• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2013.tde-13042013-093405
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Rogel de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Botazzo, Carlos (Presidente)
Junqueira, Simone Rennó
Junqueira, Virginia
Título em português
Construção social da demanda em saúde
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Cuidado em saúde
Demanda em saúde
Necessidades de saúde
Resumo em português
A saúde no Brasil se dá por meio de um sistema único, com base jurídica e apoio na Constituição Federal. A saúde é colocada como Direito de todo o cidadão, e para que tais Direitos sejam garantidos, organizam-se modelos visando à operacionalização dos serviços. O primeiro nível no Brasil é denominado Atenção Básica (AB), com sua base conceitual vinda da Atenção Primária à Saúde (APS). Ela é colocada como a porta de entrada preferencial do sistema, como coordenadora do cuidado, com um território delimitado e exercida nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e/ou Unidades de Saúde da Família (USF). Seguindo a diretriz da descentralização, é gerida pelo município e com isso espera-se que as ações sejam mais qualificadas e resolutivas, uma vez que o município tem maior proximidade e conhecimento das necessidades de saúde de sua população. O objetivo do trabalho é conhecer e analisar como está organizada a produção teórica da Saúde Coletiva no Brasil acerca da construção social da demanda por serviços de saúde na Atenção Básica, criando-se assim uma referência a fim de trazer o assunto à discussão. A pesquisa foi feita utilizando-se os termos relacionados ao problema inicial: demanda em saúde, atenção básica e modelos tecno-assistenciais em saúde. Os conceitos serão apresentados de forma mais aprofundada por meio da revisão bibliográfica necessária para que aqueles que escrevem, produzem e vivem os termos que são aqui utilizados possam ganhar voz. Além da revisão, serão apresentados dados de documentos, levantados por meio de pesquisas em bancos de dados oficiais. Para a análise optou-se pela hermenêutica dialética, a qual tem na hermenêutica a arte da compreensão, ocupando-se do compreender através não só da interpretação do que o autor quis dizer em seu texto, mas além, dizendo que o pesquisador deve também buscar o que ficou subentendido, no inconsciente. A dialética busca compreender a realidade, por meio da transformação e da estranheza que ocorrem no interior dos processos, trabalhando com a quantidade e a qualidade como noções intrínsecas a qualquer objeto. Espera-se do serviço de saúde que este reconheça e resolva, na medida do possível, os problemas de saúde da população. E da AB esperamos que seja a captadora de boa parte das condições que afetam a saúde das pessoas. Temos no Brasil, a proposição da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) a qual enuncia o acesso universal e a atenção às necessidades de saúde como parte dos fundamentos e diretrizes da AB. Espera-se que esta seja uma construção conjunta trabalhador e usuário de modo a produzir saúde dentro das instituições e pelo território que os circunda.
Título em inglês
Social construction of demand on health
Palavras-chave em inglês
Care in health
Demand in health
Health needs
Primary Attention to Health
Resumo em inglês
Health in Brazil is set asa unified system,which is run under a legal basis and is protected by the Federal Constitution. It is placed as a Right to every citizen, and hence, models are defined so thatservices can be providedto assure that Right. The first level in Brazil is called AtençãoBásica (AB) (Basic Attention), with its basic concept coming from AtençãoPrimária à Saúde (APS) (Primary Attention to Health). It is said to be the system main front door, working as a care coordinator with a delimited territory and practiced in the UnidadesBásicas de Saúde (UBS) (Basic Health Units) and/ or in the Unidades de Saúde da Família (USF) (Family Health Units). Following the decentralization guideline, it is managed by the city and, thus, actions are expected to be quality and effective, once the city has greater proximity with and knowledge of the health needs of its population. The objective of the paper is to get to know and analyze how the Brazilian Collective Healths theoretical production aboutthe social construction of the demand of health services in the AtençãoBásica is organized, building, thus,a reference in order to bring the subject to light. The research was carried out by making use of the terms related to the initial problem: health demand, basic attention and techno assistance models in health. The concepts are going to be presented more deeply through the necessary bibliographical review,so that those who write, produce and live the terms used here can have a say. Besides the review, document data, collected through research in official databases, are going to be presented. To the analysis, the dialectical hermeneutics was chosen. By analyzing both fields,we have the hermeneutics as the art of comprehension, having it minding the understanding, not only by interpreting what the author meant in the text, but also by going beyond it and saying that the researcher must also investigate what was implicit, in the subconscious. The dialectics minds understanding the realitythrough transformation and strangeness that happen within the processes, working with quantity and quality as intrinsic notions to any object.It is expected from the health service that it recognizes and solves the health problems of the population to an attainable extent. And from AB we expect it to assist a great part of the conditions that affect peoples health. We have in Brazil the proposition of the PolíticaNacional de AtençãoBásica (PNAB) (Basic Attention National Policy), which enunciates the universal access and the attention to the health needs as part of the fundamentals and guidelines of the AB. It is expected it to be a mutual construction worker and user in a way of producing health within the institutions and throughout the territory surrounding them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.