• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2014.tde-23092014-162535
Documento
Autor
Nome completo
Taís Fonseca Mantilla
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Patricia Moreira de Freitas Costa e (Presidente)
Forlin, Taís Scaramucci
Turssi, Cecilia Pedroso
Título em português
Efeito do gel de TiF4 no controle da progressão da lesão de erosão em dentina humana estudo in situ
Palavras-chave em português
Dentina
Erosão
In situ
TiF4
Resumo em português
Com o aumento na prevalência das lesões de erosão, medidas preventivas e de controle das mesmas vêm sendo propostas. Dentre elas, encontram-se os produtos fluoretados e, mais recentemente, os compostos contendo cátions metálicos polivalentes, como o tetrafluoreto de titânio (TiF4). Este estudo in situ visou avaliar os efeitos do gel de TiF4 na inibição da progressão da erosão em dentina humana erodida e abrasionada. Para tanto, foram obtidas oitenta e quatro amostras de dentina (3 x 3 x 1 mm) a partir de terceiros molares humanos hígidos. Setenta e duas amostras foram erodidas in vitro previamente a etapa in situ e divididas aleatoriamente em 6 grupos (n=12) de acordo com o tratamento e com o número de ciclos erosivos/abrasivos a serem executados durante a etapa in situ. Os grupos controle foram submetidos a apenas 1 (C1), 2 (C2) e 3 (C3) ciclos erosivos/abrasivos. Já os grupos experimentais receberam 1 (TiF4 1), 2 (TiF4 2) e 3 (TiF4 3) aplicações de gel de TiF4 (4%) seguidos de 1, 2 e 3 ciclos erosivos/abrasivos, respectivamente. Um sétimo grupo controle (n=12) foi incluído, sendo que amostras sem erosão in vitro foram submetidas a 3 ciclos erosivos/abrasivos. Cada ciclo erosivo/abrasivo correspondeu a 2 dias de desafios erosivos (ácido cítrico 0,5%, pH 2,6, 6x/dia) e abrasivos (1x/dia). Para realização da etapa in situ, as amostras foram posicionadas em dispositivos intra-orais removíveis utilizados por 12 voluntários. Os espécimes foram avaliados em perfilometria (n=12), microscopia eletrônica de varredura ambiental (MEV ambiental) (n=12) e microscopia de força atômica (AFM) (n=3) para avaliar as alterações causadas pelo fluoreto sobre a superfície da dentina. A ANOVA a dois critérios para medidas repetidas mostrou que o desgaste superficial foi afetado pelos tratamentos avaliados (p<0,001). O teste de Tukey demonstrou que o grupo TiF4 2, que não diferiu dos grupos TiF4 1 e TiF4 3, apresentou redução significativa no desgaste quando comparado aos grupos C1, C2, C3 e controle sem erosão in vitro. Os grupos TiF4 1 e TiF4 3 não revelaram diferença significativa em relação ao grupo C1, porém ambos os grupos de tratamento demonstraram desgaste significativamente menor que C2 e C3. Os maiores desgastes foram verificados para C3 e controle sem erosão in vitro. As micrografias obtidas em MEV ambiental e AFM sugeriram a manutenção do glaze sobre a superfície da dentina tratada com o gel de TiF4, mesmo após os desafios ácidos. A superfície passou a apresentar um aspecto mais liso que as amostras dos grupos controles, com redução dos diâmetros dos lúmens dos túbulos dentinários, justificando o efeito protetor do TiF4. Portanto, o TiF4 demonstrou potencial em reduzir a progressão das lesões de erosão in situ, independente do número de aplicações avaliado.
Título em inglês
Effect of TiF4 gel in the control of the progression of erosion in human dentin an in situ study
Palavras-chave em inglês
Dentin
Erosion
In situ
TiF4
Resumo em inglês
With the increase in the prevalence of erosion lesions, preventive and control measures for them have been proposed. Among them are the fluoride products and, more recently, compounds containing polyvalent metal ions such as titanium tetrafluoride (TiF4). This in situ study aimed to evaluate the effects of the TiF4 gel on the erosion progression inhibition in human eroded and abraded dentin. For this purpose, eighty-four dentin samples (3 x 3 x 1 mm) were prepared from undamaged human third molars. Seventy-two samples of previously eroded dentin in vitro were allocated into 6 groups (n=12) according to the treatment to be received during the in situ phase and the number of erosive/abrasive cycles. Control groups were subjected to 1 (C1), 2 (C2) and 3 (C3) erosive/abrasive cycles only. Experimental groups had TiF4 gel (4%) applied once (TiF41), twice (TiF42) or three times (TiF43) followed by 1, 2 and 3 erosive/abrasive cycles, respectively. A seventh group (n=12) comprised in vitro uneroded samples that were subjected to 3 erosive/abrasive cycles. Each cycle corresponded to 2 days of erosive (citric acid 0.5%, pH 2,6, 6x/day) and abrasive (1x/day) challenges. To perform the in situ stage, the samples were placed in removable intra-oral devices used by 12 volunteers Specimens were evaluated in profilometry (n=12), environmental scanning electron microscopy (ESEM) (n=12) and atomic force microscopy (AFM) (n=3) to evaluate the changes caused by fluoride on the surface of the dentin. The two-factor ANOVA for repeated measures showed that, after profilometric analysis, the surface loss was affected by the treatments evaluated (p<0.001). Tukeys test showed that TiF4 2 group, which did not differ from TiF4 1 and TiF4 3 groups showed a significant reduction in surface loss compared to C1, C2, C3 and in vitro-uneroded control. The TiF4 1 and TiF4 3 groups showed no significant difference from C1, but both treatment groups demonstrated significantly smaller surface loss than C2 and C3. The greatest losses were observed for C3 and in vitro-uneroded control. The micrographs by ESEM and AFM suggested the maintenance of the glaze on the dentin surface treated with the TiF4 gel, even after acid challenge. The surface started to show a smoother appearance than samples from control groups, with reduced diameters of the dentinal tubules lumens, explaining the protective effect of TiF4. Therefore, the TiF4 demonstrated potential to reduce the progression of erosion lesions, regardless of the number of applications evaluated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.