• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Regina Affonso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Luiz Carlos Conti de (Presidente)
Figueiredo, David Livingstone Alves
Montoro, José Raphael de Moura Campos
Peria, Fernanda Maris
Ricz, Hilton Marcos Alves
Título em português
Análise dos fatores de risco no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço: tabagismo e HPV
Palavras-chave em português
Neoplasias de cabeça e pescoço
papilomavírus humano, carcinoma de células escamosas
Resumo em português
Introdução: O câncer de cabeça e pescoço vem aumentando sua incidência, sendo o quinto tipo de câncer mais comum e a sexta causa de morte por câncer no mundo, portanto é causa importante de morbimortalidade da população. O entendimento dos fatores de risco como tabagismo, etilismo e infecção pelo papilomavirus (HPV) é de fundamental importância, tanto para ações de prevenção e controle da doença, bem como avaliação de fatores prognósticos e terapêuticos. Objetivos: O presente estudo visa analisar as características clínicas, buscar o principal sítio anatômico tumoral e avaliar os fatores prognósticos entre os pacientes tabagistas ou não, e portadores ou não do HPV, que foram tratados cirurgicamente. Casuística e Métodos: Foram analisadas as variáveis clínicas e prognósticas dos grupos de pacientes tabagistas, não tabagistas, HPV negativo e HPV positivo. A amplificação do DNA viral, detecção e genotipagem do HPV se deu através da extração do DNA total a partir de blocos parafinados. Resultados: A amostra total foi composta por 399 pacientes, sendo que 266 eram tabagistas, 33 não tabagistas, e desses últimos, cinco eram HPV positivo. Houve diferença estatística em relação sexo, sendo que para o tabagista o predomínio foi do sexo masculino e para o HPV positivo foi o feminino. O paciente tabagista apresentou-se mais jovem (média 57,9 anos) que o não tabagista (média 64,1 anos). O sítio anatômico mais comum para os tabagistas foi a laringe e para o HPV positivo foi a cavidade oral e orofaringe. O tempo livre de doença foi de 63,6 meses para os tabagistas, 31,3 meses para os não tabagistas e 29,3 meses para os HPV positivo, havendo diferença quanto às curvas de sobrevidas livre da doença dos fumantes e não fumantes. Dos pacientes que foram á óbito pela neoplasia, o paciente HPV positivo foi o que apresentou menor tempo de sobrevida. Não houve diferença estatística entre os grupos quanto às curvas de sobrevidas global e da doença. Discussão: Apesar da literatura mostrar que o paciente não tabagista e o paciente HPV positivo geralmente serem mais jovens e apresentarem melhor prognóstico do que os típicos pacientes tabagistas, isso não foi observado nesse estudo, pois o paciente não tabagista apresentou-se com mais idade ao diagnóstico da doença e com pior prognóstico que o tabagista, e o paciente HPV positivo apresentouse com menor tempo até o óbito pela doença quando comparado ao paciente tabagista. Conclusões: O câncer nos pacientes tabagistas acometeu mais o sexo masculino, localizou-se principalmente na laringe e apresentou melhor prognóstico quando comparado aos não tabagistas. O câncer nos pacientes HPV positivo acometeu mais o sexo feminino e localização tumoral foi principalmente a cavidade oral e a orofaringe.
Título em inglês
Analysis of risk factors in squamous cell carcinoma of head and neck: smoking and HPV
Palavras-chave em inglês
head and neck neoplasms
human papillomavirus
squamous cell carcinoma
Resumo em inglês
Introduction: Head and Neck cancer has been increasing its incidence, and it is the fifth most common type of cancer and the sixth leading cause of cancer death in the world, so it is an important cause of morbidity and mortality of the population. Understanding the risk factors such as smoking, alcohol use and papillomaviruses (HPV) infection is of fundamental importance, both for prevention and control of disease like for assessment of prognostic and therapeutic factors. Objectives: This study aims to analyze the clinical, seek the main site anatomical of the tumor and evaluate the prognostic factors among smokers or not, with the presence or absence of the HPV, which were surgically treated. Methods: The variables clinical and prognostic were analyzed in the groups of smokers, nonsmokers, HPV negative and HPV positive. The amplification of viral DNA, detection and genotyping of the HPV were made through the extraction of total DNA from paraffin blocks. Results: The total sample consisted of 399 patients, 266 were smokers, 33 nonsmokers, and this latter group had five patients HPV positive. There was statistical difference regarding sex, for smokers the prevalence was male and for HPV positive was female. The smoker patient was younger (mean 57.9 years) than the non-smoker (mean 64.1 years). The most common anatomic site for the smokers was the larynx and for the HPV positive was the oral cavity and oropharynx. The diseasefree interval was 63.6 months for smokers, 31.3 months for nonsmokers and 29.3 months for HPV positive, with difference between free disease survival curves of the smokers and nonsmokers. Of the patients who died by disease, HPV positive patient showed the shorter survival. There was no statistical difference between the groups in terms of overall survival curves and of the disease. Discussion: Although the literature show that the nonsmoker patient and HPV positive patients are generally younger and present a better prognosis than the typical smokers, this was not observed in this study because the nonsmoker patient presented with more age at diagnosis of disease and a worse prognosis than the smoker, and the HPV positive patient presented with shorter survival of the disease when compared to smoking patients. Conclusions: The cancer in smokers affected more males, was located mainly in the larynx and showed better prognosis when compared to nonsmokers. The cancer in patients positive HPV affected more females and tumor location was mainly oral cavity and oropharynx.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.