• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2005.tde-27092005-144021
Documento
Autor
Nome completo
Katia Aparecida Bueno Santos Bastos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Cardozo, Hilda Ferreira (Presidente)
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira
Nunes, Mauricio Rodolfo Loiacono
Título em português
"Análise da ocorrência e classificação penal das lesões maxilofaciais do Instituto Médico Legal do Município de Taubaté"
Palavras-chave em português
acidentes de trânsito
agressão física
Palavras-Chave: Trauma Facial
Traumatismo maxilofacial
Resumo em português
Nesta pesquisa, foi realizado o levantamento da ocorrência de traumatismos faciais e dentários. A autora utilizou na sua amostra 1.374 laudos de vítimas de traumatismos faciais presentes nos arquivos do Instituto Médico Legal do Município de Taubaté. A maioria das vítimas de traumatismos faciais (61,4%) da amostra é do sexo masculino, na faixa etária dos 20 aos 29 anos de idade e o agente etiológico mais freqüente foi a violência interpessoal. Dos traumatismos faciais, 93,1% das vítimas tiveram lesões de tecido mole, 2,5% apenas lesões de tecido duro e 4,4% apresentaram lesões associadas de tecido mole e duro. No que tange aos tecidos duros, verificou-se que 54,3% das vítimas sofreram somente fraturas ósseas, 31,4% tiveram lesões dentárias e 5,2% traumatismos ósteo-dentários. Os traumatismos dentários ocorreram com maior freqüência no sexo masculino (54,8%) e idade entre 20 a 29 anos e predominou como agente etiológico a violência interpessoal. A maioria das vítimas (61,3%) de traumatismos dentários teve o envolvimento de um único dente. A avaliação do dano, presente nos laudos, classificou a maioria dos traumas dentários como sendo de natureza grave (45,2%). Verificou-se também que, após a vigência da lei de obrigatoriedade do uso do cinto de segurança, houve uma redução de 5,9% nas vítimas de acidentes de trânsito com traumas faciais
Título em inglês
Analysis of the occurrence and criminal classification of the maxillofaciais injuries at the Legal Medical Institute of Taubaté.
Palavras-chave em inglês
Facial trauma
maxillofacial trauma
physical aggression
traffic accidents
Resumo em inglês
This is a study of the occurrences of facial and dental traumas. Its sample was composed by 1.374 awards of facial traumas victims from the files of the Legal Medical Institute of Taubaté. On the sample, the majority of the victims with facial traumas are of the male gender (61,4%), at the age group of 20 to 29 years old, injured as a result of interpersonal violence – main etiological agent. Among facial traumas, 93,1% of the victims had soft tissue injuries, 2,5% had hard tissue injuries and 4,4% had both injuries. Concerning hard tissues, among the victims, 54,3% suffered only bone fractures, 31,4% suffered only dental injuries and 5,2% had both of them. The dental traumas occurred more frequently among the male gender (54,8%), aged between 20 and 29, and predominantly as consequence of interpersonal violence. The majority of the victims (61,3%) with dental traumas damaged only one tooth. According to the loss evaluation, from the awards, most of the dental traumas were of grave nature (45,2%). Another finding from the study was that after security belt became obligatory there has been a decrease of 5,9% of the victims from traffic accidents with facial traumas
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KatiaBastos.pdf (602.55 Kbytes)
Data de Publicação
2006-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.