• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-09042009-113747
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana Martins e Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ortega, Karem Lopez (Presidente)
Casseb, Jorge Simão do Rosário
Magalhães, Marina Helena Cury Gallottini de
Título em português
Avaliação clínica de alterações bucais em pacientes soropositivos para o HTLV
Palavras-chave em português
ATL
Epidemiologia
HTLV
TSP/HAM
Resumo em português
O HTLV-1 (Human T-Lymphotropic Virus) foi o primeiro retrovírus descoberto. Sua patogenia é relacionada à infecção das células T CD4+ e T CD8+ e sua disseminação depende da expansão clonal destas células. A imortalização celular e a resposta imune inflamatória direta contra o vírus levam os pacientes a desenvolverem a leucemia/ linfoma de células T do adulto (ATL) e paraparesia espástica tropical/mielopatia (TSP/HAM) respectivamente. Ainda que o vírus seja conhecido desde 1980, não existem trabalhos na literatura que evidenciem possíveis manifestações bucais associadas. Alguns estudos clínico-epidemiológicos, realizados em regiões altamente endêmicas para o vírus, apontam a possibilidade de associação entre o HTLV e a síndrome de Sjögren (SS). Este estudo objetivou conhecer melhor uma população HTLV+ identificando possíveis alterações estomatológicas. Foram avaliados 139 pacientes do Instituto de Infectologia Emilio Ribas, sendo que 112 (80,5%) eram HTLV-1+, 26 eram (18,7%) HTLV-2 + e 1 paciente era soropositivo para ambos os tipos virais. Entre os pacientes HTLV-1+, 88 (64,7%) eram assintomáticos e 48 (35,3%) apresentavam TSP/HAM. As alterações bucais mais freqüentes foram: xerostomia (26,5%), candidíase (25,4%), língua fissurada (22,1%) e língua depapilada (12,4%). Modelos de regressão logística multivariada confirmaram a TSP/HAM como um fator de risco independente para xerostomia (p=0,02), apresentando, pacientes TSP/HAM+, 3 vezes mais chances de desenvolver xerostomia quando comparados com pacientes sem TSP/HAM (OR=2,69; 95%IC=1,17-6,17).
Título em inglês
Clinical evaluation of oral changes in patients seropositive for the HTLV
Palavras-chave em inglês
ATL
Epidemiology
HTLV
TSP/HAM
Resumo em inglês
HTLV-1 (human T-lymphotropic virus), the first retrovirus discovered, is associated with adult T cell leukemia/lymphoma (ATL) and tropical spastic paraparesis / HTLV associated myelopathy (TSP / HAM). Clinical studies and case reports in endemic areas showed the development of oral ALT and Sjögren`s syndrome in this patients. The aim of this study was to investigate the oral cavity of HTLV seropositive patients in São Paulo city. The present study was approved by the Institute of Infectious Diseases Emílio Ribas ethics committee. All patients answered a questionnaire designed for the study. Demographic and clinical data were recorded and then analyzed using Epi info (3.3.4 version) and SPSS Statistical Package for Social Sciences (v16.0). One hundred and thirty nine oral examinations were performed, 112 (80,5%) were HTLV-1 +, 26 were (18,7%) HTLV-2 + and one patient presented both types of HTLV. Sixty four (56,7%) were asymptomatic HTLV-1 seropositive patients, fourty nine (43,3%) patients were positive for HTLV-1 and TSP/HAM. HIV and HCV co-infection and comorbities were observed in 110 (79,1%) cases. Xerostomia (26,5%), candidosis (25,4%), oral fissured tongue (22,1%) and papillary atrophy of the tongue (12,4%) were the most prevalent oral manifestations found in these patients. Models of multivariate logistic regression confirmed the TSP / HAM as an independent risk factor for xerostomia (p = 0.02). Patients with TSP / HAM + were 3 times more likely to develop xerostomia when compared with patients without TSP / HAM (OR = 2.69, 95% CI = 1.17-6.17).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.