• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2008.tde-06102008-142518
Documento
Autor
Nome completo
Marina Pereira Rezende
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz (Presidente)
Cano, Maria Aparecida Tedeschi
Marziale, Maria Helena Palucci
Mauro, Maria Yvone Chaves
Suazo, Sandra Veronica Valenzuela
Título em português
O impacto do trabalho precoce na adolescência: um estudo de enfermagem
Palavras-chave em português
Adolescente
Enfermagem.
Saúde do trabalhador
Trabalho
Trabalho de menores
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo geral conhecer o impacto do trabalho precoce na vida e na saúde de adolescentes que atuam como aprendizes no Programa do Bem Estar do Menor (PROBEM) na cidade de Uberaba; especificamente visa-se identificar: os tipos de atividades executadas nas empresas pelos adolescentes cadastrados no PROBEM; os problemas de saúde e os acidentes apresentados pelos mesmos e os pontos positivos e negativos indicados pelos adolescentes após a sua inserção no PROBEM. Trata-se de um estudo de caráter exploratório/descritivo, com análise quantitativa dos dados, coletados através de um questionário. Constituíram-se sujeitos do estudo 437 adolescentes. As alterações de saúde mencionadas por esses trabalhadores foram codificadas de acordo com a Classificação Internacional das Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. As atividades executadas foram codificadas pela Classificação Brasileira de Ocupações. Os resultados revelaram que a maioria dos sujeitos pertencia ao sexo masculino (54%); a idade variou entre 14 e 18 anos; 86,07% cursavam o ensino fundamental. Em relação às atividades realizadas 36,38% exerciam a função de contínuos. A maioria não relatou alterações à saúde (88,55%), o que indica considerarem-se saudáveis. Mencionou ter sofrido acidente de trabalho, apenas 1%. Quanto aos pontos positivos e negativos constatou-se que os aspectos positivos foram mais facilmente ressaltados pelos sujeitos (29,29%) incluindo a experiência profissional como um dos aspectos positivos. Também informaram a inexistência de aspectos negativos (67,28%). Evidenciou-se que segundo a ótica dos próprios adolescentes, o trabalho que realizam possui mais pontos/aspectos positivos que negativos, alterando relativamente pouco a sua saúde e não tendo impacto negativo em suas vidas. Conclui-se que é necessário a realização de outras investigações sobre a realidade laboral de adolescentes trabalhadores. Outro aspecto importante é a necessidade de inserir a participação de profissionais de enfermagem, em estudos sobre o trabalho infantil e dos adolescentes, para que entendam os seus riscos e benefícios e auxiliem os trabalhadores no atendimento à sua saúde.
Título em inglês
The impact of the work precocious on adolescence : a nursing study.
Palavras-chave em inglês
Adolescents
Child Labor
Nursing.
Work. Worker health
Resumo em inglês
The general objective of the present study was to know the impact of the precocious work in the life and health of the adolescents who are apprentices in the Well-being of the Minor Program (PROBEM) in the city of Uberaba; The purpose specifically is to identify: the varieties of activities carried out in the companies for adolescents cadastral into the PROBEM ; the health problems and accidents' work presented by them and the positive and negative facts showed by teenagers after their insertion in the PROBEM. It is a study of character exploratory/descriptive, with analysis quantitative of data, collected via a questionnaire. The subjects of the study have been 437 adolescents. The alterations of health mentioned for these workers have been encoded according to the classification International from the Diseases & Problems Related on the Health. The activities carried out have been encoded by Classification Brazilian of Occupations. The results reveal that the majority from the citizens pertains the sex masculine (54%) the age varied among 14 and 18 years; 86,07% of them coursing the basic education. Referring to the activities carried out, 36,38% they exerted the function of office juniors. The majority, (88.55%), did not report alterations to the health, that indicates health people. It mentioned had suffered work accidents only 1%. With regard to the positive and negative points, it was noticed that the positive aspects were more easily saliented by the subjects, (29,29%) including the professional experience like one of the positive aspects. 67.28%. They also informed the inexistence of negative aspects. Make evident which claims optics of own adolescents, the work that they perform, has more dots/appearances positives than negatives, by changing relatively little their health and no having impact negative in their lives. It follows that is necessary the realization of other investigations above the reality labors from the adolescents workers. Another important aspect is the necessity of inserting the nursing professionals participation, in studies about child work, and of the adolescents, so that they understand its risks and benefits and they assist the workers in the attendance to its health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-10-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.