• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2009.tde-19082009-124511
Documento
Autor
Nome completo
Jane Moraes Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Erikson Felipe (Presidente)
Loureiro, Sonia Regina
Luis, Margarita Antonia Villar
Título em português
Crenças e expectativas sobre uso de álcool: avaliação do efeito do treinamento em intervenções breves
Palavras-chave em português
Álcool
Atenção primária
Crenças
Expectativas
Intervenções breves
Treinamento.
Resumo em português
INTRODUÇÃO: As Estratégias de Diagnóstico e Intervenções Breves (EDIB) propostas pela Organização Mundial de Saúde são consideradas efetivas para o diagnóstico e prevenção dos agravos decorrentes do uso do álcool. Atitudes, crenças e expectativas dos profissionais de saúde em relação ao uso de álcool influenciam o efeito destas novas propostas. OBJETIVO: Este trabalho propõe a avaliação do efeito do treinamento em EDIB sobre as crenças e expectativas a respeito do uso de álcool. MÉTODOS: O estudo é do tipo observacional, transversal, comparativo, sobre uma amostra de 88 profissionais da atenção primária à saúde, provenientes de Ribeirão Preto e região, que concordaram em participar da pesquisa conforme os procedimentos éticos recomendados, treinados pelo Programa de Ações Integradas para Prevenção e Atenção ao Uso de Álcool e Drogas na Comunidade (PAIPAD) no período de 2003 a 2006. Os dados foram coletados através de questionários individuais aplicados antes do treinamento e no período de 4 a 6 meses depois. Os questionários incluíram um formulário sócio-demográfico, o Teste de Conhecimento sobre álcool e Intervenções Breves (IB), o Inventário de Expectativas e Crenças Pessoais acerca do Álcool (IECPA) e um formulário de estimativas sobre o uso do AUDIT (Alcohol Use Disorder Identification Test) e das IB. A amostra foi caracterizada quanto à prática e preparação profissional na atenção primária, papel, atitudes e crenças dos profissionais em relação aos problemas relacionados ao uso de álcool ou outras drogas pelos seus pacientes. RESULTADOS: No Teste de Conhecimento sobre álcool e Intervenções Breves, a pontuação média foi maior após o treinamento, passando de 4,1 para 5,57(Wilcoxon Test: z= -4,936; p 0,001). Os resultados médios do IECPA passaram de 93,45 pontos na fase pré para 78,74 pontos na fase pós-treinamento (Wilcoxon, z=-4,138; p 0,001). Através do teste de Spearman observou-se tendência à correlação positiva entre a aquisição de conhecimento e as variações no IECPA (p=0,095); o nível de conhecimento pré-treinamento e as estimativas de realização de EDIB(p=0,082); as estimativas de aplicação de AUDITS e o intervalo de tempo(p=0,009). As variações do IECPA se correlacionaram positivamente com as expectativas de aplicação de EDIB (Nonparametric Chi-Square: p=0,053). No Teste de Conhecimento, o nível médio (incompleto e completo) apresentou menor nível de aproveitamento que os outros níveis de escolaridade. As maiores variações no IECPA foram observadas entre os profissionais de nível de escolaridade superior (incompleto e completo). Os profissionais com ocupações de nível superior apresentaram maiores variações positivas quanto ao conhecimento que os de nível técnico, e maior redução na pontuação do IECPA. CONCLUSÕES: A estratégia de formação oferecida pelo PAIPAD foi efetiva, promovendo mudanças nas crenças e expectativas da equipe sobre uso de álcool, interferindo positivamente na conduta preventiva dos profissionais treinados junto aos pacientes.
Título em inglês
Beliefs and expectations about alcohol use: evaluation of the effect of training in brief interventions.
Palavras-chave em inglês
Alcohol
Beliefs
Brief interventions
Expectations
Primary care
Training
Resumo em inglês
BACKGROUND: The Strategies of Screening, Brief Intervention and Referral to Treatment (SBIRT) proposed by World Health Organization (WHO) are considered effective to perform the diagnosis and the prevention of damage caused by alcohol. Attitudes, beliefs and expectations of health professionals in relation to alcohol use have influence over the effect of these new proposals. OBJECTIVE: This study aimed at evaluating the effect of training in SBIRTs on the beliefs and expectations of professionals about the alcohol use. METHODS: The study is observational, cross-sectional and comparative, with a sample of 88 professionals of primary care, from Ribeirão Preto and region, who agreed to participate following ethical procedures, trained by Program of Integrated Action for Prevention and Attention to Alcohol and Drug Use in the Community (PAIPAD), in period from 2003 to 2006. Data were collected through individual questionnaires applied before the training and in the period from 4 to 6 months later. The questionnaires included a socio-demographic inventory, the Test of Knowledge about alcohol and brief interventions (IB), the Inventory of Positive Expectations and Beliefs about Alcohol (IECPA) and an inventory of estimates on the use of the AUDIT (Alcohol Use Disorder Identification Test) and brief interventions. The sample was characterized in relation to the practice and professional preparation in primary care, the professional role in primary care and attitudes and beliefs of professionals about problems related to alcohol or other drugs for their patients. RESULTS: In the Test of Knowledge about alcohol and brief interventions, the average score was higher after the training, increasing from 4.1 to 5.57 (Wilcoxon test: z =- 4.936, p0001). The IECPA average changed from 93.45 points to 78.74 points after intervention, in the post-training (Wilcoxon, z =- 4.138, p0001). A trend toward positive correlation between the acquisition of knowledge and changes in IECPA (p = 0,095) was found (Spearman test), as well the level of pre-training knowledge and estimates of conducting SBIRTs (p = 0,082), estimates of implementing AUDIT and the time (p = 0,009). In the Test of Knowledge, the intermediate level of schooling (complete and incomplete) showed lower score than the others. Variations of IECPA correlated positively with the expectations of applying SBIRTs (Nonparametric Chi-Square: p = 0,053). The highest changes in IECPA were seen among higher level professionals (complete and incomplete). The professionals of higher-level occupations showed bigger positive changes in knowledge than workers of technical level and higher reduction in scores of IECPA. CONCLUSIONS: The strategy of training offered by PAIPAD was effective, promoting changes in beliefs and expectations of the team about alcohol use, interfering positively in the preventive attitudes of trained professionals with the patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.