• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2005.tde-12012006-151035
Documento
Autor
Nome completo
Katia Silva Matias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira (Presidente)
Marcucci, Gilberto
Pedro, Paulo Frazão São
Título em português
"Qualidade de vida de pacientes com câncer bucal e da orofaringe através do questionário UW-QOL"
Palavras-chave em português
Brasil
Câncer bucal
Mastigação
Qualidade de vida
UW-QOL
Resumo em português
O presente estudo realizou teste de campo para uma versão em Português do questionário de qualidade de vida da Universidade de Washington (UW-QOL, quarta versão), com o intuito de avaliar a capacidade do questionário em descrever padrões diferenciais de qualidade de vida de pacientes com câncer de boca no contexto brasileiro, e incentivar avaliações dessa natureza em diferentes contextos culturais. Foram entrevistados 143 pacientes com carcinoma epidermóide de boca e orofaringe atendidos no Complexo Hospitalar Heliópolis, usando um questionário especificamente desenvolvido para esta finalidade. Dados colhidos do prontuário do paciente informaram características sócio-demográficas desses pacientes, sua condição clínica e os tratamentos efetuados. A auto-avaliação de qualidade de vida foi estratificada segundo categorias sócio-demográficas e clínicas, como estratégia para apreciar a capacidade do questionário em discriminar os domínios mais afetados em diferentes quadros de qualidade de vida. Os pacientes com tumores maiores, os que tinham tumores localizados na orofaringe ou na porção posterior da boca, os que apresentaram metástases regionais e os que foram submetidos a radioterapia apresentaram indicações significantemente menos elevadas (p < 0,05) de qualidade de vida. Mastigar, ansiedade, engolir e saliva foram os domínios de pior pontuação; dor, engolir, mastigar e saliva foram as queixas mais freqüentes na semana que antecedeu a entrevista. O questionário foi bem aceito e facilmente respondido pelos pacientes, permitindo a identificação de relevantes contrastes e similaridades entre os grupos de respondentes. Seu uso regular em ambiente hospitalar pode contribuir para antecipar intervenções voltadas à redução de impacto das aplicações terapêuticas e à gestão dos tratamentos.
Título em inglês
Quality of life of patients with cancer of mouth and oropharynx using the questionnaire UW-QOL
Palavras-chave em inglês
Brazil
Chewing
Oral cancer
Quality of life
UW-QOL
Resumo em inglês
This study performed a field trial of a Portuguese version of the University of Washington quality of life questionnaire (UW-QOL, fourth version), aiming at fostering these studies in cross-cultural contexts, and at appraising the questionnaire’s ability in identifying differential patterns of health-related quality of life of patients with cancer of mouth and oropharynx in the Brazilian context. We interviewed 143 patients undergoing treatment for oral squamous cell carcinoma at a large Brazilian hospital (Complexo Hospitalar Heliópolis), using a questionnaire specifically developed for this purpose. Hospital records informed socio-demographic characteristics of these patients, their clinical status, and treatments already performed. The self-report of quality of life was stratified by categories of socio-demographic and clinical characteristics of patients, as a strategy for assessing the ability of the questionnaire in discriminating the most affected domains for patients presenting different conditions. Patients presenting larger tumours, neoplasm in the oropharynx or in posterior parts of the mouth, those affected by regional metastasis and those already treated with radiotherapy presented significantly (p < 0.05) poorer scores of quality of life. Chewing, anxiety, swallowing and saliva were the poorest rated domain; pain, swallowing, chewing and saliva were the most frequent complaints during the week preceding the interview. The questionnaire was well accepted and easily answered by patients, and allowed the identification of relevant contrasts and similarities among subsets of respondents. Its regular use in hospital settings can contribute for anticipating interventions aimed at reducing the impact of therapeutic applications and at subsequent patient management.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KatiaMatias.pdf (390.06 Kbytes)
Data de Publicação
2006-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.