• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2018.tde-27112017-111916
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo de Novaes Benedicto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Biazevic, Maria Gabriela Haye (Presidente)
Beaini, Thiago Leite
Kanashiro, Lylian Kazumi
Oliveira, Jefferson Xavier de
Paiva, Luiz Airton Saavedra de
Título em português
Validação de três métodos para estimativa de idade de crianças e adolescentes brasileiros
Palavras-chave em português
Antropologia Forense
Dentição Permanente
Determinação da Idade pelos Dentes
Erupção Dentária
Estudos de Validação
Odontologia Legal
Resumo em português
A estimativa de idade é um importante recurso em Odontologia Legal. Entre as diversas formas de se obter uma estimativa de idade, pesquisadores podem fazê-la por meio da análise do estágio de mineralização dos dentes permanentes. Este tipo de análise, torna possível que uma simples radiografia panorâmica possa fornecer dados relevantes para identificar um indivíduo falecido, por exemplo. Este estudo propõe a validação, análise da acurácia e a construção de fórmulas baseadas nos métodos de Liliequist e Lundberg com a adaptação de Hägg e Matsson (LLH), Haavikko (HKK) e Mornstad et al. (MSW) para a estimativa de idade pelo estágio de mineralização dos dentes permanentes em crianças e adolescentes brasileiros. Para alcançar este resultado, foram selecionadas radiografias panorâmicas de brasileiros em uma amostra contendo 1.009 radiografias (387 do sexo masculino e 622 do sexo feminino) com idade entre 8-15,99 anos. Destas radiografias, foram selecionadas apenas as que cumpriram com todos os requisitos dos critérios de inclusão e exclusão. Após a aplicação das metodologias, os resultados foram inseridos e trabalhados no Programa Excel, Pacote Estatístico STATA 13.0. (StataCorp LP, College Station, Texas, EUA) e MedCalc (Medcalc® Software, Mariakerke, Bélgica) de acordo com as necessidades do estudo. As amostras foram divididas sem distinção quanto ao sexo, com distinção quanto ao sexo, e com distinção quanto ao sexo e idade. A comparação dos métodos foi realizada pela diferença de médias da idade dentária com a idade cronológica (ID-IC). A acurácia foi analisada pela Diferença Absoluta (DA). O teste normalidade de Skewness e Kurtosis foi empregado e, dependendo do resultado, os dados foram submetidos ao Test t de Student, ou ao teste de Wilcoxon, para amostras pareadas. Como resultado das comparações sem qualquer distinção quanto ao sexo, a melhor acurácia foi obtida por LLH (DA = 0,97 e ID-IC = 0,58), HKK (DA = 1,42 e ID-IC = -1,35) e MSW (DA = 2,48 e ID-IC = 3,08). Com distinção quanto ao sexo, os valores para o masculino foram: LLH (DA = 0,91 e ID-IC = -0,45), HKK (DA = 1,80 e ID-IC = -1,75) e MSW (DA = 2,74 e ID-IC = 1,17); e para o feminino LLH (DA = 1,01 e ID-IC = -0,67), HKK (DA = 1,17 e ID-IC = -1,09) e MSW (DA = 2,31 e ID-IC = 0,53). Na comparação com distinção entre sexo e idade houve um predomínio respectivamente da técnica de LLH, seguida de HKK e MSW. As equações de regressão aplicadas na mesma amostra apresentaram em média DA = 0,72 e ID-IC = -0,01. Também, algumas fórmulas de regressão múltipla foram construídas a partir dos dados apresentados para as metodologias de LLH e HKK, exceto para MSW que não forneceu dados suficientes para o software criar equações. Ao final, foi possível concluir que é possível a validação das metodologias apresentadas para a população brasileira e que a metodologia que mais se aproximou da população brasileira foi o método de Liliequist e Lundberg com a adaptação de Hägg e Matsson.
Título em inglês
Validation of three methods for age estimation of Brazilian children and adolescents
Palavras-chave em inglês
Age Determination by Teeth
Dentition
Forensic Anthropology
Forensic Dentistry
Permanent
Tooth Eruption
Validation Studies
Resumo em inglês
Age estimation is an important resource in Forensic Dentistry. Among several ways to obtain the age estimation, researchers may do it by analyzing the mineralization stage of permanent teeth. This type of analysis allows that a simple panoramic radiograph to provide relevant data to identify a deceased individual, for example. This study proposes the validation, accuracy analysis and construction of formulas based on the methods Liliequist and Lundberg with the adaptation of Hägg and Matsson (LLH), Haavikko (HKK) and Mornstad et al. (MSW) for the estimation of age by the stage of mineralization of permanent teeth in Brazilian children and adolescents. To achieve the results, panoramic radiographs of Brazilians were selected in a sample containing 1009 radiographs (387 males and 622 females) aged 8-15.99 years. Of these radiographs, it was selected only those that fulfilled all the requirements of the inclusion and exclusion criteria. After applying the methodologies, the results were inserted and worked in the Excel Program, Statistical Package STATA 13.0. (StataCorp LP, College Station, Texas, USA) and MedCalc (Medcalc® Software, Mariakerke, Belgium) according to the needs of the study. The samples were divided without splitting sex, with splitting sex and with splitting sex and age. The comparison of methods was performed by the mean differences between dental age and chronological age (DA-CA). Accuracy was analyzed by Absolute Difference (AD). The Skewness e Kurtosis normality test was employed and the Student t test, or the Wilcoxon test, for paired samples was submitted depending on the results. The results of comparisons informed, without any distinction as to sex, the best accuracy was obtained by LLH (AD = 0.97 and DA-CA = 0.58), HKK (AD = 1.42 and DA-CA = -1.35) and MSW (AD = 2.48 and DA-CA = 3.08). With distinction to sex the values for male were: LLH (AD = 0.91 and DA-CA = -0.45), HKK (AD = 1.80 and DA-CA = -1.75) and MSW (AD = 2.74 and DA-CA = 1.17); and for female: LLH (AD = 1.01 and DA-CA = -0.67), HKK (AD = 1.17 and DA-CA = -1.09) and MSW (AD = 2.31 and DA-CA = 0.53). In the comparison with distinction between sex and age, there was a predominance of the LLH technique, followed by HKK and MSW, respectively. The regression equations applied in the same sample presented mean AD = 0.72 and DA-CA = -0.01. In addition, some multiple regression formulae were constructed from the data presented for LLH and HKK methodologies, except for MSW, which did not provide enough data for the software to create equations. At the end, it was possible to conclude that it is possible to validate the methodologies presented in the Brazilian population and the methodology that most approached the Brazilian population was the Liliequist and Lundberg method with the adaptation of Hägg and Matsson.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.