• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2015.tde-03062015-144544
Documento
Autor
Nome completo
Maíra Pombo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Turra, Alexander (Presidente)
Gomes, Abilio Soares
Christofoletti, Ronaldo Adriano
Siegle, Eduardo
Vanin, Ana Maria Setubal Pires
Título em inglês
The Atlantic Ghost Crab Ocypode quadrata (Decapoda: Ocypodidae) as bioindicator of sandy beaches: assessment of the influence of environmental, behavioral and population factors
Palavras-chave em inglês
climate change
connectivity breakage
environmental monitoring
erosion
marine ecology
population structure
sampling methods
spatial variability
Resumo em inglês
The populations of the ghost-crab Ocypode quadrata have been evaluated as bioindicators at sandy beaches, but for this purpose some shortcomings need to be addressed. This study assessed several features of the species biology, from daily activity cycles to effectively its role as bioindicator. Between that, the occupation of burrows was evaluated at several morphodymically distinct beaches and it differed temporally, among the areas and within beach strata, indicating that assessing these populations through the indirect method require more caution. The period of the year after major cold fronts showed the most similar values between individuals and burrows, followed by the greater entrance of young recorded. No trend according to beach type was identified for mean size, dissipative beaches tended to have higher densities, while body growth performance index was higher at reflective beaches, gathering therefore both similarities and differences concerning the trends known for other crustaceans from these environments. The use of the species as bioindicator was effective and gathered distinct areas, through the use of a new method. Increasing levels of erosion were associated to increasing mean densities and mean sizes, followed by a sharp decrease of both, especially mean size. Connectivity breakage, e.g., armoring and vegetation removal, proved to be a threat to the populations structure, worsened when associated to erosion process, to an extent that compromise the populations viability.
Título em português
O caranguejo Ocypode quadrata (Decapoda: Ocypodidae) como bioindicador em praias arenosas: avaliação da influência de fatores naturais, comportamentais e populacionais
Palavras-chave em português
ecologia marinha
erosão
estrutura populacional
métodos amostrais
monitoramento ambiental
mudanças climáticas
quebra de conectividade
variação espacial
Resumo em português
As populações do caranguejo Ocypode quadrata, conhecido no Brasil como guaruçá ou maria-farinha, têm sido exploradas como bioindicadores da qualidade de praias arenosas, mas para tal algumas lacunas precisam ser preenchidas. Este trabalho levantou diversas características da espécie no litoral sudeste brasileiro, desde ciclos diários de atividade até sua aplicação como bioindicador. Nesse entremeio, as taxas de ocupação das tocas foram avaliadas em diversas praias morfodinamicamente distintas, sendo que houve variação temporal, entre praias e mesmo entre estratos de uma mesma praia, indicando que avaliações dessas populações através do método indireto requerem maior cautela. O período pós frentes frias teve o número de tocas e de animais mais semelhante, seguido da maior entrada de recrutas. O tamanho médio dos indivíduos não apresentou tendências de acordo com o tipo praial, a densidade de indivíduos foi maior nas praias dissipativas e a performance de crescimento estimada foi maior em praias reflexivas, agregando características tanto similares quanto opostas aos outros crustáceos desses ambientes. O uso da espécie como bioindicador foi válido e incorporou áreas distintas, através do emprego de um novo método. Níveis crescentes de erosão foram associados a um inicial aumento de densidade e tamanho médios, seguido de um decréscimo severo de ambos, especialmente de tamanho. A quebra de conectividade, e.g. construções e remoção da vegetação, foi também responsável pela alteração da estrutura das populações, sendo a condição agravada em casos de associação com erosão, a ponto de comprometer a viabilidade das populações.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.