• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Hélen Francine Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Dessotte, Carina Aparecida Marosti (Presidente)
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Furuya, Rejane Kiyomi
Rodrigues, Alfredo Jose
Título em português
Relação dos sintomas de ansiedade e depressão pré-operatórios e a presença de complicações no pós-operatório de cirurgias cardíacas
Palavras-chave em português
Cirurgia torácica
Complicações pós-operatórias
Depressão
Enfermagem perioperatória
Resumo em português
Introdução. Apesar dos recentes e importantes avanços no tratamento das Doenças Cardiovasculares, a cirurgia cardíaca ainda pode ser a única opção de tratamento para alguns pacientes. Os pacientes que vivenciam sintomas de ansiedade e de depressão no pré-operatório podem sofrer influência destes na recuperação pós-operatória. Objetivos. Avaliar a relação dos sintomas de ansiedade e depressão pré-operatórios com as características sociodemográficas e clínicas e avaliar a relação desses sintomas com a presença de complicações no pós-operatório (PO), durante a permanência na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dos pacientes submetidos às cirurgias cardíacas eletivas. Método. Estudo observacional analítico, de coorte prospectiva, desenvolvido nas unidades de internação de clínica médica e clínica cirúrgica de um hospital universitário do interior paulista. A amostra do estudo foi constituída por pacientes submetidos à primeira cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM) e à primeira cirurgia para correção de valvopatia, entre setembro de 2013 e setembro de 2015. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas individuais e consulta aos prontuários. Para a avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão, foi utilizado o instrumento Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS), com a avaliação das respostas considerando o valor total de cada subescala (HADS-ansiedade e HADS depressão), variando de 0 - 21 (quanto maior o valor maior o transtorno emocional). Foram investigados complicações pulmonares, cardíacas, neurológicas, endócrinas, infecciosas, digestivas, sensoriais e o óbito. Para investigarmos a relação dos sintomas de ansiedade e depressão com as características sociodemográficas (sexo, idade, estado civil e situação profissional) e com a presença de complicações PO (sim/não), foi utilizado o teste de Mann Whitney. Para investigarmos a correlação dos sintomas com as características clínicas (tempos de internação pré-operatória, de cirurgia e de permanência na UTI), foi utilizado o teste de Correlação de Spearman. O nível de significância adotado foi de 0,05. Resultados. A amostra foi constituída por 145 pacientes, sendo 75 pacientes submetidos à CRM e 70 pacientes submetidos à cirurgia valvar. Entre os pacientes submetidos à CRM, a idade média encontrada foi de 61,8 anos, a maioria do sexo masculino (69,3%), e a principal complicação no PO foi a hiperglicemia (97,3%). As mulheres submetidas à CRM apresentaram maiores médias para os sintomas de ansiedade, quando comparadas com os homens. Pacientes submetidos à CRM, com maiores médias para os sintomas de ansiedade, apresentaram com maior frequência a instabilidade hemodinâmica no PO. Aqueles pacientes que apresentaram maior média para os sintomas de depressão apresentaram com maior frequência a náusea, a agitação, o déficit neurológico e permaneceram mais tempo entubados no PO. Entre os pacientes submetidos à cirurgia valvar, a idade média foi de 54,4 anos, maioria do sexo masculino (61,4%), e a principal complicação no PO foi a hiperglicemia (92,9%). As mulheres apresentaram maiores médias para os sintomas de depressão, quando comparadas com os homens. Pacientes submetidos à cirurgia valvar com maiores médias para os sintomas de depressão apresentaram com maior frequência a agitação no PO. Conclusão. Dos pacientes submetidos à CRM, encontramos relação dos sintomas de ansiedade pré-operatória com o sexo e com a presença de instabilidade hemodinâmica no PO, bem como dos sintomas de depressão com a ocorrência de náusea, agitação, presença de cânula orotraqueal (COT) por mais de 48 horas e déficit neurológico. Entre os pacientes submetidos à cirurgia valvar, encontramos relação dos sintomas de depressão com o sexo e com a agitação no PO
Título em inglês
.Relation between preoperative anxiety and depression symptoms and the presence of postoperative complications after cardiac surgeries
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Depression
Perioperative nursing
Postoperative complication
Thoracic surgery
Resumo em inglês
Introduction. Despite the recent and important advances in the treatment of Cardiovascular Diseases, cardiac surgery can still be the only treatment option for some patients. The patients who experience symptoms of anxiety and depression in the preoperative phase can be subject to the influence of these symptoms during the postoperative recovery. Objectives. Assess the relation between the preoperative anxiety and depression symptoms and the sociodemographic and clinical characteristics and the relation between these symptoms and the presence of postoperative (PO) complications while staying at the Intensive Care Unit (ICU) of patients submitted to elective cardiac surgeries. Method. Analytical and observational prospective cohort study, developed at the medical and surgical clinical inpatient units of a teaching hospital in the interior of the State of São Paulo. The study sample consisted of patients submitted to the first coronary artery bypass graft (CABG) surgery and the first valve correction surgery between September 2013 and September 2015. The data were collected through individual interviews and consultation of patient histories. To assess the anxiety and depression symptoms, the Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS) was used. In the assessment of the answers, the total value of each subscale was used (HADS-anxiety and HADS-depression), ranging between 0 - 21 (the higher the score, the higher the emotional disorder). Pulmonary, cardiac, neurological, endocrine, infectious, digestive, sensory complications and death were investigated. To investigate the relation between the anxiety and depression symptoms and the sociodemographic characteristics (sex, age, marital status and professional situation) and the presence of postoperative complications (yes/no), the Mann-Whitney test was used. To investigate the correlation between the symptoms and the clinical characteristics (lengths of preoperative hospitalization, surgery and stay at the ICU), Spearman's correlation test was used. The significance level adopted was 0.05. Results. The sample consisted of 145 patients, being 75 patients submitted to CABG and 70 patients to valve surgery. Among the patients submitted to CABG, the mean age was 61.8 years; mostly male (69.3%), and the main PO complication was hyperglycemia (97.3%). The women submitted to CABG presented higher means for anxiety symptoms when compared to men. Patients submitted to CABG with higher averages for anxiety symptoms presented PO hemodynamic instability more frequently. Patients with higher mean scores for depressive symptoms most frequently presented nausea, agitation and neurological deficit and spent more time intubated during the PO. Among the patients submitted to valve surgery, the mean age was 54.4 years, mostly male (61.4%) and the main PO complication was hyperglycemia (92.9%). The women presented higher averages for depressive symptoms when compared to the men. Patients submitted to valve surgery with higher means for depressive symptoms most frequently presented PO agitation. Conclusion. Among the patients submitted to CABG, we found a relation between preoperative anxiety symptoms and sex and the presence of hemodynamic instability in the PO period, as well as between depressive symptoms and the occurrence of nausea, agitation, presence of endotracheal tube for more than 48 hours and neurological deficit. Among the patients submitted to valve surgery, we found a relation between depressive symptoms and sex and PO agitation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.