• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2001.tde-25112006-094606
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Lucia de Souza Furlan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2001
Orientador
Banca examinadora
Caliri, Maria Helena Larcher (Presidente)
Hayashida, Miyeko
Santos, Leila Conceicao Rosa dos
Título em português
Identificação das práticas de auto-cuidado referentes ao funcionamento intestinal em pacientes com trauma raquimedular
Palavras-chave em português
Constipação
Cuidados de enfermagem
Reabilitação
Traumatismos da medula espinhal
Resumo em português
O trauma raquimedular (TRM) é uma agressão na medula espinhal e pode acarretar severas alterações físicas e psíquicas ao paciente, refletindo na família e sociedade. Com a inexistência de terapêutica que reverta o quadro de TRM, é necessário investimento na reabilitação para melhorar a qualidade de vida destes pacientes. Através de um estudo exploratório-descritivo, com metodologia quantitativa foi investigada as práticas de autocuidado intestinais e complicações em 27 indivíduos com TRM. Todos os participantes eram do sexo masculino e predominância da faixa etária de 18 a 30 anos, solteiros, com até 1º grau incompleto, com renda familiar entre 2 e 5 salários mínimos, tendo o ferimento por arma de fogo como principal etiologia da lesão. As práticas de autocuidado intestinal mais utilizadas foram a massagem abdominal (32%), seguida da dieta rica em fibras (24%), uso de laxante (15%), toque dígito anal (15%), extração manual das fezes (7%) e outros (7%). Quanto às complicações intestinais, houve predomínio de constipação/impactação (50%), seguido de incontinência fecal (23%), sangramento anal (21%) e outras (6%). Em relação às internações hospitalares, consideradas oportunidades para o enfermeiro orientar sobre as alterações decorrentes do TRM, 59,3% dos pacientes apresentaram mais de uma internação, porém a transmissão de informação sobre alterações intestinais ocorreu em somente 22% dos casos. Diante do número reduzido de centros especializados em reabilitação, julgamos de grande importância a presença de enfermeiros com formação específica em reabilitação para atuarem na assistência, na educação dos pacientes e no ensino nas instituições formadoras de profissionais.
Título em inglês
Identification of self care practices related to bowel functioning in patients with spinal cord injury
Palavras-chave em inglês
constipation
nursing care
rehabilitation
spinal cord injuries
Resumo em inglês
Spinal cord injury (SCI) is an aggression to the spinal cord and can bring physical and psychological alterations to patients lives, reflecting upon family and society. So far, there is no therapeutic to revert the injury of the spinal cord; thus, it is necessary to invest on rehabilitation to improve the patient´s quality of life. Practices of self care for bowel functioning and complications were studied in 27 individuals with SCI, through a descriptive-exploratory study with a quantitative methodology. All participants were men, mostly between 18 and 30 years of age, single, with low education level, family income between 1 to 5 minimal wages; and wounded by gun shots. Practices of self care mostly used were abdominal massage (32%), high fiber diet (24%), use of laxatives (15%), anal digital stimulation (15%), stool manual removal (7%) and others (7%). Related to complications, constipation/impactation was the most frequent (50%), followed by fecal incontinence (23%), bleeding (21%) and others (6%). Hospitalization is considered an opportunity for nurses to teach patients about SCI alterations and 59,3% of patients had more then one episode of hospitalization. However, only in 22% of the cases they received any information about alterations in bowel functioning. With so few rehabilitation centers in our region it is important to have nurses at terciary and general hospitals, educated in rehabilitation to deliver adequate nursing care and patient teaching. It is also necessary, in nursing educational institutions, to prepare profissionals with focus in rehabilitation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.