• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2018.tde-28022018-191817
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Cordeiro Leandro da Silva Grillo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Castro, Fabiana Faleiros Santana (Presidente)
Favoretto, Naira Beatriz
Sousa, Fernanda Raphael Escobar Gimenes de
Greve, Julia Maria D Andrea
Título em português
Tradução, adaptação e validação para o português brasileiro do Data Set do trato urinário inferior para pessoas com lesão medular
Palavras-chave em português
Bexiga neurogênica; Instrumentos para coleta; Lesão medular; Reabilitação; Tradução
Resumo em português
A lesão medular (LM) é um evento catastrófico e incapacitante com importante impacto físico e psicológico, influenciando significativamente a qualidade e expectativa de vida das pessoas acometidas. Nos últimos anos, com o crescimento progressivo da violência urbana e da sobrevida das pessoas, houve um aumento importante dos casos de LM, com aproximadamente 2,5 milhões de pessoas afetadas no mundo, sendo 130.000 casos novos ao ano. As complicações decorrentes da LM são diversas, dentre elas, as disfunções do trato urinário merecem destaque, por serem responsáveis pela maior parte das morbidades e por cerca de 10% a 15% de mortalidade dessa população. No Brasil, não há instrumento específico para coleta de dados amplos para LM, como propõem os Data Sets da Spinal Cord Injury Association (ISCoS). Assim, considerando o desafio da reabilitação vesical enfrentado por esta população , o presente estudo objetivou realizar o processo de tradução, adaptação e validação do Data Set do trato urinário inferior. Tratou-se de estudo quantitativo, metodológico, de delineamento transversal, dividido nas fases de tradução, realizado segundo as recomendações da ISCoS, e teste de confiabilidade inter e intraexaminadores, testado a partir do índice AC1 proposto por Gwet e o índice Kappa, contando com uma amostra de 50 participantes. Como resultado da fase de tradução, das nove questões que compunham o instrumento, apenas quatro termos apresentaram divergências e tiveram que ser revistos; e destes, um necessitou do acionamento do comitê da ISCoS. O perfil geral dos participantes foi composto de homens , com idade média de 39 anos, com LM de etiologia traumática e tempo de lesão inferior a dois anos. A confiabilidade interexaminadores mostrou-se adequada com valores acima de 0,5 em 100% das questões testadas com índice AC1 de Gwet; para o Kappa, o índice permaneceu acima de 0,5 em 70,5% das questões e foi observado que o índice AC1 de Gwet se mostrou superior ao Kappa em relação à prevalência de respostas com alta concordância. A avaliação da confiabilidade intraexaminador mostrou que o índice AC1 de Gwet, em oito das 17 questões avaliadas, ficou abaixo de 0,5. Já o índice Kappa ficou abaixo de 0,5 em cinco das 17 questões. Isso foi atribuído às temáticas das questões que tratavam dos temas de incontinência urinária e uso de dispositivos para incontinência e ao fato de os participantes estarem inseridos em programas de reabilitação, o que ocasionou mudanças no trato urinário durante o intervalo entre entrevistas, que foi de aproximadamente duas semanas. Foi observado ainda um alto índice de participantes que realizavam o cateterismo urinário (70%) e com uso de dispositivos para incontinência urinária (64%), assim é preciso avançar em estudos para o tratamento das disfunções que promovam também a continência urinária. Este estudo realizou a tradução e a validação para o português brasileiro do Data Set do trato urinário inferior segundo as recomendações da ISCoS, corroboradas pela literatura científica, gerando um instrumento confiável de coleta de dados clínicos sobre o trato urinário inferior para ser utilizado no Brasil, contribuindo para a reabilitação das pessoas com LM
Título em inglês
Translation, adaptation and validation for Brazilian Portuguese of the Data Set lower urinary tract for people with spinal cord injury
Palavras-chave em inglês
Instruments for collection; Neurogenic bladder; Rehabilitation; Spinal cord injury; Translation
Resumo em inglês
Spinal cord injury (SCI) is a catastrophic and disabling event with an important physical and psychological event, significantly influencing the quality and life expectancy of the person involved. In recent years, due to the progressive growth of urban violence and the survival of the people, there was a significant increase in cases of SCI, with approximately 2.5 million people affected worldwide, with 130,000 new cases a year. Complications arising from the SCI are numerous, and among them, the dysfunctions related to the urinary tract deserve prominence, since they are responsible for the majority of the morbidity and 10% to 15% of the mortality in this population. In Brazil, there is no specific instrument for the collection of comprehensive data for spinal cord injury, as it is the proposal presented by the Data Sets of the Spinal Cord Injury Association (ISCoS). Thus, taking into account the challenge of rehabilitation of the bladder faced by people with SCI, this study was aimed at carrying out the process of translation, adaptation and validation of the Data Set of the lower urinary tract. It was a methodological, quantitative study of transversal design, divided into phases of translation, carried out according to the recommendations of the ISCoS, and inter and intra examiners reliability test, tested from the AC1 index proposed by Gwet and the Kappa index, with a sample of 50 participants. As a result of the stage of translation, from the nine themes that make up the instrument, only four terms presented differences; and of these, only one needed actions of the Committee of ISCoS. The profile of the participants was of men, with average age of 39, with SCI of traumatic etiology and time of injury inferior to two years. Inter examiners reliability was adequate with values greater than 0.5 in 100% of the questions proven with AC1 Gwet index; for the Kappa, the index remained higher than 0.5 in 70.5% of the questions and it was observed that Gwet index AC1 was shown to be superior to the Kappa in relation to the prevalence of answers with high concordance. The evaluation of reliability Intra examiner showed that the AC1 index of Gwet, in eight of the 17 questions evaluated stayed below 0.5. The Kappa index stayed below 0.5 in five of the 17 questions. This was attributed to questions dealing with incontinence and use of devices for incontinence and also to the fact that the participants were still inserted in rehabilitation programs, which caused changes in the urinary tract during the interval between interviews, which was of approximately two weeks. A high rate of participants was observed performing urinary catheterization (70%) and use of devices for incontinence (64%), thus it is necessary to advance in the studies for the treatment of disorders which also promote continence. The present study performed the translation and validation to Brazilian Portuguese of the Data Set of the lower urinary tract according to the recommendations of the ISCoS, supported by the scientific literature, creating a reliable instrument for the collection of clinical data on the lower urinary tract to be used in Brazil, contributing to the rehabilitation of people with spinal cord injuries
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.