• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2008.tde-05122008-151614
Documento
Autor
Nome completo
Danielli Cristina Granado
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2008
Orientador
Banca examinadora
Henry, Raoul (Presidente)
Bicudo, Carlos Eduardo de Mattos
Calijuri, Maria do Carmo
Talamoni, Jandira Liria Biscalquini
Tucci, Andréa
Título em português
Influência da variação hidrométrica na comunidade fitoplanctônica na região de transição rio Paranapanema: reservatório de Jurumirim (SP)
Palavras-chave em português
Distúrbio
Fitoplâncton
Lagoas marginais
Variação hidrométrica
Resumo em português
Com o objetivo de compreender a influência da variação hidrométrica na estrutura da comunidade fitoplanctônica do rio Paranapanema e de três lagoas laterais (Camargo, Coqueiral e Cavalos), com diferentes níveis de associação com o curso de água, localizadas na zona de transição com a Represa de Jurumirim foram realizadas amostragens mensais na subsuperfície e no fundo dos ambientes, no período de julho de 2004 a julho de 2005. De 11 de novembro de 2004 a 10 de fevereiro de 2005, as coletas subsuperficiais passaram a ser realizadas duas vezes na semana, totalizando 27 amostragens. Foram obtidos dados de precipitação e de temperatura do ar e da água e realizadas análises físicas e químicas na água (transparência da água, extensão da zona eufótica, coeficiente de atenuação da luz, condutividade elétrica, alcalinidade, oxigênio dissolvido, pH, nutrientes totais e dissolvidos e velocidade da correnteza no rio) e da comunidade (clorofila mais feofitina, riqueza, freqüência de ocorrência, densidade, biovolume, diversidade, equidade, dominância, estrutura de tamanho dos organismos, espécies descritoras dos ambientes e taxa de modificação da comunidade). Em função da variação hidrométrica, cinco períodos foram definidos: vazante de 2004 (julho a setembro de 2004), estiagem (outubro a dezembro), enchente (janeiro e fevereiro), cheia (março e abril) e vazante de 2005 (maio, junho e julho de 2005). As lagoas Camargo e Coqueiral, por estarem permanentemente associadas ao Rio Paranapanema apresentaram variação similar entre si, seguindo o mesmo padrão do curso de água, em relação as variáveis físicas e químicas, com exceção do oxigênio dissolvido. A lagoa dos Cavalos, por ser um ambiente isolado e de dimensões menores apresentou uma dinâmica distinta dos outros corpos de água. A comunidade fitoplanctônica da região de desembocadura do rio Paranapanema no Reservatório de Jurumirim no ano de estudo foi composta por 180 táxons, dos quais a classe Chlorophyceae foi responsável por mais de 40% do total. A variação sazonal do fitoplâncton (densidade, biovolume, diversidade) pode ser atribuída, principalmente, a flutuação do nível hidrométrico nos ambientes estudados. O período de estiagem foi caracterizado por baixas densidades e biomassas (mas as menores foram registradas no início da vazante de 2004) e elevados valores de diversidade. Nas fases de enchente e cheia ocorreram altas densidades e biomassas, representadas, especialmente, pela classe Cryptophyceae (Cryptomonas brasiliensis) e níveis intermediários de diversidade. A lagoa dos Cavalos apresentou um padrão similar de variação dos atributos da comunidade, mas com valores de diversidade e densidade duas vezes mais elevados que os outros ambientes a partir do final da enchente e mantiveram-se altos até vazante de 2005. No estudo intensivo, uma fase considerada como de equilíbrio da comunidade foi detectada apenas na lagoa dos Cavalos, através do predomínio de Aphanocapsa spp. durante aproximadamente cinco semanas. A partir daí, a biomassa dessa espécie foi reduzida e Cryptomonas brasiliensis predominou com mais de 40% da biomassa total por duas coletas, após a ocorrência de um súbito aumento no nível hidrométrico, que desestabilizou a comunidade, favorecendo o desenvolvimento dessa espécie oportunista que, em seguida foi substituída por Botryococcus braunii. A seguir, houve aumento da diversidade do fitoplâncton. Assim, parece que o estágio maduro do ecossistema foi alterado e a sucessão revertida a estágios iniciais, visto o desenvolvimento de espécies pioneiras (R-estrategistas), seguido de aumento da diversidade fitoplanctônica. Nos outros ambientes, Cryptomonas brasiliensis também apresentou picos de crescimento ao longo do estudo, sendo relacionados a eventos de precipitação e/ou vento. Sem a interferência antrópica, caracterizada pelo manejo da barragem de Jurumirim, provavelmente, a comunidade fitoplanctônica teria mais tempo para se auto-organizar durante a limnofase desencadeando uma sucessão verdadeira nas Lagoas Camargo e Coqueiral. A inundação, então, funcionaria como um distúrbio intermediário elevando as diversidades. Aparentemente, nas condições atuais, a inundação tem ocasionado apenas um distúrbio de baixa intensidade, sem resultar em diversidade máxima, devido à constante entrada de água nas lagoas conectadas ao longo do ciclo sazonal. No entanto, na lagoa dos Cavalos (ambiente isolado), o aumento substancial do volume de água no final de janeiro de 2005 pode ser considerado uma perturbação de intensidade intermediária, visto os elevados valores de diversidade e riqueza do fitoplâncton encontrados após a enchente, que foram os mais elevados deste ambiente durante o período de estudo.
Título em inglês
Influence of the hidrometric variation in the phytoplankton in the transition zone Paranapanema river: Jurumirim reservoir (SP)
Palavras-chave em inglês
Disturbance
Hidrometric variation
Lateral lakes
Phytoplankton
Resumo em inglês
With objective of understanding the influence of the hidrometric variation in the structure of phytoplankton community form Paranapanema river community fitoplanctônica and of three lateral lakes (Camargo, Coqueiral and Cavalos) with different association levels with the course of water, located in the transition area with the Dam of Jurumirim monthly samplings were accomplished in the subsuperfície and in the bottom of the atmospheres, in the period of July of 2004 to July of 2005. Of November 11, 2004 on February 10, 2005, the collections subsuperficiais passed to be accomplished twice in the week, totaling 27 samplings. With the samples physical and chemical analyses were accomplished (temperature of the air and of the water, precipitation, transparency of the water, electric conductivity, alkalinity, dissolved oxygen, pH, nutrients presents and speed of the current in Rio) and biological (chlorophyll more feofitina, wealth, composition, abundance, occurrence frequency, density, biovolume, diversity indices, dominance, equitability, structures of size of the organisms and tax of the community's modification). In function of the hidrometric variation, five periods were defined: falling of 2004 (July to September of 2004), low water (October to December), rising (January and February), high water (March and April) and falling of 2005 (May, June and July of 2005). The Lakes Camargo and Coqueiral, for they be permanently associated Rio Paranapanema presented a similar pattern amongst themselves and with the course of water, in relationship the physical and chemical variables, except for the dissolved oxygen. While the Cavaloss Lake, for being an isolated atmosphere and of smaller dimensions it presented a dynamics different from the other bodies of water. The phytoplankton community of the mouth zone of the Paranapanema River into the Reservoir of Jurumirim in the year of study was composed for 180 táxons, of the which the class Chlorophyceae was responsible for more than 40% of the total. The seasonal phytoplankton variation can be attributed, mainly, the fluctuation of the hidrometric level. The low water period was characterized by low densities and biomasses (but the smallest ones were registered in the beginning of the falling of 2004) and high diversity values. While the rising phases and high water presented high densities and biomasses, acted, especially, for the class Cryptophyceae (Cryptomonas brasiliensis) and, intermediate levels of diversity. The Cavaloss Lake presented a similar pattern in relation to variation of those attributes of the community, but with values twice higher than the other starting from the end of the rising; and that you/they stayed high even falling of 2005. As the diversity in that adapts, the values were larger of the end of the rising to the end of the high water and smaller in the falling periods. In the intensive study (samplings twice in the week), a phase that could be detected as of equilibrium it was just detected at the Cavaloss Lake through the presence of Aphanocapsa spp. during approximately five weeks, since then, the biomass of that species was reduced and Cryptomonas brasiliensis prevailed with more than 40% for two collections, characterized by the sudden increase in the hidrometric level, that destabilized the community, favoring that species opportunist's development, being substituted by a pick of elevation of the biomass of Botryococcus braunii, following by increase of the diversity. Like this, it seems that the clímax of the ecosystem was altered and the succession reverted to initial process, seen by the development of pioneering species (Rstrategist), following by increase of the diversity. In the other lakes, Cryptomonas brasiliensis also presented growth picks along the study, being related to precipitation events and/or wind. Without the antropic interference, characterized by the handling of the dam of Jurumirim, probably, the phytoplankton community would have more time to solemnity-organize during the limnofase unchaining a true succession in the Lakes Camargo and Coqueiral. The hidrologic pulse then, would work as an intermediate disturbance elevating the diversities. Seemingly, in the current conditions, the flood has just been causing a disturbance of low frequency, without resulting in maximum diversity, due to constant entrance of water in the connected ponds along the seasonal cycle. However, in the Cavaloss Lake, isolated, the substantial increase of the volume of water in the end of January of 2005 a disturbance of intermediate intensity can be considered, seen the high diversity values and wealth found after the inundation, that you/they were the highest of this lakes during the study period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.