• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-06072007-111424
Documento
Autor
Nome completo
Maria Isabel Borges Moreira Saúde
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Almeida, Maria Cecilia Puntel de
Sales, Cibele Alves Chapadeiro de Castro
Santos, José Sebastião dos
Tavares, Darlene Mara dos Santos
Título em português
Interrogando a operação da rede de serviços de saúde
Palavras-chave em português
Administração de Serviços de Saúde
Atenção à Gestante
Atenção à Saúde
Atenção Primária de Saúde
Integralidade da Atenção à Saúde
Rede de Cuidados Continuados de Saúde
Saúde da Mulher
Resumo em português
Este estudo qualiquantitativo teve por objetivo geral analisar a conformação da rede de serviços de saúde que fazem atenção à saúde da gestante em Uberaba-MG. Teve como suporte teórico as categorias rede, integralidade e poder. Foi realizado estudo de caso tomando por referência os serviços de atenção básica de um Distrito Sanitário, sendo os dados de fontes primárias obtidos por entrevistas semi-estruturadas de trabalhadores de unidades de saúde de diferentes níveis de densidade tecnológica e de gestantes, e realização de grupo de discussão com gestantes. As fontes secundárias foram representadas por documentos oficiais e informações de bancos de dados das três esferas de governo. Os dados quantitativos foram analisados considerando sua distribuição de freqüência, e o material empírico das entrevistas e do grupo de discussão foi submetido à análise temática. Na análise documental identificamos que a política de atenção à gestante tem acontecido principalmente pela indução do financiamento, ou pela necessidade de superação de situações emergenciais. Identificamos, entretanto, tentativas de articulação de serviços e de atores, trabalhadores e usuários nos distintos espaços de construção desta política. Os dados e as informações de bancos de dados municipais e nacionais apontam para baixa cobertura e qualificação da assistência pré-natal de baixo e alto risco, por deficiência de infra-estrutura e de profissionais qualificados para atenção básica e especializada, déficit de leitos obstétricos e de UTI. O impacto na atenção pode ser identificado a partir da alta freqüência de internações por complicação obstétrica e aborto, alta incidência de sífilis congênita e aumento mortalidade infantil, com óbitos concentrados no período perinatal. Do material empírico analisado a partir da análise temática emergiu o tema: O modelo operado na rede de serviços que fazem atenção à gestante no município, que foi recortado em quatro subtemas: oferta de ações de saúde e a atenção às necessidades das gestantes; o encontro entre o trabalhador de saúde e a gestante no processo de atenção; espaços de atenção à saúde como espaços de aprendizagem; gestão da rede-a relação entre os serviços de saúde que fazem atenção à gestante no município. A articulação e interpenetração destes subtemas revelam dificuldade de acesso da gestante aos serviços, organização e planejamento centrados na necessidade dos serviços e instituições de ensino, fragmentação da rede e dos processos de trabalho em cada um dos serviços, e relação conflituosa entre oferta de serviços e demanda das gestantes; dificuldade de articulação serviço-ensino para educação na saúde. Por outro lado, também identificamos alguns espaços aonde acontecem práticas mais comprometidas com a atenção integral à gestante, e abertura de linhas de fuga para garantir atendimento.
Título em inglês
Inquiring the health service network operation
Palavras-chave em inglês
Continuing Care Health Network
Health Care
Health Services Administration
Integrality of Health Care
Pregnant Woman Attention
Primary Health Care
Woman Health
Resumo em inglês
The objective of this quantitative and qualitative study was to analyze the structure and operation of the health services network for pregnant women in Uberaba - MG. The theoretical categories that support the study are: network, integrality and power. A case study was carried out, using as a reference a primary care service of one Sanitary District. The primary sources data were obtained through semi-structured interviews with health care unit workers of different technological densities and with pregnant patients, in discussion groups. Secondary sources data were obtained through official documents and data base of three governmental areas. The quantitative data were analyzed taking into account its frequency distribution, and the empirical material from the interviews and group discussions were submitted to a thematic analysis. In the documental analysis, we identified that care police for pregnant women has been guided by the financial availability or the prevailing of emergency needs. We identified, however, joint attempts of the services and health actors, health workers and users in constructing the police. The data and the information from municipal and national data base point to poor coverage and qualification of both low and high risk pre-natal care because of a deficiency in infrastructure and qualified care professionals, as well as a lack of obstetric and ICU beds. The health attention impact can be seen in the great number of internments for obstetric complications and abortion, the high incidence of congenital syphilis and a rise in infant mortality, with deaths concentrated in the peri-natal period. The thematic analysis of the empirical material provided a theme: The operating model in the attention service network for pregnant women in the municipal district, which was divided into four sub-themes: health actions offered and attention to the pregnant women needs; the health care worker and the pregnant woman meeting during the care process; health attention place as a learning place; network management-the relation among services that attend the pregnant women in the municipal district. The articulation and intersection of these sub-themes reveal access difficulty of the pregnant patient, organization and planning centered in the service and learning institutions needs, network and work process fragmentation in each of the services, conflict relationship between services offer and pregnant women demands and difficulty in service-learning institutions articulation for health education. On the other hand, we identified some more committed practices with an integral care of the pregnant women and the opening of escape routes from the system in order to guarantee care.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.