• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2012.tde-05112012-153811
Documento
Autor
Nome completo
Camila Cristina Mantoani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Silveira, Renata Cristina de Campos Pereira (Presidente)
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Grazziano, Eliane da Silva
Título em português
A transfusão sanguínea no perioperatório e a ocorrência da infecção de sítio cirúrgico
Palavras-chave em português
Enfermagem Perioperatória
Infecção da Ferida Operatória
Transfusão de Sangue
Resumo em português
Trata-se de uma revisão integrativa da literatura com objetivo de identificar e analisar as evidências oriundas de estudos primários que abordaram a relação entre a transfusão sanguínea e a ocorrência da infecção de sítio cirúrgico, em pacientes adultos submetidos à cirurgia eletiva. A busca foi realizada em abril de 2012 nas bases de dados PUBMED/ MEDLINE, CINAHL, LILACS e Biblioteca Cochrane e utilizou-se o limite dos estudos indexados nos últimos 10 anos. Para a busca nas bases de dados eletrônicas foram utilizadas combinações entre os descritores controlados transfusão sanguínea, transfusão de componentes sanguíneos, cirurgia eletiva e infecção de ferida cirúrgica e os não-controlados infusão sanguínea, procedimento cirúrgico eletivo, cirurgia de não urgência e infecção de sítio cirúrgico, as quais resultaram na identificação de 2195 referências, dentre essas, 2112 foram excluídas devido a ausência em relação ao tema a partir da leitura de título e resumo. Assim, 73 estudos mostraram-se elegíveis e foram lidos na íntegra, dentre os quais, 50 estudos não foram selecionados e cita-se como motivo de exclusão para cinco estudos, que não analisavam a relação da infecção de sítio cirúrgico e a transfusão sanguínea, dois estudos incluíam indivíduos com idade inferior a 18 anos, 33 estudos consideravam cirurgias de urgência e emergência, quatro estudos transfundiam plasma e plaquetas e seis estudos não referenciavam infecção de sítio cirúrgico. Dentre os 33 estudos selecionados, 16 constavam de estudos repetidos e 17 estudos primários foram selecionados e incluídos na amostra, pois atenderam aos critérios de seleção da revisão. Para extração dos dados foi utilizado um instrumento validado. A análise dos dados foi descritiva e apresentada em duas categorias temáticas: pacientes que recebiam transfusão sanguínea e apresentavam a infecção de sítio cirúrgico como desfecho infeccioso; e pacientes com infecção de sítio cirúrgico, para os quais a transfusão sanguínea foi verificada como um fator de risco independente. As variáveis clínicas e cirúrgicas relacionadas com maior frequência e significância nos estudos foram: níveis de hemoglobina, perda sanguínea intra-operatória, quantidade de sangue transfundido, tempo de operação, escore do ASA, classificação da cirurgia e uso de antibiótico profilático. E a maior ocorrência de infecção de sítio cirúrgico foi verificada em mulheres, de maior idade e índice de massa corporal para obesidade. Um aspecto positivo a ser ressaltado é que a definição da infecção de sítio cirúrgico utilizada nos estudos primários incluído foi a mesma. No entanto, há necessidade de consenso para os níveis de hemoglobina indicativos de transfusão sanguínea e a implementação de assistência de enfermagem direcionada ao atendimento das reais necessidades deste paciente, minimizando os riscos e complicações inerentes ao procedimento anestésico-cirúrgico, educação para e vigilância pós-alta hospitalar para identificação precoce de infecção de sítio cirúrgico em pacientes submetidos à Obrigada pela força, cumplicidade e convivência. transfusão sanguínea.
Título em inglês
Perioperative blood transfusion and the occurrence of surgical site infection.
Palavras-chave em inglês
Blood Transfusion
Perioperative Nursing
Surgical Wound Infection
Resumo em inglês
The aim of this integrative literature review was to identify and analyze evidence from primary studies on the relation between blood transfusion and the occurrence of surgical site infection in adult patients submitted to elective surgery. The search was accomplished in April 2012 in the databases PUBMED/ MEDLINE, CINAHL, LILACS and the Cochrane Library and was limited to studies indexed in the last 10 years. For the electronic database search, combinations were used among the controlled descriptors blood transfusion, blood component transfusion, elective surgery and surgical site infection and the non-controlled descriptors blood infusion, elective surgical procedure, non-urgent surgery and surgical site infection, which resulted in the identification of 2195 references. Of these, 2112 were excluded due to the lack of relation with the theme, based on the reading of the title and abstract. Thus, 73 studies were eligible and were fully read, 50 of which were not selected. For five studies, the reason for exclusion was that they did not analyze the relation between the surgical site infection and the blood transfusion, two studies included individuals younger than 18 years of age, 33 studies considered urgency and emergency surgeries, four studies transfused plasma and platelets and six studies did not refer to surgical site infection. Among the 33 selected studies, 16 were repeated, so that 17 primary studies were selected and included in the sample, as they complied with the selection criteria for the review. To extract the data, a validated instrument was used. Data analysis was descriptive and presented in two thematic categories: patients who received a blood transfusion and presented surgical site infection as an infectious outcome; and patients with surgical site infection, for whom the blood transfusion was verified as an independent risk factor. The most frequently and significantly related clinical and surgical variables in the studies were: hemoglobin levels, intraoperative blood loss, amount of blood transfused, duration of surgery, ASA score, surgery classification and use of prophylactic antibiotics. And the highest incidence levels of surgical site infection were found in older women whose body mass index indicated obesity. One positive aspect to be highlighted is that the definition of surgical site infection used in the included primary studies was the same. A consensus is needed on what hemoglobin levels indicate blood transfusion and the implementation of nursing care in response to these patients' actual needs, minimizing the risks and complications inherent in the anesthetic- surgical procedure, education for and surveillance after hospital discharge with a view to the early identification of surgical site infection in patients submitted to blood transfusion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.