• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2003.tde-28042003-173432
Documento
Autor
Nome completo
Annecy Tojeiro Giordani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2003
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Sonia Maria Villela (Presidente)
Costa, Joao Carlos da
Luis, Margarita Antonia Villar
Pedrão, Luiz Jorge
Silva, Raimunda Magalhães da
Título em português
Violência sexual e a vulnerabilidade às IST-AIDS em mulheres detentas
Palavras-chave em português
Mulher - Prisão
Violência sexual – IST/AIDS
Resumo em português
Procuramos nesta pesquisa, trabalhar a questão da violência voltada à mulher, em especial à mulher detenta. Para tanto, sentimos necessidade de buscar referenciais teóricos que nos desse subsídios para compreensão do significado da violência generalizada, a doméstica e a sexual e a vulnerabilidade às IST- aids e sua articulação com as relações de gênero. Isto nos levou a traçar os seguintes objetivos: fazer uma revisão da literatura sobre as questões mais amplas que envolvem a violência generalizada, e particularmente a sexual; investigar qual a percepção que as mulheres detentas têm sobre a violência, detectando suas possíveis experiências nesse sentido e conseqüentes riscos de infecção pelo IST/HIV-aids; trabalhar, conjuntamente com elas, um programa educativo, desenvolvendo ações e intervenções, visando ao atendimento das questões em apreço, incluindo a elaboração de cartilha sobre violência, IST, aids e drogas, destinada a este público alvo. Para tanto, desenvolvemos um estudo exploratório-descritivo através da pesquisa-ação, fundamentada numa visão humanitária. Priorizamos a abordagem qualitativa cuja análise se deu por categorização – valorizando a subjetividade, ao favorecer a compreensão e a interpretação da fala dos sujeitos pesquisados. Trabalhamos com 15 mulheres detentas, de uma Cadeia Pública Feminina do interior paulista. As técnicas utilizadas foram: a entrevista individual, semi-estruturada, tendo como instrumento, questionário com questões norteadoras; e a observação participante. Os resultados evidenciaram que a violência sexual é repudiada e tida como geradora de marcas psíquicas e emocionais à mulher. Sete (7) do total de pesquisadas, sofreram algum tipo de violência sexual; em cinco (5) casos, os ofensores eram conhecidos. Duas (2) engravidaram de seus ofensores sendo que uma delas ainda se infectou pelo HIV. Sentimentos de rejeição, humilhação, revolta, baixa auto-estima e medo, foram descritos pela maioria delas. Muitas mulheres na delinqüência são agredidas sexualmente, por parceiros, tornando-se mais vulneráveis aos riscos de contágio às IST-aids e a gravidez. Fazem-se necessárias, ações educativas preventivas à violência de gênero e as temáticas interligadas a essa questão, merecendo sejam implantados programas especiais educativos, exames e controle da saúde sexual e reprodutiva da mulher detenta, sob a supervisão de profissionais de saúde gabaritados.
Título em inglês
Sexual violence and vulnerability to STI-AIDS in female prisoners
Palavras-chave em inglês
Sexual violence - STI-AIDS
Woman - Prison
Resumo em inglês
The purpose of this study was to understand the violence against women that are prisoners. Therefore, the author searched for theoretical references that helped her to understand generalized, domestic and sexual violence as well as the vulnerability regarding STD – AIDS and the relationship of violence and gender. As immediate goals, the author aimed at reviewing the literature on questions involving generalized violence and particularly sexual violence and investigating the perception of women prisoners about violence in order to find out possible risks to STD and AIDS infection. The author also had the goal to work with these women through an educative program, developing actions and interventions, including the elaboration of a folder about violence, STD, AIDS and drugs. Thus, this was an exploratory and descriptive study, through action research based on an humane view. The author prioritized a qualitative approach that occurred through a categorization – valuing the subjectivity and favoring the understanding and interpretation of the subjects’ speech. The author worked with 15 women prisoners of a Public Prison located at the interior of the state of São Paulo, Brazil. The techniques used were: individual semi-structured interviews, with a questionnaire composed by guiding questions; and participant observation. Results showed that sexual violence results in psychical and emotional consequences for women. Seven women were victims of some type of violence; in five cases, the aggressors were known. Two women got pregnant and one of them was infected by HIV. Feelings of rejection, humiliation and low self-esteem were described by the majority of the subjects. These women were sexually harassed by their partners and are vulnerable to the risks of being infected by HIV and getting pregnant. As a result, the author recommends educative actions that will prevent violence and the themes related to this problem, through the implementation of special programs, examinations regarding their sexual and reproductive health of the women prisoners, under de supervision of qualified health professionals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cartilha_Annecy.pdf (2.45 Mbytes)
Data de Publicação
2003-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.