• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Filipe Biaggioni Quessada Gimenes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2013
Orientador
Banca examinadora
Augusto Filho, Oswaldo (Presidente)
Lorandi, Reinaldo
Reis, Fábio Augusto Gomes Vieira
Título em português
Mapa de fragilidade ambiental: conceituação e aplicação em um setor do oleoduto São Paulo - Brasília (OSBRA)
Palavras-chave em português
Fragilidade ambiental
Oleoduto OSBRA
Processo de Análise Hierárquica (AHP)
Sistema de Informação Geográfica (SIG)
Resumo em português
Atualmente existem diferentes definições para o conceito de fragilidade ambiental, o que dificulta sua aplicação e a comparação entre os resultados de diferentes métodos. Este trabalho realiza uma revisão bibliográfica sistemática a cerca desse conceito e adota a definição considerada mais adequada. Com base na definição adotada foi proposto e aplicado um método para avaliar a fragilidade ambiental de uma área de estudo. Esse método utiliza pesos para ponderar os diferentes atributos (meio físico, biótico e socioeconômico) envolvidos na análise de fragilidade ambiental, que são definidos com a aplicação do Processo de Análise Hierárquica (AHP). O método proposto também se fundamenta na utilização de um programa de Sistema de Informação Geográfica (SIG) para a estruturação da base de dados, a realização das análises espaciais e a ponderação dos mapas necessários. A área de estudo corresponde a um setor do oleoduto São Paulo – Brasília (OSBRA), com extensão de 18,5 km e largura de 2 km (área total de 83,99 km²) e utilizou-se uma base cartográfica digital na escala 1:10.000. Foram realizadas vistorias de campo para levantar pontos de observação de superfície e para coletar amostras de solo. Realizaram-se ensaios geotécnicos, químicos e mineralógicos com as amostras coletadas. A aplicação do método consistiu na geração de mapas de suscetibilidade intermediários, que combinados geraram o mapa de fragilidade ambiental. Foi importante a utilização do método AHP, pois ele reduz a subjetividade das ponderações qualitativas realizadas. Os resultados obtidos esclarecem a definição do conceito de fragilidade ambiental, além de mostrar a importância da seleção e ponderação dos atributos utilizados no método. O mapa final gerado também permitiu avaliar a sensibilidade do método e seu potencial de aplicação prática.
Título em inglês
Environmental fragility map: concept and aplication in São Paulo - Brasília oil pipeline (OSBRA)
Palavras-chave em inglês
Analytic Hierarchy Process (AHP)
Environmental fragility
Geographical Information System (GIS)
OSBRA oil pipeline
Resumo em inglês
Currently there are different definitions to the concept of environmental fragility; it complicates its application and makes difficult to compare between different methods. This work addresses the main definitions to this concept and adopts the one considered the most proper. Based in the adopted definition it was proposed a method to evaluate the environmental fragility of a study area. This method applies weights to the different attributes (physical, biotic and socioeconomic) related to the environmental fragility analysis, which are assigned using the Analytic Hierarchy Process (AHP). The method also uses Geographic Information System (GIS) software to structure the database, to conduct the spatial analysis and to assign weights to the maps. The study area is a sector of the São Paulo – Brasília oil pipeline (OSBRA), covering 18.5 km length and 2 km wide (total area of 83,99 km²) and it was used a digital cartographic map at the scale of 1:10,000. Field trips were made to obtain surface observation points and to collect soil samples. Geological and geotechnical tests, mineralogical tests and chemistry analysis were conducted with the soil samples. The method application consists in generating intermediates susceptibility maps, that were combined to generate the environmental fragility map. It was important to use the AHP method, because it reduces the subjectivity of the qualitative weight assignment. The obtained results elucidate the environmental fragility concept and show the importance of the selection and weight assignment of the attributes used in the method. Moreover, the final map provided to evaluate the method sensitivity and its potential of practical application.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.