• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2015.tde-21092015-161059
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Moura Foz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Romito, Giuseppe Alexandre (Presidente)
Caldeira, Marinella Holzhausen
Fischer, Ricardo Guimarães
Leao, Pedro Puech
Pinto Júnior, Décio dos Santos
Título em português
Perfil inflamatório de pacientes submetidos à endarterectomia de carótida e sua relação com doença periodontal crônica
Palavras-chave em português
Doença aterosclerótica
Doença periodontal
Inflamação sistêmica
Medicina periodontal
Periodontopatógenos
Resumo em português
A relação entre periodontite e doenças cardiovasculares (DCV) tem sido amplamente discutida, embora os mecanismos de interação não estejam claros. Foi sugerido que pacientes com periodontite apresentam inflamação sistêmica e um pequeno aumento no risco cardiovascular. Patógenos periodontais foram encontrados em placas de ateroma, mas a influência destes microrganismos na aterosclerose ainda não é compreendida. O objetivo primário deste estudo foi delinear o perfil inflamatório sistêmico de pacientes submetidos à endarterectomia carotídea. Os objetivos secundários foram associar o perfil inflamatório dos participantes à condição periodontal e à presença de patógenos orais encontrados na cavidade oral e em placas de ateroma. Trinta e cinco pacientes submetidos à endarterectomia carotídea foram incluídos neste estudo. Antes da cirurgia vascular, um exame clínico periodontal foi realizado e foram coletadas amostras de sangue, saliva e biofilme subgengival. Durante a endarterectomia, uma amostra da placa de ateroma foi coletada. As amostras de soro foram testadas com o ensaio imunoenzimático de alta sensibilidade Multiplex para dezessete marcadores de células Th17. Amostras de saliva, biofilme subgengival e placa de ateroma foram submetidas ao PCR quantitativo para avaliação de dez patógenos periodontais. Este estudo foi capaz de detectar vários marcadores inflamatórios circulantes, o que indica a presença de inflamação sistêmica como uma característica da população. T. forsythia foi o microrganismo mais frequentemente encontrado em amostras de ateroma (37% das amostras). Níveis de T. forsythia em amostras de ateroma foram positivamente correlacionados com os níveis séricos de IL-7, IL-6, IL-17, IL-13, IL-12p70, IFN-?, GCS-F (p<0,05) e IL-10 (p<0,01). Níveis séricos de IL-2 foram positivamente correlacionados com os concentrações salivares de P. intermedia, P. endodontalis (p<0,05) e T. denticola (p<0,01). Níveis séricos de TNF-? foram positivamente correlacionados com concentrações salivares de P. endodontalis (p<0,01). Concentrações de P. endodontalis em amostras subgengivais foram correlacionadas positivamente com IL-2 (p<0,05). A inflamação periodontal (PISA) foi positivamente correlacionada com IL-2 (p<0,05). A coexistência de patógenos periodontais comuns na cavidade oral e na placa de ateroma está associada a um estado inflamatório sistêmico, o que poderia ser relevante para a compreensão dos mecanismos que ligam periodontite com DCV.
Título em inglês
Inflammatory profile of patients undergoing carotid endarterectomy and its relationship to chronic periodontal disease
Palavras-chave em inglês
Atherosclerotic disease
Periodontal disease
Periodontal medicine
Periodontal pathogens
Systemic inflammation
Resumo em inglês
The relationship between periodontitis and cardiovascular diseases (CVD) has been widely discussed, although the mechanisms of interaction are not clear. It has been suggested that patients with periodontitis exhibit systemic inflammation and mild increase in future cardiovascular risk. Periodontal pathogens have been found in atheromatous plaques, but their exact role in atherosclerosis are not yet undertstood. The primary aim of this study was to screen the systemic inflammation profile in patients undergoing carotid endarterectomy. The secondary aims were to associate participant's inflammatory profiles with periodontal status and the presence of periodontal pathogens found in oral cavity and atheromatous plaques. Thirty-five patients who underwent carotid endarterectomy were enrolled in this study. Prior to the vascular surgery, a clinical periodontal exam was conducted, and samples of blood, saliva and subgingival biofilm were collected. During endarterectomy, a sample of the atheromatous plaque was retrieved. Serum samples were assayed with high sensitivity Multiplex assay for seventeen Th17 biomarkers. Saliva, subgingival biofilm and atheromatous plaque samples were submited to quantitative PCR for ten periodontal pathogens. This study was able to detect several circulating inflammatory markers, indicating the systemic inflammatory burden as a characteristic of this population. T. forsythia was the more frequent microorganism found in atheromatous samples (37% of the samples). T. forsythia titres in atheromatous samples were positively correlated with serum levels of IL-7, IL-6, IL-17, IL-13, IL-12p70, IFN- ?, GCS-F (p<0.05) and IL-10 (p<0.01). Circulating levels of IL-2 were positively correlated with salivary titres of P. intermedia, P. endodontalis (p<0.05) and T. denticola (p<0.01). Circulating levels of TNF-? were positively correlated with salivary titres of P. endodontalis (p<0.01). Subgingival levels of P. endodontalis were positively correlated with IL-2 (p<0.05). Periodontal inflammation (PISA) was positively correlated with IL-2 (p<0.05). The co-existence of common periodontal pathogens in the oral cavity and in atheromatous plaque is associated with a systemic inflammatory state that could be relevant to understanding the mechanisms linking periodontitis to CVD.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.