• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Fernandes Morgado D'Ippolito
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Marlene Fenyo Soeiro de Matos (Presidente)
Chilvarquer, Israel
Wolosker, Angela Maria Borri
Título em português
Avaliação do músculo pterigóideo lateral por meio de ressonância magnética
Palavras-chave em português
Articulação tempomandibular
Músculo pterigóideo lateral
Ressonância magnética
Resumo em português
O Músculo Pterigóideo Lateral (MPL) desempenha um papel importante nas Desordens Temporomandibulares (DTM), devido à íntima relação deste músculo com a Articulação Temporomandibular (ATM). No entanto, evidências de alterações patológicas dos músculos mastigatórios ainda parecem faltar nas pesquisas da DTM. Este estudo investigou o MPL por meio de Ressonância Magnética (RM) de 50 indivíduos com e sem DTM. Neste trabalho, das 100 ATM analisadas, 35 pacientes com DTM (70 ATM), prevalecendo o gênero feminino e 15 indivíduos sem sinais e sintomas clínicos de DTM (30 ATM) foram incluídos. O MPL foi observado e analisado em diferentes projeções. As imagens sagitais oblíquas e axiais da ATM foram capazes de mostrar os MPL claramente. Hipertrofia, atrofia e contratura do MPL foram as anomalias encontradas. Sinais de DTM, como hipermobilidade, hipomobilidade e deslocamento do disco articular puderam ser observados nas imagens de ATM. Com relação aos sintomas clínicos como dor, sons articulares, cefaléia e limitação nos movimentos mandibulares, foi possível observar que todos os pacientes com DTM apresentavam pelo menos um destes sintomas, sendo as queixas mais presentes dor e estalo; e os pacientes sem DTM também puderam mostrar alterações nas imagens de RM da ATM, como atrofia e contratura muscular, as mais observadas. O reconhecimento das alterações no MPL, podem levar a um diagnóstico mais específico e aumentar o entendimento dos sintomas clínicos e da fisiopatologia da DTM. Estudos futuros são necessários para se continuar avaliando o MPL por meio de RM.
Título em inglês
Evaluation of the Lateral Pterygoid Muscle by Magnetic Resonance Imaging
Palavras-chave em inglês
Lateral pterygoid muscle
Magnetic resonance imaging
Temporomandibular joint
Resumo em inglês
The Lateral Pterygoid Muscle (LPM) plays an important role in Temporomandibular Disorders (TMD), due to the close relation of this muscle with the Temporomandibular Joint (TMJ). However, evidence of pathological changes of the masticatory muscles still seems to be lacking in the TMD research. This study investigated the LPM by Magnetic Resonance Imaging (MRI) of 50 subjects with and without TMD. In this work, 100 Temporomandibular joints were analyzed, 35 subjects with TMD (70 TMJs), with the prevalence of female and 15 subjects without clinical signs and symptoms (30 TMJs) were included. The LPM was visible in different projections and analyzed. The oblique sagital and axial images of the TMJ were able to show the LPM clearly. Hipertrophy, atrophy and contracture of the LPM were the abnormalities found. TMD signs, such as hipermobility, hipomobility, disc displacement could be seem in the TMJ images. Related to clinical symptoms like pain, articular sounds, headache, and limitation of mandibular movements, it was possible to observed that all patients with TMD had at least one of these symptoms, pain and click being the most frequent complaint. Patients without TMD could also show alterations in the TMJ MRI, such as atrophy and contracture as the most common. The recognition of LPM alterations may lead to a more specific diagnosis and improvement of understanding of the clinical symptoms and pathophysiology of TMD. Further studies should be necessary to continue evaluating the LPM by MRI.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-01-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.