• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2011.tde-19012012-133203
Documento
Autor
Nome completo
Raphael Valentino Marques de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Costa Junior, Moacyr Lobo da (Presidente)
Pedrão, Luiz Jorge
Santos, Sinval Avelino dos
Título em português
Papéis, conflitos e gratificações de enfermeiros especialistas em enfermagem psiquiátrica e saúde mental: estudo prospectivo
Palavras-chave em português
Desempenho de papéis
Enfermagem psiquiátrica
Saúde mental
Resumo em português
Com a transformação da assistência psiquiátrica, torna-se importante verificar como o enfermeiro especialista em enfermagem psiquiátrica e saúde mental se encontra diante de seus papéis, conflitos e gratificações. Assim, trinta e um enfermeiros que se especializaram em enfermagem psiquiátrica e saúde mental responderam um questionário com esse objetivo. Os resultados mostraram que a grande maioria trabalha na área em que se especializaram, e, quanto aos papéis, desenvolvem os administrativos, como: a coordenação e organização do serviço de assistência e participação em conselhos de saúde; os de cuidado direto, como: atuar junto ao paciente e familiar, execução dos cuidados de higiene, medicações e orientações, escuta qualificada, apoio psicológico e controle de crises; específicos do enfermeiro psiquiátrico, como: coordenação/supervisão/orientação da equipe de enfermagem, consulta e pós consulta de enfermagem, exame de estado mental, triagem, acolhimento, visita domiciliar, prevenção na comunidade, escuta terapêutica, avaliação clinica, desenvolvimento de projeto terapêutico individual, profissional de referência, participação em grupos, oficinas e atendimento individual. Possuem conflitos relativos à falta de reconhecimento profissional, como: falta de reconhecimento como enfermeiro especialista, falta de credibilidade no atendimento do enfermeiro especialista e falta de autonomia enquanto enfermeiro; condições de trabalho como: falta de recursos materiais, humanos e de espaço físico, sobrecarga do profissional qualificado, falta de oportunidades de capacitação da equipe, dificuldade de aliar gestão e assistência, dificuldade de associar a teoria com a prática; dificuldades de relacionamento com a equipe, como: profissionais médicos que não conseguem trabalhar em equipe, falta de cooperação entre enfermeiros, desrespeito da equipe pelas decisões tomadas. Como gratificações destacam o reconhecimento profissional, como: agradecimento do paciente pelos serviços prestados, melhora do paciente e reconhecimento da equipe multiprofissional pelo trabalho; reconhecimento pessoal, como: satisfação pessoal, ser reconhecido como enfermeiro psiquiátrico, prazer em trabalhar e paixão pelo que faz; qualificação, como: aplicação dos conhecimentos, postura ética, interesse em buscar mais qualificação e satisfação em conseguir desempenhar o que aprendeu. Assim sendo, pode-se considerar que os enfermeiros pesquisados identificaram o seu papel de especialista na área de enfermagem psiquiátrica e o exercem com propriedade. Seus conflitos relacionaram-se a aspectos de reconhecimento profissional como enfermeiro especializado, estruturais dos serviços e relacionamento, que podem se constituir em agentes complicadores para o desenvolvimento de um bom trabalho, e, suas gratificações, estão ligadas a fatores de reconhecimento profissional, pessoal, qualificação profissional e aplicação de conhecimentos, levando ao entendimento de que o idealismo contido nessas colocações tem grandes chances de serem traduzidos em ações levando a transformações, o que vai de encontro ao que é esperado de um enfermeiro especialista na área de enfermagem psiquiátrica saúde mental.
Título em inglês
Roles, conflicts and rewards of psychiatric and mental health nurses: prospective study
Palavras-chave em inglês
Mental Health
Psychiatric Nursing
Role Playing
Resumo em inglês
Due to psychiatric assistance changes, it is important to check how the nurse specialized in psychiatric nursing and mental health deals with his roles, conflicts and rewards. Thus, thirty-one nurses specialized in psychiatric nursing answered a questionnaire for this purpose. Results showed that most of them worked within the area of their specialization and as to roles, they performed administrative ones, such as: coordination and organization of assistance service and participation in health councils; direct care ones, such as: action with patient and relatives, hygiene care performance, medications and guidance, qualified hearing, psychological support and crisis control; psychiatric-nurse specific ones, such as: nursing team coordination/supervision/guidance, nursing appointment and post-appointment, mental state examination, triage, reception, home visit, prevention within the community, clinical evaluation, individual therapeutic project development, reference professional, participation in groups, workshops and individual support. They show conflicts related to the lack of professional recognition, such as: lack of recognition as a specialist nurse, of credibility in specialist nurse assistance and of autonomy as a nurse; work conditions such as: shortage of material and human resources, and physical space, overburden of qualified professional, lack of opportunities for team empowerment, difficulty to ally management and assistance, difficulty to associate theory to practice; difficulty relationship with the team, such as: medical professionals that are not able to work as a team, lack of cooperation among nurses, team's disrespect as to decisions made. As rewards they point out professional recognition, as: patient's gratitude for services provide, patient's improvement and work recognized by the multi-professional team; personal recognition, as: personal satisfaction, recognition as a psychiatric nurse, pleasure to work and passion for the profession; qualification, such as: knowledge application, ethical attitude, interest in looking for a deeper qualification and satisfaction to perform what was learnt. Thus, we may consider that researched nurses have identified their specialized role within psychiatric nursing area and suitably perform it. Their conflicts are related to aspects of professional recognition as a specialized nurse, services structure and relationship, which may become complicating agents for a good work development, and their rewards refer to professional and personal recognition, professional qualifications and knowledge application factors, and we may conclude that idealism contained in these statement has large chances to be translated into actions leading to changes, meeting what is expected from a nurse, who is specialized in psychiatric and mental health nursing area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.