• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2012.tde-16012013-120003
Documento
Autor
Nome completo
Karina Cecilia Panelli Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Jefferson Xavier de (Presidente)
Buscatti, Marcio Yara
Gil, Cibelle
Marcucci, Marcelo
Pereira, Marlene Fenyo Soeiro de Matos
Título em português
Avaliação por ressonância magnética de articulações temporomandibulares com ou sem derrame de pacientes sintomáticos objetivando a posição e morfologias do disco articular e morfologia da eminência articular e da cabeça da mandíbula
Palavras-chave em português
Articulação temporomandibular
Desarranjo interno
Imagem por ressonância magnética
Resumo em português
As desordens temporomandibulares são consideradas multifatoriais e pesquisas apresentam relações vinculadas de alterações dos padrões ósseos das estruturas articulares, dos discos articulares e a ocorrência de derrames articulares relevantes na identificação das degenerações internas articulares por meio de imagens de ressonância magnética. O objetivo neste estudo foi avaliar a morfologia e o posicionamento do disco articular, a morfologia da eminência articular, a morfologia da cabeça da mandíbula e a presença de derrame articular, além de suas possíveis correlações. Para isso, foram avaliadas imagens por ressonância magnética de 142 articulações de 71 pacientes sintomáticos. O disco articular foi classificado em normal, alongado e dobrado em sua forma, e normal, deslocamento anterior com redução, deslocamento anterior sem redução, deslocamento posterior, deslocamento lateral e deslocamento medial quanto ao seu deslocamento; a cabeça da mandíbula foi dividida em arredondada, convexa, achatada e angulada; e a eminência articular foi classificada em caixa, sigmoide, aplainada e deformada. Os resultados apontaram que as formas mais frequentes para disco e eminência articulares e cabeça da mandíbula foram, respectivamente, normal, caixa e achatada; o posicionamento do disco articular, tanto anterior quanto lateral apresentou-se predominantemente normal; o derrame articular esteve ausente na maioria das articulações. Em se tratando das correlações, a morfologia da cabeça da mandíbula e morfologia da eminência não guardam relação; a morfologia da cabeça da mandíbula não está associada à morfologia de disco articular nem ao deslocamento lateral do mesmo. Há relação apenas entre a morfologia da cabeça da mandíbula e o deslocamento anterior do disco articular, sendo que os grupos com cabeça da mandíbula convexa e arredondada apresentaram relação relevante com o deslocamento discal com redução; a morfologia da eminência articular não está associada aos posicionamentos anterior e lateral de disco articular. Observou-se relação apenas entre a morfologia da eminência articular e a morfologia do disco articular, sendo que no grupo de eminência articular em formato caixa houve predominância de disco em formato normal; a presença de derrame articular não se mostrou associada à morfologia da eminência articular. Entretanto, foi associada à morfologia do disco articular, com prevalência de discos alongados e dobrados; ao deslocamento anterior do disco articular, com predominância em casos de deslocamento sem redução, ao deslocamento lateral de disco articular, com maior frequência de deslocamento medial; e à morfologia da cabeça da mandíbula, sendo frequente em articulação com cabeça da mandíbula achatada; a morfologia do disco articular mostrou-se associada aos posicionamentos anterior e lateral do mesmo: verificaram-se com maior frequência discos na forma normal (bicôncava) em articulação normal, discos alongados em casos de deslocamento discal com redução e dobrados em casos de deslocamento discal sem redução. Quanto ao posicionamento lateral, o disco articular apresentou-se na forma bicôncava na maioria dos casos.
Título em inglês
Evaluation of TMJ internal derangement by magnetic resonance imaging: correlation of joints structures and conditions in symptomatic patients.
Palavras-chave em inglês
Internal derangement
Magnetic resonance imaging
Temporomandibular joint
Resumo em inglês
Temporomandibular disorders are considered to be multifactorial, and some studies present alterations of bony structures and articular disc, added to joint effusion as import features of internal derangements that may be diagnosed by magnetic resonance imaging exams. The aim of this study was to evaluate the morphology and location of the articular disc, the morphologies of articular eminence and condyle, and the presence of joint effusion, in addition to possible correlations. Thus, magnetic resonance images from 142 joints of 71 symptomatic patients were evaluated. The articular disc was classified into normal, elongated and folded, relative to its form, and normal, anterior disc displacement with reduction, anterior disc displacement without reduction, posterior displacement, lateral displacement and medial displacement, relative to its location. The condyle was classified into rounded, convex, flattened and angled and the articular eminence, box, sigmoid, plain and deformed. The results showed that the most prevalent morphologies of articular disc, articular eminence and condyle were, respectively, normal, box and flattened. The disc location was predominantly normal, and joint effusion was absent of the major of joints. In the case of the possible correlations, there were no relations between condyle morphology and articular eminence morphology, articular eminence morphology and anterior or lateral location of articular disc, presence joint effusion and articular eminence morphology and condyle morphology, articular disc morphology and lateral location. The condyle morphology was related only to the anterior location of the articular disc: the groups of convex and rounded condyle presented anterior disc displacement with reduction more frequently. The articular eminence morphology was associated to articular disc morphology: the group of box articular eminence presented normal articular disc. The presence of joint effusion was related to articular disc morphology, with the prevalence of folded and elongated discs, and also to disc displacement, more particularly in cases of anterior disc displacement without reduction and medial disc location. The articular disc morphology was associated to articular disc location: normal morphology was in correspondence to normal location, elongated discs in correspondence to anterior disc displacement with reduction and folded disc in accordance to anterior displacement without reduction. The normal shape of the articular disc was associated to the lateral and medial location also.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.