• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2007.tde-06112007-163505
Documento
Autor
Nome completo
Monica Ponz Louro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Wongtschowski, Carmen Lucia Del Bianco Rossi (Presidente)
Braga, Francisco Manoel de Souza
Itagaki, Michael Kengo
Menezes, Naercio Aquino
Soares, Lucy Satiko Hashimoto
Título em português
A ictiofauna do estuário do rio Itanhaém, SP, Brasil: dinâmica espaço-temporal e aspectos biológicos das espécies principais
Palavras-chave em português
estuário
Genidens
ictiofauna
Rio Itanhaém
Resumo em português
O Rio Itanhaém, localizado na planície costeira de Itanhaém faz parte de importante bacia hidrográfica do sul do Estado de São Paulo. Os objetivos do presente estudo foram: identificar a composição e abundância da fauna de peixes deste estuário, verificando suas variações espaço-temporais em relação às variáveis ambientais, bem como caracterizar os estratos populacionais das principais espécies ali presentes quanto a sua estrutura e alimentação. Entre maio/2002 e abril/2003 foram realizados doze arrastos mensais, de 10 minutos de duração, com a utilização de rede de pesca de portas para arrastos de fundo em três diferentes áreas no interior do estuário de Rio Itanhaém (A3, A2, A1) e um arrasto na região marinha adjacente à boca do rio (EXT). Nas áreas internas do rio, foram obtidos dados ambientais sobre profundidade, temperatura, transparência e salinidade da água e colhidas amostras d?água e de sedimento para obtenção de dados sobre oxigênio dissolvido, pH, matéria orgânica e composição do sedimento. Após a identificação das espécies, de cada exemplar de peixe foram obtidos dados sobre comprimento, massa corpórea, sexo e estádio de maturidade gonadal, e reservado seu estômago para estudos sobre alimentação. A fauna foi estudada através das variações espaço-temporais da abundância em número e em massa, de índices ecológicos de diversidade de Shannon-Wiener (H?), eqüitatividade de Pielou (J?), riqueza de espécies (S) e riqueza de Margalef (d) e análises de classificação (TWINSPAN) e de ordenação (MDS). Para evidenciar quais dados ambientais explicariam as variações espaço-temporais da fauna, foi aplicado o método estatístico BIO-ENV. As espécies principais do estuário foram identificadas através de um indicador de importância relativa baseado nos valores de freqüências de ocorrência, numérica e em massa. Cinco espécies foram analisadas com relação à distribuição de comprimento, proporção sexual e entre indivíduos em diferentes estádios de maturidade gonadal, e com relação à composição de suas dietas. O estuário sofre influência da ação da maré durante os meses de inverno e primavera, com salinidade alta e temperaturas variáveis, e é regido pelo fluxo de água doce do rio durante verão/outono, com o aumento das chuvas. Foram coletadas 53 espécies de peixes caracteristicamente marinhas, totalizando 13.802 exemplares e uma massa total de 210.662,2g. Nenhuma espécie de água doce foi registrada. Oito espécies compuseram 86% da captura em número e 87,4% em massa, porém a dominância do bagre Genidens genidens foi evidente. Com relação aos índices ecológicos, diferenças significativas foram encontradas apenas para os valores de riqueza e riqueza de Margalef, com maiores valores obtidos para a área EXT e A2. A análise de classificação TWINSPAN identificou dois grupos de amostras e dois de espécies que se formaram pelas diferenças espaciais entre a fauna da área marinha externa ao estuário (EXT) e as áreas internas (A1, A2 e A3). A análise sobre ordenação MDS evidenciou três grupos de amostras diferentes: G1 ? amostras da área mais interna (A3) e da intermedária (A2) na época de verão/outono; G2 ? amostras da área mais próxima ao mar (A1) e as de inverno/primavera da área intermediária A2; e G3 ? poucas amostras marcadas pela dominância do linguado Achirus linaetus na proximidade do mar. Os valores de correlações entre variáveis ambientais e a fauna foram baixos, porém o conjunto de variáveis: temperatura e pH de superfície, porcentagem de areia no sedimento, foi aquele que melhor explicou as variações na fauna. As espécies principais no estuário foram Genidens genidens, G. barbus, Bairdiella ronchus, Achirus lineatus e Trinectes paulistanus. Enquanto Bairdiella ronchus e Achirus lineatus mostraram formas adultas no interior do estuário, os bagres Genidens genidens, G. barbus, mais abundantes, e Trinectes paulistanus foram representados por formas juvenis que utilizam o local como área de crescimento/alimentação. Com relação à alimentação, as espécies se alimentam de organismos bentônicos predominantemente. Os linguados Achirus lineatus e Trinectes paulistanus se caracterizaram como consumidores de poliquetos, Genidens barbus e Bairdiella ronchus foram agrupados por similaridade de suas dietas baseadas no consumo de camarões e teleósteos e o bagre dominante Genidens genidens mostrou se alimentar de uma variedade maior de invertebrados bentônicos, principalmente Tanaidacea. As espécies que competiriam pelos mesmos recursos se distribuem em áreas diferentes do estuário, mostrando que a alimentação pode explicar as diferenças espaciais evidenciadas nas análises sobre a fauna.
Título em inglês
Itanhaém River Estuary, SP, Brazil: Spatial and seasonal changes in fish assemblages and biological aspects of the principal species
Palavras-chave em inglês
Fish assemblages
Genidens
Itanhaé River Estuary
Resumo em inglês
The changes of the composition and the distribution of the fishes along the Itanhaém River Estuary were investigated, between May 2002 and April 2003. Biologic aspects of principal species were also included. The month sampling of the fishes was performed using otter trawls in three different areas in the estuary (A1, A2 and A3). Samples were also collected from another location in adjacent marine area (EXT area). The duration of the fishing trawls was of 10 minutes. Temperature data, salinity, pH, water transparency, dissolved oxygen were obtained. Simultaneously, surface sediment sample was taken for evaluation of organic matter, and the grain size. All fish collected were identified to species, counted and measured for total length and wet mass (g). The analyses of the structure of the fauna involved the occurrence of species, the abundance in number and capture weight. The following indexes of community structure were also obtained: the species richness, the species richness of Margalef, diversity of Shannon-Wiener, and the evenness of Pielou. The TWINSPAN analysis (Two Way Indicator Species Analysis) and nonmetric multidimensional scaling (MDS) were used to identify species groups and/or sampling groups. The BIO-ENV routine was used to relate the biological patterns to the environmental pattern. Values of salinity were higher in winter and spring, and were lower in summer and autumn, because the estuary receives relatively high inputs of freshwater of the rain. A total of 13802 specimens of teleostean fishes were collected, weighing 210.662,2g, belonging to 53 species. The ichthyofauna was composed of marine and estuarine-related species. Eight species constituted 86% of the capture in number and 87,4% in weight. The results showed that only the species richness and species richness of margalef differed significantly among seasonal samples. The TWINSPAN analysis separated two samples groups and two species groups those were formed because the distinct pattern of EXT area. The MDS ordination plot three spatial groups of samples: G1- was formed by samples from the internal area (A3) with the summer/autumn samples from A2 area; G2 ? was formed by the samples from A1 area with the winter/spring samples from A2 area. The third group (G3) was formed by samples with the dominance of Achirus lineatus. The factors, environmental pH, temperature and sand, seem to have an influence in the structure of the fauna patterns. The most important species were Genidens genidens, G. barbus, Bairdiella ronchus, Achirus lineatus e Trinectes paulistanus. Among them, only Bairdiella ronchus and Achirus lineatus were represented by adult specimens. Genidens Genidens, G. barbus and Trinectes paulistanus were represented by high proportions of juvenile individuals in the estuary. Diets of those five species were investigated based on the stomach contents. Achirus lineatus and Trinectes paulistanus fed mainly on Polychaeta; Genidens barbus and Bairdiella ronchus ingested Dendrobranchiata and Teleostei, and a great number of benthic invertebrates composed the diet of Genidens genidens. They presented partial diet overlap, and to avoid this, they occupied different areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
area_monica.pdf (84.50 Kbytes)
CAPA.pdf (205.58 Kbytes)
Discussao_Monica.pdf (172.97 Kbytes)
REFERENCIAS_Monica.pdf (117.41 Kbytes)
Resultados_Monica.pdf (180.61 Kbytes)
RESUMO_Monica.pdf (98.96 Kbytes)
Data de Publicação
2007-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.