• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2008.tde-08042009-152050
Documento
Autor
Nome completo
Francisco Xavier Paranhos Coêlho Simões
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ciamponi, Ana Lidia (Presidente)
Felizzola, Claudia Ronca
Pinto, Antonio Carlos Guedes
Ribeiro, Martha Simões
Sousa, Suzana Cantanhede Orsini Machado de
Título em português
Avaliação da regeneração óssea, sob a influência do laser de baixa intensidade, na região da sutura palatina de ratos após expansão da maxila
Palavras-chave em português
Expansão rápida da maxila
Lasers
Regeneração óssea
Resumo em português
Uma das condutas terapêuticas mais adotadas na prática ortodôntica para a correção da mordida cruzada posterior é a expansão rápida da maxila. A recidiva pós-disjunção demonstra a necessidade do uso de contenção para garantir o sucesso da terapia. A sutura neoformada e as maxilas devem se manter em sua nova posição por um período mínimo para adquirir estabilidade. Seria um benefício acelerar a neoformação óssea na sutura palatina após a expansão com o objetivo de reduzir o tempo do período de contenção. O uso do laser na regeneração óssea é justificada pela possibilidade de diminuir o tempo de contenção garantindo assim maior estabilidade pós-tratamento. O presente estudo teve como objetivo verificar o efeito do laser de baixa intensidade com diferentes potências na regeneração óssea na região da sutura palatina. Foram utilizados 20 ratos (Wistar), com 45 (quarenta e cinco) dias de idade, divididos em 5 (cinco) grupos, sendo 4 (quatro) ratos cada um, assim descritos: Grupo 1 Não irradiados nem submetidos a disjunção e Grupo 2 Não irradiados, mas submetidos a disjunção. Os Grupos experimentais serão assim distribuídos: Grupo 3 submetidos a disjunção e irradiados com dose única de 4J/cm2; Grupo 4 submetidos a disjunção e irradiados com dose única de 8 J/cm2 e Grupo 5 - submetidos a disjunção e a irradiação com 2 doses de 4 J/cm2. Os grupos irradiados receberam as doses no momento 0 (zero início do estudo) e dois dias após a primeira dose, quando indicado. A aplicação foi feita na sutura palatina mediana. Os ratos sofreram eutanásia, nos seguintes tempos: 10, 30, 70 e 150 dia e procedem-se a avaliação histológica dos tecidos. Para a análise dos resultados foi utilizado o teste Exato de Fisher. No grupo 1, observamos desenvolvimento normal do osso na região da sutura palatina mediana. No Grupo 2, observamos área de neo-formação óssea, com a presença de vários osteoblastos. Os grupos submetidos a disjunção e laserterapia (Grupos 3, 4 e 5) apresentaram comportamento similar entre si, mas com algumas particularidades. Com os resultados obtidos neste trabalho pode-se concluir que a laserterapia tem discreto efeito na remodelação óssea da sutura palatina em ratos e os grupos experimentais apresentaram menor grau de inflamação da região estudada, mas não foi estatisticamente significante.
Título em inglês
Evaluation of osseous regeneration, using the low-power laserterapy in the midpalatal suture in rats after maxillary expansion
Palavras-chave em inglês
Bone regeneration
Lasers
Palatal expansion technique
Resumo em inglês
Rapid maxillary expansion is one of the therapy used in the practice orthodontic to the posterior crossbite correction. Relapsed after expansion treatment required a contention device to guarantee a success therapy. The neoformation suture and the maxilla have maintained in the new position for a period to get the stability. To accelerate the osseous regeneration in the medline suture after expansion to reduce the retention period. The use of laser in the osseous regeneration its possible to decreased the retention period to guarantee the stability after treatment. The aim of the study was to investigate the low power laser efect with different power in the osseous regeneration in the midline palatal suture. Twenty male rats (Wistar) 45 days old were used. The animals were divided into five groups: group 1 Non irradiation and non expansion; group 2 Non irradiation and expansion; group 3 expansion and one dose of irradiation 4J/cm2; group 4 expansion and one dose of irradiation 8 J/cm2;: and group 5 - expansion and two dose of irradiation 4 J/cm2. The irradiation groups were irradiated in the first day and the group 5, the second irradiation was two days after the first time. The irradiation was done in the palatal suture. The animals received intraperitoneally injection in the: 10, 30, 70 and 150 day and were evaluated histologically. The results was analysis by the Fisher test. Group 1 showed a osseous normal development in the midline palatal suture. Group 2 showed a osseous regeneration with oesteoblasts. The expansion and lasertherapy group (group 3, 4 e 5) showed similar results. The conclusions drawn from this study are that the laser therapy has a light effect in the osseous regeneration in the midline palatal suture in rats and the experimental group showed less inflammation in the suture area but not statistically significance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.