• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2008.tde-03092008-111111
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Cristina Nicolussi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Sawada, Namie Okino (Presidente)
Biffi, Raquel Gabrielli
Galvao, Cristina Maria
Título em português
Qualidade de vida de pacientes com câncer de cólon e reto: revisão integrativa da literatura
Palavras-chave em português
câncer colorretal
enfermagem oncológica
qualidade de vida
Resumo em português
O câncer de cólon e reto atinge pessoas no mundo todo e está entre os cinco tipos de câncer mais incidentes no Brasil. O impacto da doença e seu tratamento na vida do paciente pode causar alterações física, psicológica, social e conseqüentemente na qualidade de vida. O presente estudo é uma revisão integrativa da literatura, cujo objetivo foi buscar e avaliar as evidências disponíveis na literatura sobre o conhecimento científico produzido relacionado à qualidade de vida do paciente adulto com câncer de cólon e reto. Para a seleção dos artigos, utilizamos as bases de dados LILACS, CINAHL e MEDLINE e a amostra constituiu-se de 24 artigos, das quais apenas uma publicação foi escrita em português e as demais em inglês. Os autores principais, em sua maioria, foram médicos (62,5%), os enfermeiros contribuíram com 8,3% das publicações. De todos os artigos, 79,1% estiveram vinculados a universidades; a maioria foi sediada em países desenvolvidos; e entre 20 periódicos levantados, apenas 15% foram revistas de enfermagem. Em relação ao design dos artigos analisados, 23 são estudos quantitativos e um é qualitativo; a maioria (70,8%) é de delineamento não-experimental, estudos descritivos que juntamente com o qualitativo possuem um fraco nível de evidência, 16,7% são estudos coortes e apenas 12,5% tem nível forte de evidências, são ensaios clínicos randomizados controlados. Na análise de conteúdo, estabelecemos seis categorias temáticas relacionadas à qualidade de vida: sobrevivência a curto-prazo, sobrevivência a longo-prazo, influência da atividade física, do seguimento por exames, avaliação psicossocial e aspectos inerentes ao paciente. O resultado da análise apontou que o diagnóstico e o tratamento do câncer afeta as funções física, emocional, mental e social, desempenho de papel e estado de saúde global e causa vários sintomas em diferentes graus; que a qualidade de vida também é influenciada por fatores como presença de co-morbidades, estilo de vida, sedentarismo, idade, sexo, estado nutricional, estágio do tumor ao diagnóstico, tipo de tratamento, remissão e recorrência da doença. Encontramos que a prática de exercícios, o aumento da aptidão física, o estado de boa nutrição e a presença de suporte psicossocial favorecem uma qualidade de vida melhor. Essa Revisão Integrativa demonstrou o nível do conhecimento produzido nesta temática e apontou que são evidências fracas e com pouca produção por parte do profissional enfermeiro. Portanto, sugerimos o preparo dos enfermeiros, desde a graduação com a educação permanente depois de formado, na área da pesquisa e o desenvolvimento de pesquisas de intervenção para que as evidências extraídas dos estudos clínicos possam auxiliar o enfermeiro no planejamento de ações que possibilitem a reabilitação e melhoria na qualidade de vida do paciente com câncer de cólon e reto.
Título em inglês
Quality of life of patients with colon and rectal cancer
Palavras-chave em inglês
colorectal neoplasms
oncologic nursing
quality of life
Resumo em inglês
Colon and rectal cancer affects people throughout the world and is among the five most common types of cancer in Brazil. The impact of the disease and its treatment in the patient's life may cause physical, psychological, and social changes, thus affecting his quality of life. This study is an integrative literature review with the purpose to identify and assess the evidence available in the literature about the produced scientific knowledge regarding the quality of life of adult patients with colon and rectal cancer. The articles were selected using the databases LILACS, CINAHL, and MEDLINE, and the sample comprised 24 articles. Only one of the selected articles was written in Portuguese; the others were published in English. The authors were mostly physicians (62.5%), and nurses contributed with 8.3% of the publications. Of all articles, 79.1% are related to universities; most took place in developed countries; and among 20 surveyed serials, only 15% were nursing journals. As to their design, 23 of the analyzed articles are quantitative studies and one is qualitative; most (70.8%) are of a non-experimental outline, descriptive studies that along with the qualitative offer weak evidence level, 16.7% are cohort studies, and only 12.5% have strong evidence level, they are controlled randomized clinical trials. Content analysis established six thematic categories related quality of life: short term survival, long term survival, influence from physical activity, influence from follow-up exams, psychosocial evaluation, and aspects inherent to the patient. Result analysis revealed that cancer diagnosis and treatment affects physical, emotional, mental, social and role functioning, and global health. Furthermore, it causes several symptoms at different levels. In addition, it showed that quality of life is also affected by factors such as the presence of co-morbidities, lifestyle, leading a sedentary life, age, gender, nutritional condition, stage of the tumor at diagnosis, type of treatment, disease remission and recurrence. It was found that the practice of exercises, the increase of physical fitness, nutritional condition, and the presence of psychosocial support benefit a better quality of life. This integrative review showed the level of knowledge produced about this subject and pointed out that the evidence is weak, with a low production by nurses. Hence, we suggest that nurses be better prepared, as of the undergraduate course, with permanent education after graduating, in the pertinent field of research and the development of intervention research so that the evidence extracted from clinical studies can help nurses to plan actions that make it possible to rehabilitate and improve the quality of life of patients with colon and rectal cancer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.