• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2014.tde-19022015-153458
Documento
Autor
Nome completo
Simony Hidée Hamoy Kataoka
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Caldeira, Celso Luiz (Presidente)
Fregnani, Eduardo Rodrigues
Gavini, Giulio
Gondim Junior, Eudes
Pessoa, Oscar Faciola
Título em português
Avaliação dos efeitos tradios da radioterapia na microcirculação pulpar: Taxa de %SpO2 pulpar de pacientes irradiados para tumores malignos intraorais e de orofaringe. Tese apresentada à Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Ciências Odontológicas
Palavras-chave em português
Microcirculação
Polpa dental
Radioterapia
Resumo em português
O objetivos deste estudo foi avaliar a influência da radiação ionizante na vitalidade do tecido pulpar mensurada através dos níveis de saturação de oxigênio (%SpO2) em pacientes com tumores malígnos intraoral ou de orofaringe, passado de 4-6 anos da radioterapia (RT). Noventa pacientes com tumores malígnos intraoral ou de orofaringe, submetidos de 4-6 anos anteriores a RT foram selecionados para este estudo. Os níveis de oxigenação e sensibilidade pulpar, avaliados através do oxímetro de pulso e do spray refrigerante TFE (tetrafluoretano), foram analisados nos dentes anteriores (superior e inferior) de cada paciente selecionado (n=693),, indiferente do quadrante e da área irradiada. Como grupo controle foram selecionados noventa pacientes saudáveis (nunca submetidos a RT) e os mesmos testes foram empregados (n=693). Todos os dentes foram considerados vitais. 100% mostraram resposta positva ao teste térmico e as médias de %SpO2 foram de 92.7% no grupo dos pacientes irradiados (SD ± 1.83) e 92.6% no grupo dos não-irradiados (SD ± 1.80), sem diferença estatística observada. Houve uma tendência de valores de %SpO2 menores em dentes caninos comparados aos incisivos, entretanto sem diferença estatística significante. Passados de 4-6 anos da RT, as %SpO2 da polpa dental estão dentro dos padrões considerados normais para uma polpa vital e podese assumir que a RT não têm influência danosa a longo prazo sobre a vitalidade do tecido pulpar, assim sugerindo que este tecido pode ser apto a retornar o fluxo sanguíneo normal após a RT. As mudanças observadas na microcirculação pulpar devido a RT parecem ser temporárias, então o tratamento endodôntico preventivo ou a extração dental em pacientes que receberam radiação ionizante são desnecessários.
Título em inglês
Late effects evaluation of radiotherapy on dental pulp microcirculation: %SpO2 pulpal rate in patients given radiation therapy for malignant intraoral and oropharyngeal tumors
Palavras-chave em inglês
Dental Pulp
Microcirculation
Radiotheraphy
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the influence of radioation on pulp vitality through the measurement of pulpal oxigenation levels (%SpO2) in patients with malignant intraoral and oropharyngeal tumors at 4-6 years after radiotherapy (RT). Ninety patients with malignant tumors in the oral cavity or oropharynx, submitted to RT 4-6 years prior to the study were selected. Pulp oxygenation levels and pulp sensitivity, measured by pulse oximetry and by cold refrigerant spray TFE (tetrafluoroethane), were analyzed in the anterior teeth (upper and lower) of each patient selected (n=693), regardless of the quadrant and the irradiated area. As a control group were selected ninety healthy patients (never submitted to RT) and the same tests were performed (n=693). All teeth were considered vital. 100% showed a positive response to the thermal test and the %SpO2 rates were 92.7% in irradiated group (SD ± 1.83) and 92.6% in non-irradiated group (SD ± 1.80), without statistical difference. There was a trend for lower %SpO2 values in canine teeth compared to incisors, however it was not statistically significant. After 4-6 years of RT the dental pulp %SpO2 are within the normal range considered for a vital pulp and it can be assumed that RT did not have a long term influence on the pulp vitality, therefore suggesting that the pulp tissue may be able to recover normal blood flow after RT. The changes observed in the pulp microcirculation due to RT seems to be temporary, so preventive endodontic treatment or tooth extraction in patients who will receive RT may not be necessary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.