization on bovine enamel. The study was conducted for 15 days after volunteers received instructions. Sixty blocks of bovine teeth (4x4x2mm) were restored with the same systems, which were randomly distributed in intraoral acrylic appliances to be used for 10 volunteers. A 20% sucrose solution was dropped on the blocks eight times a day. Longitudinal microhardness (Knoop) was employed to obtain the results after the test, which were analyzed by three criteria ANOVA and Tukey test, considering distance, deepness and material (p<0.05). Finally, a clinical evaluation of noncarious cervical lesions restored with these associations was made, considering baseline, sixmonth and 1-year performances. Evaluation was made by two pre-calibrated examiners using modified USPHS criteria, focusing retention, marginal integrity, marginal discoloration, caries recurrence, postoperative sensitive, color and surface texture. Results were submitted to statistical analysis (Qui-square and McNemar, p<0.05). Analysis of results showed reduction of fluoride release when these associations were employed. Microhardness evaluation and clinical performance did not reveal differences of pattern of inhibition of demineralization. The results led to partial acceptability of the null hypothesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LindaWang.pdf (752.24 Kbytes)
Data de Publicação
2005-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.