• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2014.tde-18032015-170350
Documento
Autor
Nome completo
Tamara Kerber Tedesco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Raggio, Daniela Prócida (Presidente)
Bonifácio, Clarissa Calil
Cesar, Paulo Francisco
Montagner, Anelise Fernandes
Rocha, Rachel de Oliveira
Título em português
Efeito do desafio erosivo nas propriedades e na estabilidade de união de materiais restauradores ao esmalte e dentina de dentes decíduos
Palavras-chave em português
Adesivos dentinários
Cimentos de ionômeros de vidro
Dente decíduo
Erosão dentária
Resistência ao cisalhamento
Resistência de materiais
Resumo em português
Este estudo avaliou o efeito do desafio erosivo nas propriedades e na estabilidade de união de materiais restauradores ao esmalte e dentina decídua. Duzentos e quarenta molares decíduos foram alocados em 24 grupos, de acordo com substrato - esmalte ou dentina, condição prévia do substrato - hígido ou erodido, material restaurador - resina composta associada ao sistema adesivo - RC, cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade - CIVAV, ou modificado por resina - CIVMR, e tratamento após procedimento adesivo - controle (imersão em solução salina/7dias) ou desafio erosivo (imersão em bebida a base de cola por 5 min/3x ao dia/7 dias). Os dentes dos grupos esmalte e dentina erodidos foram submetidos ao desafio erosivo previamente aos procedimentos restauradores. Cânulas de polietileno foram posicionadas sobre superfícies planas dos substratos pré-tratados, para então serem preenchidas por um dos materiais avaliados. Após armazenamento por 24h a 37°C, os espécimes foram submetidos a um dos tratamentos propostos. Metade dos espécimes foi submetida imediatamente ao teste de microcisalhamento e a outra metade após 12 meses de armazenamento em água a 37ºC. Posteriormente, a análise do padrão de fratura foi realizada em estereomicroscópio (400X). Para a análise de resistência à flexão (RF) e rugosidade superficial (RS), trinta corpos de prova foram confeccionados (10x2x1mm). Após armazenamento por 24h, a leitura inicial de RS de dez corpos de prova selecionados aleatoriamente foi obtida. Os corpos de prova foram então imersos em um dos tratamentos propostos - desafio erosivo ou solução salina, para então ser realizada a segunda leitura. Decorrido esta análise, os corpos de prova foram submetidos ao teste de RF (1mm/min). Os valores de resistência de união (RU), bem como de RS e RF obtidos foram submetidos a Análise de Variância e Teste de Tukey (?=5%). Análise de Weibull foi também conduzida considerando os valores de RF. De forma geral, os substratos hígidos resultaram em maiores valores de RU do que os erodidos, com exceção do CIVAV que obteve desempenho similar em ambos substratos. Além disso, o tempo influenciou negativamente a RU somente para os grupos de RC quando da avaliação em dentina. Os demais grupos não apresentaram redução nos valores após 12 meses de armazenamento em água. RC apresentou melhor desempenho adesivo do que os demais materiais avaliados, tanto em 24 horas quanto após 12 meses. O desafio erosivo após o procedimento adesivo apenas influenciou negativamente a RU quando os materiais foram avaliados em dentina erodida. Em relação a RS, menores valores foram obtidos para RC. Além disso, o desafio erosivo influenciou os valores de leitura final, resultando em maior RS para todos os materiais restauradores. Já para a RF, RC demonstrou maiores valores de RF, módulo de Weibull e resistência característica do que os demais materiais. Ademais, o desafio erosivo não afetou estes parâmetros. Em conclusão, o desafio erosivo influencia negativamente a RS e RU a dentina erodida. Os substratos previamente erodidos resultam em pior desempenho da RC e CIVMR. Além disso, o armazenamento em água afeta a estabilidade de união a dentina de RC.
Título em inglês
Effect of erosive challenge on the properties and bond stability of restorative materials to enamel and dentin of primary teeth
Palavras-chave em inglês
Dentin-bonding agents
Glass ionomer cements
Material resistance
Shear strength
Tooth deciduous
Tooth erosion
Resumo em inglês
This study evaluated the effect of erosive challenge on the properties and bond stability of restorative materials to primary enamel and dentin. Two hundred and forty primary molars were assigned into 24 groups, in according to the substrate - enamel or dentin, the precondition of substrate - sound or eroded, the restorative material - resin composite associated to adhesive system - RC, high-viscous glass ionomer cement- HVGIC or resin-modified glass ionomer cement - RMGIC, e the treatment after restorative procedure - control (immersion in saline solution/7 days) or erosive challenge (immersion in cola-based drink for 5 min/3x per day/7 days). Teeth from the eroded dentin and enamel groups were subjected to erosive challenge prior to bonding procedures. Polyethylene tubes were placed on flat surfaces of the pretreated substrates, and then were filled up with one of evaluated materials. After storage for 24h at 37ºC, the specimens were submitted to one of the proposed treatments. Half of the specimens were immediately submitted to the microshear bond strength test, and the other half after 12 months of water storage at 37ºC. Subsequently, the failures pattern evaluation was performed in stereomicroscopy (400X). For the assessment of flexural strength (FS) and superficial roughness (SR), thirty specimens were built up (10x2x1mm). After storage for 24h, the first reading of SR from ten specimens randomly selected was obtained. Specimens were immersed in one of proposed treatments - erosive challenge or saline solution, to then be performed the second reading. After this assessment, specimens were submitted to FS (1mm/min). The bond strength (BS) values, as well as SR and FS obtained were submitted to analysis of variance and Tukey's test (?=5%). Weibull analysis was also performed considering the FS values. Generally, the sound substrates resulted in higher BS values than eroded ones, with exception of the HVGIC that obtained similar performance in both substrates. Furthermore, the storage time negatively influenced the BS values for the RC groups on dentin assessment. The other groups did not show reduction in BS values after 12 months of water storage. RC showed better bonding performance than others evaluated materials, in both at 24 hours as for 12 months at 37ºC. Erosive challenge after bonding procedure only negatively influenced the BS values when the materials were evaluated in eroded dentin. In relation to SR, lower values were obtained to RC. Moreover, erosive challenge affected the second reading, resulting in increased SR for all restorative materials. For FS, RC showed higher values of FS, Weibull modulus and characteristic strength than other materials. Furthermore, immersion in erosive challenge did not affect these parameters. In conclusion, erosive challenge negatively influences SR and BS to eroded dentin. Previously eroded substrate result in the worst performance of RC and RMGIC. Moreover, the water storage affects the bonding stability of RC to dentin.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.