• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Márcia Noélia Eler
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 1996
Orientador
Banca examinadora
Matsumura-Tundisi, Takako (Presidente)
Espíndola, Evaldo Luiz Gaeta
Rocha, Antonio José Andrade
Título em português
Influência do Pacu (Piaractus mesopotamicus, HOLMBERG, 1887) e do fluxo contínuo de água nas características limnológicas de viveiros de piscicultura
Palavras-chave em português
Diversidade de espécies
Ecologia de viveiros
Fitoplâncton
Zooplâncton
Resumo em português
Realizou-se, no Centro de Pesquisa e Treinamento em Aquicultura - CEPTA/IBAMA, em Pirassununga/SP, entre 28 de junho e 12 de agosto de 1991, um experimento com o objetivo de avaliar a influência de juvenis de Pacu (Piaractus mesopotamicus, HOLMBERG, 1887) nas características limnológicas da água. Avaliou-se também o impacto do fluxo contínuo de água nas comunidades planctônicas e na qualidade de água do viveiro. O experimento foi conduzido em dois viveiros retangulares escavados, com área útil de 350 m2, 1% de declividade, com abastecimento de água individual feito através de canaletas de concreto a céu aberto. A água de abastecimento foi proveniente da represa Velha (área de 5ha.), alimentada pelo córrego da Barrinha. Os viveiros foram abastecidos com um volume de 277 m3 de água, atingindo uma profundidade máxima de 1,2 m. Esses viveiros foram tratados com 50 g/m2 de calcário dolomítico e 200 g/m2 de esterco fresco de bovino, sendo que um serviu como controle e o outro foi povoado com pacu. No viveiro com Pacu foi feito arraçoamento diário com 1050 g de ração comercial. As amostras de água dos viveiros foram coletadas no período de 28 de junho a 12 de agosto de 1991, em intervalos que variaram de 2 a 3 dias. Foram monitoradas as seguintes variáveis limnológicas: temperatura, pH, transparência da água, material em suspensão, alcalinidade, dureza, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido, nitrito, nitrato, amônia, fosfato total, fosfato dissolvido, fósforo inorgânico, silicato reativo, fitoplâncton, produção primária do fitoplâncton, clorofila a, zooplâncton e conteúdo estomacal dos juvenis de Pacu. A presença do Pacu no viveiro afetou a qualidade da água, elevando as concentrações de nutrientes e contribuindo para a diminuição das concentrações de oxigênio dissolvido. Com isto, a produção primária bruta foi, em média, mais elevada no viveiro com Pacu do que no controle. O fluxo contínuo de entrada e saída de água também afetou a qualidade da água dos viveiros, principalmente em relação à concentração de oxigênio dissolvido. O sinergismo entre o fluxo de água e a presença do Pacu contribuiu para que houvesse uma pertubação nas comunidades planctônicas em desenvolvimento nos viveiros. A comunidade do fitoplâncton esteve dominada pelas clorofíceas, principalmente pelas desmidiáceas. A densidade do fitoplâncton foi mais elevada no viveiro com Pacu. Durante todo o experimento, os cladóceros foram bem sucedidos em ambos os viveiros, o que não aconteceu com os rotíferos e nem com os copépodos. A alta densidade populacional dos cladóceros provavelmente deve ter influenciado na densidade de rotíferos no viveiro com Pacu, pois as duas populações mostraram relação inversa. Os copépodos contribuíram com uma espécie filtradora, sendo que as demais eram capturadoras. Os Cyclopoida foram mais abundantes no viveiro com Pacu. Na análise do conteúdo estomacal foram encontrados os seguintes itens alimentares: ração, sementes, gramas, plâncton, animais bentônicos e detritos. Os itens do plâncton mais freqüentes foram: zooplâncton (ovos de copépodos, ovos de rotíferos, larvas de chironomideo e restos de zooplâncton parcialmente digeridos) e fitoplâncton (Eunotia hexasghliphis e Scenedesmus quadricauda).
Título em inglês
The influence of Pacu (Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887) and continuous water flow on limnological characteristics of fishponds
Palavras-chave em inglês
Diversity of species
Ecology of fishponds
Fitoplankton
Zooplankton
Resumo em inglês
An experiment to evaluate the influence of young forms of Pacu (Piaractus mesopotamicus HOLMBERG, 1887) on limnological characteristics of water was conducted at Centro de Pesquisa e Treinamento em Aquicultura - CEPTA/IBAMA, located in Pirassununga, SP, Southeastern Brazil, from 06/28 until 08/12/1991. The impact of continuous water flow on the planktonic communities and water quality was also evaluated. The experiment was performed in two fishponds with 350 m2, 1.2 m of depth and 1% of declivity. Water supply came from open channels from Represa Velha (50.000 m2), that was supplied from Barrinha stream. The fishponds received 277 m3 of water, 50 g/m2 of dolomitic calcareous and 200 g/m2 of fresh manure. One fishpond was kept as a control and the other received young forms of Pacu that were fed daily with 1050 g of commercial feed. Samplings were carrired out from June, 28 to August, 12 at two or three days of intervals. Temperature, pH, water transparency, suspended materials, alkalinity, hardness, electrical conductivity, dissolved oxygen, nitrites, nitrates, ammonia, total phosphate, dissolved phosphate, inorganic phosphorus, reactive silicate, phytoplankton, primary production of phytoplankton, chlorophyll a, zooplankton and stomach contents analysis of young forms of Pacu were obtained as limnological variables. The presence of Pacu in the fishponds affected water quality by increasing nutrients concentration and contributing to the decrease of dissolved oxygen. Thus the primary production was higher in this system than in the control. The continuous incoming and outcoming water flow affected water quality on fishponds, mainly in relation to concentration of dissolved oxygen. Synergistic effect between water flow and presence of Pacu contributed to changes in the developing planktonic communities in the fishponds. The planktonic communities were dominated by Chlorophyta, mainly desmids. The phytoplankton density differed between the two fishponds, being higher in the one with Pacu. During the experiment, the Cladocera was successful in both fishponds, but this did not occur with Rotifera and Copepoda. The success of Cladocera probably controlled the density of Rotifera in the water. One of Copepoda was a filtering specie and the others were predators. The Cyclopoida was more abundant in the fishpond with Pacu than in the control. Stomachal content analysis showed: ration, seeds, grass, plankton, bentonic animals and detritus. The most frequent items of plankton were zooplankton (eggs of Copepoda, eggs of Rotifera, Chironomideo larvae and zooplankton partially digested) and phytoplankton (Eunotia hexaghliphis and Scenedesmus quadricauda).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.