• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.1996.tde-06042005-094511
Documento
Autor
Nome completo
Renata Bastos Del'Hoyo Fernandes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 1995
Orientador
Banca examinadora
Navarro, Maria Fidela de Lima (Presidente)
Carvalho, Ricardo Marins de
Taga, Eulazio Mikio
Título em português
Avaliação in vitro da liberação de flúor de cimentos de ionômero de vidro forradores e cimentantes.
Palavras-chave em português
dentística
materiais dentários
Resumo em português
O objetivo deste estudo in vitro foi avaliar e comparar o padrão e a quantidade de liberação de flúor de cimentos de ionômero de vidro forradores e cimentantes após períodos de 24 horas, 7 dias e 28 dias em água desionizada. Foram confeccionados 6 corpos de prova em forma de disco para cada material e cada período de leitura que, após a reação de endurecimento inicial, foram suspensos em recipientes plásticos contendo 18 mL de água desionizada. No momento da leitura, realizada a cada 6 horas no período de 24 horas, a cada 24 horas no período de 7 dias e a cada 7 dias no período de 28 dias, adicionou-se ao meio de armazenagem 2 mL de solução tampão TISAB III. A concentração de íons flúor em solução foi avaliada mediante leitura potenciométrica utilizando-se um aparelho analisador de íons. Vidrion C e XR Ionomer apresentaram as maiores quantidades de liberação de flúor. Ketac-Bond, Vitrebond, Ketac-Cem, GC Fuji I e Shofu I ocuparam uma posição intermediária e o Zionomer pó/líquido liberou a menor quantidade de flúor. Contudo, o padrão de liberação de flúor foi semelhante para todos os materiais testados.
Resumo em inglês
The objective of the present in vitro study was to evaluate and compare the pattern and the quantity of fluoride release of lining and luting glass ionomer cements after 24 hours, 7 days and 28 days in de-ionized water. Six disc-shaped specimes were made for each material and for each reading period. After the initial hardening reaction, they were pierced and suspended in plastic containers with 18 mL of de-ionized water. Readings were carried out every six hours in the 24-hour period, every 24 hours in the 7- day period, and every 7 days in the 28-day period, when 2 mL of TISAB III buffer solution was added. The concentration of fluoride ions in solution was evaluated through potenciometric readings using an ion analyser device. Vidrion C and XR Ionomer showed the highest quantity of fluoride release. Ketac-Bond, Vitrebond, Ketac-Cem, GC Fuji I and Shofu I were intermediary in rank, whereas powder/liquid Zionomer released the least quantity of fluoride. However, the pattern of fluoride release was the same to all the tested materials.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Renata.pdf (942.00 Kbytes)
Data de Publicação
2005-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.