• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2018.tde-04072018-134531
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Maria de Paula Avelar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sawada, Namie Okino (Presidente)
Fernandes, Ana Fátima Carvalho
Gozzo, Thais de Oliveira
Nicolussi, Adriana Cristina
Sonobe, Helena Megumi
Título em português
Relaxamento com visualização guiada: influência sobre a fadiga e a qualidade de vida relacionada à  saúde de pacientes com câncer de cabeça e pescoço durante o tratamento radioterápico
Palavras-chave em português
Câncer de cabeça e pescoço
Fadiga
Qualidade de vida
Qualidade de vida relacionada à saúde
Radioterapia
Relaxamento com visualização guiada
Resumo em português
O tratamento radioterápico é considerado como uma das modalidades terapêuticas padrão para os cânceres de cabeça e pescoço, cujo objetivo é controlar a evolução do tumor com o menor dano possível aos tecidos e órgãos normais adjacentes, porém, apesar de apresentar a vantagem de preservar a estrutura dos tecidos, pode acarretar reações adversas que se manifestam na cavidade oral, e também efeitos colaterais físicos generalizados, sendo a fadiga o mais comum. Objetivo: avaliar a efetividade da Prática Integrativa e Complementar - Relaxamento com Visualização Guiada, sobre a redução do sintoma de fadiga e melhora da Qualidade de Vida Relacionada à Saúde, durante o tratamento radioterápico. Método: estudo quantitativo, quase-experimental, de corte longitudinal e prospectivo, com a participação de 102 pacientes em início de tratamento radioterápico, com a alocação intencional em dois grupos, o de Intervenção (n=42) e o de Comparação (n=60). Apenas os participantes do Grupo Intervenção realizaram a prática de relaxamento com visualização guiada durante o tratamento radioterápico, porém, todos os participantes responderam aos questionários de avaliação. Foram utilizados os questionários de Qualidade de Vida Relacionada à Saúde (FACT H&N) e a Escala de Fadiga de Piper Revisada. A prática de relaxamento com visualização guiada foi aplicada pela pesquisadora do estudo, por meio de uma gravação de áudio contendo comandos verbais, os quais guiavam o paciente para a realização da prática. Para avaliar o efeito da intervenção entre os grupos intervenção e de controle, foi utilizada a técnica de regressão logística multinomial, estimando razões de chance (odds ratios) por pontos e respectivos erros-padrão (Ep). Resultados: na etapa descritiva dos dados sociodemográficos e clínicos, evidenciou-se a predominância do sexo masculino, faixa etária entre 41 e 60 anos, baixo nível de escolaridade, aposentados, católicos, em uso regular de álcool e tabaco, câncer de orofaringe, em estádio IV. Foram evidenciadas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos em relação às variáveis procedência, estado civil e "tipo de cirurgia" e os valores-p foram, respectivamente, p=0,000, p= 0,002 e p=0,027. Na etapa analítica evidenciou-se que o relaxamento com visualização guiada mostrou-se efetivo em especial para os domínios global, comportamental e sensorial na segunda aplicação (T2), e afetivo e sensorial na terceira aplicação (T3), levando à redução do sintoma de fadiga, e quanto à Qualidade de Vida Relacionada à Saúde não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos. Conclusão: os resultados demonstraram que o relaxamento com visualização guiada não teve efeito na melhora da Qualidade de Vida Relacionada à Saúde durante o tratamento radioterápico nos pacientes com câncer de cabeça e pescoço, mas reduziu os níveis de fadiga. Trata-se de uma prática de baixo custo, a qual mostrou-se efetiva na redução do sintoma de fadiga, portanto, seu uso deve ser divulgado na prática dos cuidados aos pacientes oncológicos
Título em inglês
Relaxation with guided imagery: influence on fatigue and health-related quality of life in patients with head and neck cancer during radiotherapy treatment
Palavras-chave em inglês
Fatigue
Guided imagery
Head and neck cancer
Health-related quality of life
Quality of life
Radiotherapy
Relaxation
Resumo em inglês
Radiation therapy is considered to be one of the standard therapeutic modalities for head and neck cancers in order to control tumor evolution with the lowest possible damage to adjacent normal tissues and organs. Although it has the advantage of preserving the structure of tissues, it can lead to adverse reactions occurring in the oral cavity, as well as generalized physical side effects, being fatigue the most common of them. Objective: to evaluate the effectiveness of an Integrative and Complementary Practice - Relaxation with Guided Imagery, on the reduction of fatigue symptom and improvement of Health-Related Quality of Life, during the radiotherapy treatment. METHODS: A quantitative, quasi-experimental, longitudinal and prospective study was carried out with the participation of 102 patients at the beginning of radiotherapy, intentionally allocated in two groups: Intervention (n=42) and Comparison (n = 60). While only the participants of the Intervention Group performed the relaxation practice with guided imagery during the radiotherapy treatment, all the participants answered the evaluation questionnaires. The HealthRelated Quality of Life questionnaires (FACT-H&N) and the revised Piper Fatigue Scale were used. The practice of relaxation with guided imagery was applied by the researcher of the study, through an audio recording containing verbal commands, which guided the patient to perform the practice. To evaluate the effects of the intervention comparing the intervention and control groups, it was used multinomial logistic regression technique in order to estimate odds ratios by points and their respective standard errors (SE). Results: the descriptive stage found in the sociodemographic and clinical data, the prevalence of males, age between 41 and 60 years old, low level of schooling, retirees, Catholics, regular use of alcohol and tobacco, as well as oropharynx cancer in stage IV. There were statistically significant differences between the groups related to the variables place of residence, marital status and "type of surgery", while the p-values were respectively, p=0.000, p=0.002 and p = 0.027. In the analytical stage, it was observed that the relaxation with guided imagery was effective for the global, behavioral and sensorial domains in the second application (T2), as well as for the affective and sensorial domains in the third application (T3), leading to the reduction of the fatigue symptoms, while there was no statistically significant difference between the groups related to Health-Related Quality of Life. Conclusion: The results showed that while guided imagery relaxation had no effect on the improvement of the Health-Related Quality of Life during the radiotherapy treatment in patients with head and neck cancer, it still reduced fatigue levels. It is a low-cost practice, which has proved effective in reducing the fatigue symptoms, so its use must be disseminated in caring practices directed to cancer patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.