• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2015.tde-22072015-154346
Documento
Autor
Nome completo
Camila Marion
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Soares, Lucy Satiko Hashimoto (Presidente)
Quijano, Santiago Montealegre
Vaske Junior, Teodoro
Dias, June Ferraz
Gadig, Otto Bismarck Fazzano
Título em português
Função da Baía de Todos os Santos no ciclo de vida da Arraia-branca,Dasyatis guttata (Elasmobranchii: Dasyatidae)
Palavras-chave em português
Ciclo de vida
Costa central do Brasil
Elasmobranchii
Myliobatiformes
Uso de habitat
Resumo em português
Dasyatis guttata é a espécie de raia mais abundante na Baía de Todos os Santos (BTS, Nordeste do Brasil), com um descarregamento pesqueiro atingindo a ordem de 900 t ao ano. A espécie também representa um dos principais componentes do nécton da BTS. Apesar dessa importância econômica e ecológica, não há informações sobre a dinâmica temporal e espacial, ecologia e biologia da espécie e a importância do uso dessa baía para a espécie. O objetivo do presente estudo foi descrever a utilização da BTS pela raia D. guttata, durante seu ciclo de vida (isto é, se a área é utilizada pela espécie para a reprodução, crescimento e alimentação), além de investigar a relação entre os conhecimentos tradicionais dos pescadores, com as informações biológicas e ecológicas das espécies obtidas nesse estudo e as informações da literatura. Para isso, foram acompanhados, mensalmente, descarregamentos de D. guttata em duas localidades da BTS, entre janeiro de 2012 e janeiro de 2013. Dos descarregamentos pesqueiros, foi registrada a biomassa total descarregada, local de captura do pescado e esforço pesqueiro. Informações temporais e espaciais foram obtidas para verificar o padrão de distribuição e abundância dessa espécie com esses fatores. De alguns exemplares, para análise dos dados biológicos, foram obtidos dados biométricos, órgão reprodutor e digestório e um conjunto de cinco vértebras. Questionário etnobiológico foi aplicado para descrever o conhecimento tradicional do pescador sobre percepções ambientais e ecológicas sobre BTS e D. guttata. Os resultados indicaram associação entre a abundância de D. guttata e a área de captura, a maré e a estações do ano. As fêmeas (31 e 105 cm de largura de disco, LD) foram significativamente maiores que os machos (16,5 - 78 cm LD). Tomando os dois sexos juntos, da moda ocorreu entre 43,5 e 52,5 cm de LD. Houve diferença significativa na proporção de macho e fêmea, sendo superior para fêmea. Verificou-se variação espacial por classe de tamanho, com maior proporção de exemplares jovens na porção noroeste da BTS, sugerindo uma provável área de berçário. As fêmeas (L50=60,4) atingem a primeira maturidade reprodutiva com valores superiores aos machos (L50=41,9). Detectou-se que essa espécie se reproduz ao longo do ano. A maior proporção de fêmeas grávidas, a presença dos maiores embriões, e dos maiores valores médios da relação gonadossomática e hepatossomática, no verão e primavera, indicam dois pico de cópula e o parto nesse período. Há indícios que a vitelogênese ocorra simultaneamente à gestação. A fecundidade uterina foi registrada de 3,5 embriões/gestação e a fecundidade ovariana de 2,7 ovócitos/gestação. Dasyatis guttata é um mesopredador generalista, consumindo uma ampla variedade de presas e, principalmente, os crustáceos Thalassinidea e Alpheidae. A ordem de importância desses itens principais é alterada significativamente com a estação do ano e a classe de tamanho. Houve alometria significativamente negativa entre a relação do peso do indivíduo com a LD, que indica um ganho de massa proporcionalmente menor com o aumento de LD. As fêmeas apresentaram maior tamanho máximo estimado e crescimento mais lento, comparado aos machos (fêmeas: LD=169,8, k=0,03; machos: LD=80,3, k=0,07). O conhecimento etnoecológico dos pescadores foi consistente os dados de literatura e aos aqui obtidos. As informações geradas neste trabalho podem contribuir para uma melhor compreensão do papel de D. guttata na BTS e podem ser utilizadas em modelagens ecológicas e pesqueiras. Tais informações estão disponíveis para o uso às diferentes instituições ligadas à pesca local para elaboração de planos de ordenamento pesqueiro e de conservação da espécie.
Título em inglês
Function of Todos os Santos Bay in life cycle of the white stingray, Dasyatis guttata (Elasmobranchii: Dasyatidae)
Palavras-chave em inglês
Central coast of Brazil
Elasmobranchii
habitat use
life cycle
Myliobatiformes
Resumo em inglês
Dasyatis guttata is the most abundant stingray in Todos os Santos Bay (TSB, Northeast of Brazil), with fisheries landings up to 900t per year. It is also one of the most important nekton components of the TSB. Despite such an economic and ecological importance, there is no information about spatiotemporal dynamic, ecology and biology of the species, and information about the importance of this bay for this species. The aim of the present study was to describe the use of this bay by Dasyatis guttata in its life cycle, that is, if this bay is used for reproduction, growth and feeding, and to investigate the relation of the fisherman's biological and ecological traditional knowledge on this stingray with those obtained in this study and available in the literature. Landings survey of D. guttata was carried out monthly in two localities of TSB, between January 2012 and January 2013. The total landed weight and the site of the captures in the TBS were registered in each survey. Biometric data, reproductive and digestive organs and about five vertebras centrum were obtained during the landings. Ethnobiological questionaries were applied for describe the environmental and biological perception of the fisherman in relation of TSB and D. guttata. Several temporal and spatial data were taken and used as predictor variables to verify the species distribution and abundance pattern. Results indicated a relationship between the D. guttata abundance and the local capture, tide and season. The females (31 - 105 cm Disc Width, DW) was significantly bigger than males (16.5 - 78 cm DW). Taken both sexes together, one fashion was verified between 43.5 e 52.5 cm DW. There were significant differences in proportion between male and female, being the females more numerous than males. Spatial variation of DW class was verified, with greater proportions of small-sized individuals in Northwest of TSB, suggesting a nursery area there. The females (L50=60.4) reached the first maturity with a size larger than that for males (L50=41.9). Reproduction is continuous throughout the year. Summer and spring are the most important mating and breeding season, as revealed by the higher proportion of gravid females, the biggest embryos, and highest median values of gonadosomatic and hepatossomatic relations. Uterine fecundity was 3.5 embryos/birth and the ovarian fecundity was 2.7 oocyte/birth. Dasyatis guttata is a generalist mesopredator, feeding upon a wide range of prey items, and mostly on the crustaceans Thalassinidea and Alpheidae. The ranking importance of these food items changed significantly with season and ray size. There are negative allometry between the weight and DW, indicating that, in TBS, the species gains proportionally smaller mass with increasing in DW. Females attained sizes larger than males and exhibited lower growth coefficients than those of males (females: DW=169.8, k=0.03; males: DW=80.3, k=0.07). The fishermen's ethnobiological knowledge was consistent with that from literature and obtained here. The information generated in this study contributes to a better understanding of the role of D. guttata in BTS and could be used in ecological and fisheries modeling. They are available for the use in fisheries-related institutions for the development of fishery management plans and conservation of the species in BTS.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.