• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2012.tde-11092012-122243
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Gonçalves Bittar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Mendes, Fausto Medeiros (Presidente)
Brighenti, Fernanda Lourenção
Freitas, Patricia Moreira de
Título em português
Associação entre fluorescência vermelha emitida pela placa bacteriana e atividade de cárie: estudo in situ
Palavras-chave em português
Cárie dentária
Desmineralização do dente
Fluorescência
Placa dentária
Testes de dureza
Resumo em português
O objetivo desse estudo in situ cruzado de duas fases foi avaliar a influência da presença de placa dentária fluorescente no vermelho na indução de lesões cariosas. Foram utilizados 272 blocos de esmalte bovino, que foram avaliados inicialmente em relação à microdureza superficial e quantificação da fluorescência verde com o QLF (Quantitative light-induced fluorescence). Dezessete voluntários utilizaram dispositivos palatais removíveis, com oito amostras cobertas com uma rede plástica para favorecer maior acúmulo de placa. No grupo experimental foi gotejada solução de sacarose a 20%, 8 X ao dia e no grupo controle, água destilada. Cada fase durou 14 dias com 7 dias de wash-out. Os blocos foram avaliados após 4, 7, 10 e 14 dias. Após cada período, a placa bacteriana presente sobre a superfície dos blocos foi analisada utilizando o QLF para a quantificação de fluorescência vermelha. Após cuidadosa limpeza da superfície, o bloco foi novamente avaliado para a perda de fluorescência verde (QLF) e perda de microdureza superficial. Foram realizadas análises de multinível para comparação entre os grupos, bem como análises de regressão linear de multinível entre as medidas de fluorescência vermelha e os desfechos relacionados à desmineralização. Em relação à microdureza de superfície, pode-se observar uma tendência de aumento da perda de dureza entre os diferentes períodos apenas no grupo experimental. Quanto à fluorescência vermelha da placa, houve aumento gradual de acordo com os diferentes períodos em ambos os grupos, sendo esse aumento mais pronunciado no grupo experimental. Houve associação significativa entre as medidas da fluorescência da placa e perda de dureza, independente dos grupos. Em conclusão, a fluorescência vermelha da placa bacteriana está relacionada à placa madura, independente da sua cariogenicidade.
Título em inglês
Association between red fluorescence emitted by bacterial plaque and caries activity: in situ study
Palavras-chave em inglês
Dental caries
Dental plaque
Fluorescence
Hardness tests
Tooth demineralization
Resumo em inglês
The aim of this two-phase crossover in situ study was to evaluate the influence of presence of red bacterial plaque on the induction of carious lesions. We used 272 bovine enamel blocks, which were initially evaluated in relation to surface microhardness and quantification of green fluorescence using the QLF (Quantitative light-induced fluorescence). Seventeen volunteers to use removable intra-oral appliances were selected, containing eight specimens covered by a plastic net to promote plaque accumulation. 20% sucrose solution, 8 times per day, was dripped in the experimental group, and distilled water was dripped in the control group. Each phase lasted 14 days, with seven days of wash-out. The specimens were assessed after 4, 7, 10 and 14 days. After each period, bacterial plaque present on the blocks surface was analyzed using the QLF to quantify the red fluorescence. After careful cleanness, the block was evaluated again with QLF to assess the loss of green fluorescence and surface microhardness loss. Multilevel analyses were carried out to compare the groups, as well as multilevel linear regression analyses among the red fluorescence and outcomes related to the demineralization. With regard to the surface microhardness, we could observe a trend of hardness loss among the different periods only at the experimental group. In relation to the red fluorescence of plaque, there was a gradual increase according to the different periods in both experimental and control groups, being this increase more relevant in the experimental group. There was significantly association between red fluorescence measurements and microhardness loss, independently of the groups. In conclusion, the red fluorescence of bacterial plaque is related to the mature plaque, independently of its cariogenicity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.