• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2014.tde-03032015-084021
Documento
Autor
Nome completo
Danieli Delello Schneider
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2014
Orientador
Banca examinadora
Espíndola, Evaldo Luiz Gaeta (Presidente)
Matos, Dalva Maria da Silva
Morel, Maria Beatriz Bohrer
Rodgher, Suzelei
Vieira, Bruna Horvath
Título em português
Efeitos dos metais cobre e zinco no desenvolvimento e capacidade bioacumuladora de Pistia stratiotes e Azolla filiculoides em condições nutricionais diferenciadas
Palavras-chave em português
Bioacumulação
Ecotoxicologia
Fósforo
Macrófitas
Metais
Resumo em português
O crescente desenvolvimento populacional, industrial e a expansão agrícola vêm contribuindo de forma significativa para o aporte de nutrientes e metais nos ecossistemas aquáticos, interferindo na composição e estrutura das comunidades, dentre elas as macrófitas, ocasionando desequilíbrio ambiental, com perda das funções e serviços ecossistêmicos. Entre os diversos elementos inseridos de forma direta e indireta nos corpos hídricos, destacam-se fósforo, cobre e zinco, os quais, apesar de serem fundamentais para o metabolismo biológico, quando em excesso tornam-se prejudiciais, requerendo avaliações mais efetivas, de forma a melhor compreender e prevenir os potenciais riscos da exposição biológica a estes elementos estressores. Considerando o acima exposto, o objetivo da presente pesquisa foi avaliar o efeito do metal cobre sobre o desenvolvimento da macrófita Pistia stratiotes e o efeito dos metais cobre e zinco sobre o desenvolvimento e capacidade bioacumuladora da macrófita Azolla filiculoides, em diferentes concentrações de fósforo, por meio de testes ecotoxicológicos. Para tanto, aspectos nutricionais (nitrogênio, fósforo, cobre total e clorofila a e total) e de desenvolvimento (biomassa, TCR, número de folhas nascidas, ganho de diâmetro, altura e largura foliar, número de raízes nascidas, comprimento das raízes principais, clorose e necrose foliar) foram avaliados em estudos laboratoriais para P. stratiotes e aspectos nutricionais (todos acima citados) e de desenvolvimento (biomassa e TCR) para A. filiculoides. Pelos resultados obtidos verifica-se que os metais cobre e zinco, nas concentrações testadas, ocasionaram interferência no desenvolvimento e nutrição das macrófitas, sendo a maior sensibilidade ao cobre observada para P. stratiotes, registrando-se efeitos de maior toxicidade do cobre em relação ao zinco em ambas as macrófitas. Verificou-se, ainda, que o fósforo proporcionou maior proteção a A. filiculoides contra o efeito dos metais conforme o aumento de sua concentração e já no teste ecotoxicológico com P. stratiotes não foram registradas diferenças significativas em função do aumento das concentrações de fósforo. Dessa maneira, conclui-se que o metal cobre causou maior toxicidade às macrófitas do que o zinco, principalmente em concentrações mais baixas de fósforo, verificando-se maior capacidade bioacumuladora da espécie A. filiculoides quando comparada com P. stratiotes.
Título em inglês
Effects of copper and zinc in the development and bioaccumulating ability of Pistia stratiotes and Azolla filiculoides on different nutritional conditions
Palavras-chave em inglês
Bioaccumulation
Ecotoxicology
Macrophytes
Metals
Phosphorus
Resumo em inglês
The increasing population and industrial growth and the agricultural expansion have contributed significantly to the supply of nutrients and metals in aquatic ecosystems, affecting the composition and structure of communities, among them the macrophytes, causing environmental imbalance, with loss of ecosystem functions and services. Among the various elements inserted directly and indirectly on water bodies, phosphorus, copper and zinc stand out, which, despite being fundamental to the biological metabolism, when in excess become harmful, and assessments that are more effective are required to better understand and prevent the potential risks of biological exposure to these stressors. Considering the above, the objective of this research was to evaluate the effect of copper metal on the development of the macrophyte Pistia stratiotes and the effect of copper and zinc metals on the development and the bioaccumulation capacity of the macrophyte Azolla filiculoides, in different concentrations of phosphorus, through ecotoxicological tests. To do that, nutritional (nitrogen, phosphorus, copper total and chlorophyll a and total) and development (biomass, RGR, number of leafs born, diameter gain, leaf height and width, number of roots born, length of the main roots, leaf chlorosis and necrosis) aspects were evaluated in laboratory studies for P. stratiotes and nutritional (all above) and development (biomass and RGR) aspects for A. filiculoides. From the results obtained it appears that the metals copper and zinc, on the tested concentrations, caused interference in the development and nutrition of the macrophytes, where more sensitivity to copper was observed for P. stratiotes, and the effects of enhanced toxicity of copper relative to zinc in both macrophytes. It was also found that the phosphorus provided greater protection to A. filiculoides against the effects of metals as its concentration was increased and, on the ecotoxicological test with P. stratiotes, no significant differences where found with the increasing concentrations of phosphorus. Thus, it is concluded that the copper metal has caused more toxicity to macrophytes than zinc, especially at lower concentrations of phosphorus, and was verified a greater bioaccumulation capacity on the A. filiculoides species when compared to P. stratiotes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.