• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-19022015-165033
Documento
Autor
Nome completo
Luciana da Costa Ziviani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Galvao, Cristina Maria (Presidente)
Mendes, Karina Dal Sasso
Teixeira, Andreza Corrêa
Título em português
As necessidades de informação de receptores de transplante de fígado
Palavras-chave em português
Enfermagem perioperatória
Necessidades de informação
Receptores
Transplante de fígado
Resumo em português
O transplante de fígado é considerado um dos procedimentos mais complexos da medicina moderna. O ensino do paciente é relevante no contexto da saúde e pode contribuir para o sucesso do tratamento. Dentre as atividades do enfermeiro, ressalta-se o papel de educador. No período pós-operatório de transplante de fígado, este profissional deve implementar intervenções educativas direcionadas para o preparo do paciente no enfrentamento das mudanças no estilo de vida, decorrentes de procedimento cirúrgico complexo. Para tal, o primeiro passo consiste no conhecimento das necessidades de informação indicadas pelos receptores de transplante de fígado. O objetivo geral do estudo foi avaliar as necessidades de informação de receptores de transplante de fígado em atendimento ambulatorial em hospital público. A amostra foi composta por 92 receptores de transplante de fígado atendidos em ambulatório de hospital público do interior do Estado de São Paulo. A coleta de dados ocorreu no período de fevereiro a junho de 2014, por meio da aplicação de instrumento adaptado. Os principais resultados da pesquisa indicaram que a maioria dos receptores de transplante de fígado era do sexo masculino (77,17%) e casada (76,09%). A idade média foi de 54,48 anos, a média de anos de estudo foi de 9,02 anos, sendo 70,65% dos receptores moradores na zona urbana. Dos 92 participantes, 46,74% estavam aposentados e 26,09%, afastados de suas atividades laborais e 36,96%, com renda familiar entre dois e três salários-mínimos. Em relação às características clínicas, observou-se que 47,83% dos receptores eram do grupo sanguíneo tipo O, 72,83% tinham escore MELD entre 20 e 29 pontos, 41,30% estavam com cirrose de etiologia viral (B ou C). Dos 92 pacientes, 45,65% tinham IMC entre 18,50 e 24,99 Kg/m2 (peso normal) e 33,70% estavam acima de 25 Kg/m2 (sobrepeso). A média de dias após o transplante foi de 1.508,85 dias, o tacrolimus era empregado como terapia medicamentosa de imunossupressão principal em 36,96% dos receptores e era associado ao micofenolato sódico em 38,04% dos pacientes. As necessidades de informação que obtiveram as médias maiores foram: sugestão de assunto no 3 (média 5,35) refere- se aos sinais e sintomas de complicações (rejeição, infecção, diabetes, hipertensão arterial, entre outras) agrupada na categoria manejo das potenciais complicações; sugestão no 2 (média 5,29) relativa aos efeitos colaterais e cuidados sobre medicamentos (categoria manejo dos medicamentos) e sugestão no 14, alimentação segura após o transplante (média 4,53), também agrupada na categoria manejo das potenciais complicações. Os resultados evidenciados oferecem subsídios sobre o perfil sociodemográfico e clínico de receptores de transplante de fígado na realidade nacional, bem como das necessidades de informação, as quais podem auxiliar o planejamento de intervenções educativas direcionadas para o processo de transplante de fígado, para principalmente melhorar a qualidade da assistência, a adesão ao tratamento e a prevenção de complicações após o transplante
Título em inglês
Information needs of liver transplant recipients
Palavras-chave em inglês
Information needs
Liver transplantation
Perioperative nursing
Recipients
Resumo em inglês
Liver transplantation is considered one of the most complex procedures in modern medicine. The patient education is relevant in the context of health and may contribute to the success of treatment. Among the activities of nurses, the role of educator is highlighted. In the postoperative period of liver transplantation, this professional must implement educational interventions directed to the preparation of the patient in coping with changes in lifestyle resulting from complex surgical procedure. For this, the first step consists in the identification of information needs indicated by liver transplant recipients. This study aimed to assess the information needs of liver transplant recipients in outpatient treatment at a public hospital. The sample consisted of 92 liver transplant recipients assisted in outpatient clinic at a public hospital in the state of São Paulo. Data collection was performed from February to June 2014, through the application of the adapted instrument. The main results indicated that most liver transplant recipients were male (77.17%) and married (76.09%). The average age was 54.48 years, the average years of schooling was 9.02; and 70.65% of recipients lived in the urban area. Of the 92 participants, 46.74% were retired, 26.09% were on leave from work and 36.96% had incomes between two and three minimum wages. Regarding clinical characteristics, 47.83% of recipients were type O blood group, 72.83% had MELD scores between 20 and 29 score points, and 41.30% had cirrhosis of viral etiology (B or C). Of the 92 patients, 45.65% had a BMI between 18.50 to 24.99 Kg/m2 (normal weight) and 33.70% greater than 25 Kg/m2 (overweight). Average days after the transplantation was 1508.85 days, the tacrolimus was used as the primary immunosuppression drug therapy in 36.96% of the recipients, and associated with mycophenolate sodium in 38.04% of the patients. Information needs with the highest averages were: suggestion of topic no 3 (5.35) which refers to the signs and symptoms of complications (rejection, infection, diabetes, hypertension, etc.), grouped in the category management of potential complications; suggestion no 2 (5.29) related to the side effects and care of medicines (category management of medicines); and suggestion no 14, safe food after transplantation (4.53), also grouped in the category management of potential complications. The results show subsidies on the sociodemographic and clinical profile of liver transplant recipients in the national reality and the information needs which may assist the planning of educational interventions directed to the process of liver transplantation, mainly aiming to improve quality of care, adherence to treatment and prevention of complications after transplantation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.