• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marilia Ferrari Conchon
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Galvao, Cristina Maria (Presidente)
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Fhon, Jack Roberto Silva
Fuganti, Cibele Cristina Tramontini
Título em português
O uso do picolé mentolado no manejo da sede do paciente idoso no pósoperatório imediato: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Enfermagem perioperatória
Ensaio clínico controlado aleatório
Gelo
Idoso
Mentol
Sede
Resumo em português
Os mecanismos fisiológicos de detecção e controle da sede no paciente cirúrgico idoso ocorrem de forma diferenciada do que em adultos e crianças o que justifica o investimento na condução de estudos sobre estratégias que podem proporcionar alívio deste sintoma com o uso de temperatura fria e volume pequeno. O objetivo do estudo foi comparar a intensidade e o desconforto da sede de pacientes idosos que degustaram o picolé mentolado com a sede de pacientes idosos que receberam o cuidado usual, no pós-operatório imediato. Trata-se de ensaio clínico randomizado em paralelo com dois grupos, realizado em sala de recuperação pós-anestésica de hospital público de ensino no sul do Brasil. A amostra foi composta de 50 pacientes idosos em pós-operatório imediato, os quais foram alocados em dois grupos, sendo 25 no grupo controle e 25 no grupo experimental, sem perda de seguimento. Os critérios de inclusão foram: pacientes com idade >= 60 anos; estar em jejum; verbalizar sede e ter sido aprovado na avaliação do Protocolo de Segurança no Manejo da Sede. Os pacientes com restrições à ingesta ou deglutição, bem como os que autorreferiram alergia à menta, foram excluídos. Os pacientes alocados no grupo controle receberam o cuidado usual de rotina da instituição, onde o estudo foi conduzido, que consiste na manutenção do jejum. Já os pacientes alocados no grupo experimental receberam um picolé mentolado de 20 ml. Os desfechos primários de interesse foram a intensidade e o desconforto da sede, sendo que ambos foram avaliados inicialmente (T0) e novamente (T1) após 20 minutos da intervenção ou cuidado usual. A intensidade da sede foi mensurada por meio da Escala Numérica (zero significa nenhuma sede e 10 a maior sede já vivenciada pelo paciente), e o desconforto da sede pela Escala de Desconforto da Sede Perioperatória (pontuação de zero a 14 pontos, sendo zero a ausência de desconforto e 14 corresponde ao desconforto mais intenso relacionado à sede). A mediana da intensidade e do desconforto da sede inicial (T0) foi de 6,0 para os participantes alocados no grupo experimental, e 5,0 para a intensidade e 6,0 para o desconforto da sede para os participantes alocados no grupo controle. Para a comparação das mudanças nos escores da Escala Numérica e da Escala de Desconforto da Sede Perioperatória entre o grupo experimental e o grupo controle (valor final menos valor inicial), o teste de Mann-Whitney foi empregado para diferenças de medianas. Os resultados do ensaio clínico randomizado demonstraram que houve diminuição estatisticamente significante na intensidade (p<0,001) e no desconforto da sede (p<0,001) dos pacientes cirúrgicos idosos, após vinte minutos da degustação do picolé mentolado quando comparados à intensidade e desconforto da sede dos pacientes que receberam o cuidado usual, no pósoperatório imediato. Considerando a escassez de evidências sobre estratégias para manejo da sede do paciente cirúrgico idoso, o picolé mentolado é uma estratégia inovadora e segura, podendo se tornar método de escolha para uso na prática clínica
Título em inglês
The use of mentholated popsicle to manage the elderly patient´s thirst in the immediate postoperative period: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Aged
Ice
Menthol
Perioperative nursing
Randomized controlled trial
Thirst
Resumo em inglês
Physiological mechanisms of detection and control of thirst in the elderly surgical patient occur differently than in adults and children, which justifies the investment in conducting studies on strategies that can provide relief of this symptom with use of cold temperature and small volume. The aim of the study was to compare thirst intensity and discomfort of elderly patients who savoured mentholated popsicle with thirst of elderly patients who received the usual care in the immediate postoperative period. This is a randomized controlled clinical trial in parallel with two groups, conducted in a post anesthesia care unit of a public teaching hospital in southern Brazil. The sample consisted of 50 elderly patients in the immediate postoperative period, who were allocated in two groups, 25 in the control and 25 in the experimental group, without follow-up losses. Inclusion criteria were: patients aged >= 60 years; being fasting; verbalize thirst and having been approved in the assessment of Safety Protocol of Thirst Management. Patients with restrictions to ingestion or swallowing, as well as those who self-referred peppermint allergy, were excluded. Patients assigned to the control group received usual routine care of the institution where the study was conducted, which consists in maintenance of fasting. Patients assigned to the experimental group received a 20 ml mentholated popsicle. Primary outcomes of interest were thirst intensity and discomfort, both of which were assessed initially (T0) and again (T1) after 20 minutes of the intervention or usual care. Thirst intensity was measured using a Numerical Scale (zero means no thirst and 10 the greatest thirst ever experienced by patient), and thirst discomfort by Perioperative Thirst Discomfort Scale (score of zero to 14 points, being zero the absence of discomfort and 14 corresponds to the most intense discomfort related to thirst). Median of initial thirst intensity and discomfort (T0) was 6.0 for the participants assigned to the experimental group, 5.0 for thirst intensity and 6.0 for thirst discomfort for the participants assigned to the control group. Mann-Whitney test was used evaluating differences in medians, comparing changes in Numerical Scale and in Perioperative Thirst Discomfort Scale between the experimental group and the control group (final value minus initial value). Results of the randomized clinical trial demonstrated that there was a statistically significant decrease in thirst intensity (p <0.001) and discomfort (p <0.001) of elderly surgical patients, after twenty minutes of tasting the mentholated popsicle when compared to thirst intensity and discomfort of the patients who received the usual care, in the immediate postoperative period. Considering the shortage of evidence on strategies for thirst management of elderly surgical patient, mentholated popsicle is an innovative and safe strategy, and may become a method of choice for use in clinical practice
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.