• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-09012015-104725
Documento
Autor
Nome completo
Marianna Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Fabbro, Amaury Lelis Dal
Matumoto, Silvia
Título em português
A hipertensão arterial como condição sensível à atenção primária: possibilidade de avaliação e planejamento em saúde
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Avaliação de serviços de saúde
Enfermagem em saúde comunitária.
Hospitalização
Utilização
Resumo em português
Da necessidade de instrumentos de avaliação do impacto da Atenção Primária à Saúde na população, emerge a utilização do indicador indireto de efetividade Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária. Parte-se do pressuposto de que resolubilidade de ações desenvolvidas à nível primário de atenção refletem na redução das internações por grupos de causas específicas definidas, no Brasil, através da Lista Brasileira de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária. A hipertensão arterial sistêmica, por ser uma condição crônica de alta carga social e fator de risco para as doenças cardiovasculares é considerada uma condição sensível. Objetivou-se analisar a ocorrência de internações por hipertensão categorizada no Grupo 9 da Lista Brasileira de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária, nos residentes de Ribeirão Preto, para o período de 2000 a 2008, segundo as variáveis sexo, faixa etária, tipo de internação e condição de saída. Estudo descritivo, retrospectivo que teve como base a distribuição da ocorrência das internações por hipertensão de modo proporcional à população, utilizando-se de dados secundários, com aprovação prévia em Comitê de Ética local. Os resultados evidenciaram que as internações por hipertensão, no período analisado, sofreram variações, porém se comparados os anos de 2000 e 2008, o número de internações manteve-se estável e que as internações por condições mais simples do ponto de vista clínico sofreram redução e as mais complexas sofreram acréscimo. Há predomínio de registros de internações de responsabilidade do Sistema Único de Saúde, mulheres, pessoas acima de 50 anos e alta como condição de saída. Os dados descritos favorecem a possibilidade de planejamento das ações de saúde com dimensão para novas estratégias de promoção de saúde e de prevenção de agravos em nível primário de atenção, podendo, por meio de hipóteses descritivas, ampliar as possibilidades de manejo de doenças crônicas como a hipertensão
Título em inglês
Hypertension as the Primary Care Sensitive Condition: possibility of assessment and health planning
Palavras-chave em inglês
Community health nursing
Health services evaluations
Hospitalization
Primary health care; Utilization
Resumo em inglês
The need for tools to assess of the impact of Primary Health Care in the population emerges the use of indirect indicator of effectiveness Hospitalizations by Primary Care Sensitive Conditions. Start with the assumption that solving actions developed to primary care level reflect in reducing hospitalizations for groups of specific causes set in Brazil, through the Brazilian List Hospitalizations by Primary Care Sensitive Conditions. Hypertension, being a chronic condition of high social burden and risk factor for cardiovascular disease is considered a sensitive condition. This study aimed to analyze the occurrence of hospitalizations for hypertension categorized in Group 9 of the Brazilian List Hospitalizations Primary Care Sensitive Conditions, in residents of Ribeirão Preto, during the period 2000 to 2008, according to variables sex, age, type of hospitalization and exit condition. Descriptive, retrospective study was based on the distribution of the occurrence of hospitalizations for hypertension in proportion mode to the population, using secondary data, previously approved by the local Ethics Committee. The results showed that hospitalizations for hypertension, in the analyzed period, have varied, but if compared the years 2000 and 2008, the number of hospitalization remained stable and that hospitalizations for simpler conditions of a clinical standpoint were reduced and the most complex suffered augmentation. There is a predominance of records of hospitalizations of responsibility of the Health System, women, people over 50 years and discharged output condition. The data presented favor the possibility of planning of health actions with dimension for new strategies to health promotion and disease prevention of injuries in primary care level, may, through descriptive hypotheses, enhancing the possibilities for management of chronic diseases as hypertension
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MARIANNAFERREIRA.pdf (2.64 Mbytes)
Data de Publicação
2015-01-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.