• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2000.tde-20022002-110541
Documento
Autor
Nome completo
Annecy Tojeiro Giordani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2000
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Sonia Maria Villela (Presidente)
Costa, Fatima Neves do Amaral
Costa, Joao Carlos da
Título em português
Pesquisa-ação com mulheres detentas sobre sexualidade, DST-AIDS e drogas.
Palavras-chave em português
AIDS
drogas
DST
mulheres detentas
prevenção
sexualidade
Resumo em português
Sensibilizadas com as questões relativas à sexualidade, DST, aids e drogas, voltadas principalmente para pessoas em detenção em sistema penitenciário, procuramos desenvolver esta pesquisa-ação com 49 mulheres detentas de três cadeias públicas femininas do interior paulista, objetivando levantar com elas seus problemas frente à sexualidade, DST, aids e drogas, trabalhando a seguir, um programa educativo sobre estes temas, possibilitando-lhes, conhecimentos e habilidades nesta área, bem como, preparando-as para serem agentes multiplicadores. Coletamos os dados através de entrevistas individuais gravadas, a partir de questionário aberto e com questões norteadoras as quais nos permitiram qualitativamente verificar o significado positivo que as mulheres dão à vida, à família, sublimando a maternidade. Sentem profunda tristeza pela situação em que se encontram, sendo que a maioria está presa devido ao uso e tráfico de drogas. Praticam qualquer tipo de sexo, mais preferem o vaginal. São promíscuas e algumas bissexuais. Atribuem às DST-aids, a desinformação do povo e possuem grande interesse em saber e participar de atividades educativas no interior das cadeias sobre estas temáticas. Algumas revelam presença de DST em sua vida, referindo-se ao uso inadequado do preservativo, afirmando ser difícil negociar sexo seguro com o parceiro. Demonstram conhecimento simples às vezes ingênuo sobre sexualidade, sexo, DST-aids e drogas e não desenvolvem a consciência para a mudança de comportamento. Depreendemos então, que estas mulheres não têm preparo para lidarem com a sua sexualidade e contra às DST-aids e drogas.
Título em inglês
Action research with women prisoners on sexuality, STD-AIDS and drugs.
Palavras-chave em inglês
drugs
prevention
prisoners
sexuality
STD
women
Resumo em inglês
Thinking on issues related to sexuality, STD, AIDS and drugs regarding people confined in prisons, the author developed a research-action with 49 women confined in three public feminine prisons at the state of São Paulo, Brazil aiming at understanding their problems regarding sexuality, STD, AIDS and drugs and afterwards at implementing an educational program on these topics as well as preparing them to disseminate this knowledge. The author collected data through individual interviews, starting from an open questionnaire with guiding questions that enabled her to quantitatively verify the positive meanings that these women give to life, family and maternity. These women showed their sorrow regarding their situation, especially because the majority of them were arrested due to drug trafficking and use. They are used to have sex of different types but prefer vaginal sex. They are promiscuous and some are bisexual. They consider the lack of information the main cause of STD-AIDS and are really interested to participate in educational activities about this theme. Some of them point out the inadequate use of condoms as the cause of STD in their lives, affirming that it is difficulty to talk about safe sex with their partners. They show simple and ingenuous knowledge on sexuality, sex, STD-AIDS and drugs and are not willing to change their behavior. In sum, the author concluded that these women are not prepared to deal with their sexuality and STD-AIDS and drugs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
annecy.pdf (1.49 Mbytes)
Data de Publicação
2003-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.