• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Sílvia Antunes Cocenas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Scherer, Zeyne Alves Pires (Presidente)
Gonçalves, Marlene Fagundes Carvalho
Kodato, Sergio
Título em português
Grupo de atividades com jovens escolares: recurso para o aprimoramento do funcionamento pessoal e social
Palavras-chave em português
Disciplinas e atividades Comportamentais
Estrutura de Grupo
Estudantes
Instituições Acadêmicas
violência
Resumo em português
Os grupos sociais infantis que estão inseridos numa realidade violenta colocam-se mais suscetíveis a reagir e agir de acordo com seu grupo e contexto social. Acreditamos que em uma "história relacional que se constrói dentro da situação terapêutica, utilizam-se estratégias para o fazer como forma de encontro potencializador de uma relação saudável consigo, com o outro e com o social" (TEDESCO, 2007, p. 156). Desta forma, essa pesquisa pretendeu verificar se a utilização de grupos de atividades estruturadas pode proporcionar meios para que jovens possam aprimorar seu funcionamento pessoal e social e facilitar o desenvolvimento de mecanismos pessoais e coletivos de proteção e promoção de saúde mental. Este estudo baseia-se nos pressupostos dos métodos qualitativos de investigação e a estratégia escolhida foi a pesquisa naturalística. O procedimento utilizado foi a observação participante. Em virtude da natureza do fenômeno investigado utilizamos também o diário de campo. O local de investigação é o Município de Ribeirão Preto, em que buscamos focalizar uma instituição pública de ensino fundamental. Fizeram parte deste estudo 18 estudantes do 6º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professora Glete de Alcântara participantes do projeto de extensão "Grupos de atividades estruturadas com alunos do ensino fundamental: promoção de saúde" da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Foram realizados 8 encontros grupais utilizando atividades estruturadas em grupo. Neste sentido, foram utilizados jogos e brincadeiras, que são atividades sociais que fornecem uma estrutura de referência paralela à "vida real", na qual "formas diferentes de ser" podem ser experimentadas e expressas em ações, comportamentos, atitudes, sem nenhuma conseqüência "real". Para análise dos dados qualitativos foi utilizada a técnica de análise de conteúdo temática. Os temas emergiram do desenvolvimento grupal em cada atividade apresentada. Os principais temas foram: a representação e o papel da escola; o grupo como representação social; o brincar e o aprender; o lúdico e a contribuição para a formação social; a escola e seus vínculos; punição versus educação; família e seu papel social para a criança; violência psicológica entre escolares; a função criativa do campo escolar; a violência; o desenvolvimento interpessoal e o contexto escolar; agrupamento; atividade como recurso. Os resultados do estudo apontam que é possível estabelecer uma nova forma de comunicação e abordagem do universo desses jovens, desde que respeitadas as variáveis - que não são poucas - de um mundo cada vez mais globalizado e sem paradigmas do qual fazem parte não apenas como expectadores, mas atores desta transformação do ensino na realidade do século XXI.
Título em inglês
Group Activities with young children: a resource for the improvement of personal anda social functioning
Palavras-chave em inglês
Behavioral Disciplines and Activities Group Structure
Schools
Students
Violence
Resumo em inglês
Children Social groups placed in a violent reality are more susceptible to react and act according to their group and social context. We believe in a "relational history that is built into the therapeutic situation, are used as strategies for doing so against aggravating a healthy relationship with oneself, others and the social" (Tedesco, 2007, p. 156). This way, this research sought to determine whether the use of structured group activities can provide ways for young people to improve their personal and social functioning and facilitate the development of personal and collective mechanisms to protect and promote mental health. This study is based on assumptions of qualitative research methods and the strategy chosen was naturalistic inquiry. The procedure used was participant observation. Due to the nature of the phenomenon under investigation we also used a field diary. The research place is the city of Ribeirão Preto, in which we seek to focus on a public high school. The sample comprised 18 students in the 6th grade of elementary school of the Escola Estadual Professora Glete de Alcantara participants of the extension project "Groups of structured activities with high school students: health promotion" of the School of Nursing of Ribeirão Preto. 8 group meetings were conducted using structured group activities. In this sense, we used games and activities that are social activities that provide a frame of reference parallel to the "real life" in which "different ways of being" can be experienced and expressed in actions, behaviors, attitudes, with no consequences "real. " For qualitative data analysis technique was used thematic content analysis. The themes emerged from the development group in each activity presented. The main themes were: the representation and the role of the school and the group as a social representation, the play and learn, the playful and the contribution to the social formation, the school and its links; punishment versus education, family and social role for the child ; psychological violence among students, the creative function of the field school, violence, interpersonal development and the school context, group activity as a resource. The study results show that it is possible to establish a new form of communication and approach to the universe of young people, in compliance with the variables - which are many - a world of increasingly globalized and without paradigms which include not only as spectators but actors in this transformation of education in the reality of the twenty-first century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.