• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2015.tde-04092015-154256
Documento
Autor
Nome completo
Danielle Monteiro Vilela Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fonseca, Luciana Mara Monti (Presidente)
Leite, Adriana Moraes
Martins, Jose Carlos Amado
Mascarenhas, Silvia Helena Zem
Silva, Marta Angélica Iossi
Título em português
O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica
Palavras-chave em português
Educação em Enfermagem
Enfermagem Neonatal
Exame Físico e Simulação
Tecnologia Educacional
Resumo em português
Na era digital, o processo ensino-aprendizagem em saúde e enfermagem tem se beneficiado da tecnologia da informação e da técnica da simulação realística e inovadora. Sendo assim, o desenvolvimento e uso de tecnologias educacionais pode contribuir com um ensino mais participativo, disponibilizando para os alunos conteúdos e simulações que poderão ser utilizados de acordo com a necessidade e ritmo de aprendizagem. Este estudo tem por objetivos construir e avaliar o cenário de simulação robótica junto a especialistas; descrever o processo de desenvolvimento do Curso de Difusão semipresencial Avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo e avaliar o desempenho de aprendizagem cognitiva dos estudantes no curso semipresencial sobre a avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo. Estudo de intervenção, quase experimental, com pré e pós-teste, sendo o grupo controle dele mesmo. Utilizamos como referencial teórico a aprendizagem significativa, para o desenvolvimento do cenário optamos pelo método proposto por Jeffries (2007), e para o planejamento e desenvolvimento do Curso de Difusão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) utilizamos o modelo de Seixas (2012). Foram convidados a participar da intervenção educacional, o Curso de Difusão, alunos de graduação da EERP-USP excetuando- se os de primeiro ano e os ultimoanistas. A avaliação do cenário construído para a simulação robótica foi feita por sete especialistas que assistiram a simulação e realizaram as anotações pertinentes ao cenário e responderam se os objetivos foram alcançados pelos alunos, através de um checklist que foi construído em consonância com manuais do Ministério da Saúde (2013) e a American Heart Society (2012), e todas as sugestões tais como, colocação de um relógio de parede em local visível; disponibilização do prontuário completo do bebê; identificação do bebê na incubadora e solicitação para que o estudante narrasse verbalmente todas as suas ações na cena, foram acatadas. A descrição dos dados relativos à caracterização dos sujeitos se apresenta mediante uso de estatística descritiva. Para a avaliação do desempenho de aprendizagem dos estudantes foi realizado um pré-teste on-line, no qual responderam oito questões sobre a temática, e ao final da intervenção educacional, preencheram o pós-teste. As comparações intra-grupos foram realizadas segundo teste não-paramétrico Wilcoxon e a avaliação do conhecimento foi realizada a partir da diferença entre a pontuação obtida pelo estudante no pós- teste em relação à pontuação do pré-teste. Participaram do estudo 44 alunos dos cursos de Bacharelado em Enfermagem e Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem que após preencherem o TCLE on-line e o pré-teste presencialmente navegaram a distância no curso de difusão semipresencial oferecido e utilizaram a tecnologia da simulação virtual, o serious game e-Baby sobre a avaliação e oxigenação e circulação do bebê pré-termo. Durante o curso participaram de um encontro presencial para simulação robótica com cenário de apneia do bebê pré- termo. Ao final do curso, tiveram mais um encontro presencial para o pós-teste. Comparando-se os resultados obtidos no pré e pós-teste com o Curso de Difusão com associação das tecnologias, a aplicação do teste não-paramétrico de Wilcoxon para amostras pareadas revelou que houve diferença significante (p< 0,001) no aprendizado cognitivo entre os dois momentos avaliados, adotando-se o nível de significância de 5%. Assim, o presente estudo demonstrou a viabilidade da construção, desenvolvimento e aplicação de um Curso de Difusão semipresencial com a utilização de simulação virtual e robótica voltada para o ensino de graduação em enfermagem. Esperamos que este trabalho possa contribuir com a inovação e melhoria do ensino de enfermagem, utilizando a simulação no processo ensino- aprendizado dos alunos de graduação, sobre um assunto de extrema relevância para a saúde pública no Brasil, o cuidado dos bebês prematuros, dado que a prematuridade é a primeira causa de morte entre os menores de cinco anos no Brasil e no mundo
Título em inglês
Teaching of clinical evaluation of oxygenation and circulation in preterm infants: integration between virtual and robotic simulation
Palavras-chave em inglês
Educational Technology
Neonatal Nursing
Nursing Education
Physical Examination and Simulation
Resumo em inglês
In the digital age, the teaching-learning process in health and nursing has benefited from information technology and from the realistic and innovative simulation technique. Hence, the development and use of educational technologies can contribute to more participatory teaching, offering contents and simulations to the students that can be used according to the learning needs and rhythm. This study aims to construct and assess the robotic simulation scenario together with experts; describe the development process of the semi-distance course Clinical assessment of oxygenation and circulation in preterm infants and assess the students' cognitive learning performance in the semi-distance course on the clinical assessment of oxygenation and circulation in preterm infants. Quasi-experimental, pre and post-test intervention study in which the group served as its own control. Significant learning was used as the theoretical framework. To develop the scenario, the method proposed by Jeffries (2007) was chosen and, to plan and develop the Diffusion Course the Virtual Learning Environment (VLE), the model by Seixas (2012) was used. Undergraduate students from EERP-USP were invited to participate in the educational intervention, the semi-distance course, except for first and last-year students. Seven experts assessed the scenario constructed for the robotic simulation, who attended the simulation, made notes on the scenario and answered whether the students had reached the objectives, using a checklist elaborated in line with manuals by the Brazilian Ministry of Health (2013) and the American Heart Society (2012). All suggestions were accepted, including the placement of a wall clock on a visible place; availability of the infant's complete history; identification of the infant in the incubator and request for the students to verbally describe all of their actions in the scene. Data on the subjects' characteristics are presented using descriptive statistics. To assess the students' learning performance, an on-line pre- test was used, in which they answered eight questions on the theme. At the end of the educational intervention, the students answered the post-test. The intragroup comparisons were developed using Wilcoxon's non-parametric test and the knowledge was assessed based on the difference between the student's pre and post-test scores. Seven experts assessed the constructed scenario for the robotic simulation and all suggestions were accepted. Forty-four students from the Bachelor and the Bachelor with Teaching Diploma programs in Nursing participated in the study. After completing the informed consent form on-line and the pre-test in the classroom, they explored the semi-distance course at a distance and used the virtual simulation technology, the serious game e-Baby about the assessment, oxygenation and circulation of preterm infants. During the course, they students participated in a meeting in class for the purpose of robotic simulation using the apnea scenario of the preterm infant. At the end of the course, another meeting in class was held for the post-test. When comparing the results obtained on the pre and post-test after the semi-distance course associated with technologies, the application of Wilcoxon's non-parametric test for paired samples revealed a significant difference (p< 0.001) in cognitive learning between the two-moments assessed, adopting a 5% significance level. Thus, this study demonstrated the feasibility of the construction, development and application of a semi-distance course using virtual and robotic simulation in undergraduate nursing education. This study can contribute to the innovation and improvement of nursing teaching, using simulation in undergraduate teaching- learning about an extremely relevant theme for public health in Brazil, which is care for premature infants, given that premature birth is the first cause of death among children under five in Brazil and around the world
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.