• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-17042018-153718
Documento
Autor
Nome completo
Humberto de Oliveira Simões
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Erikson Felipe (Presidente)
Resende, Luciana Macedo de
Tumas, Vitor
Título em português
Avaliação da função auditiva em escolares expostos ao álcool na gestação
Palavras-chave em português
Audição
Criança
Percepção Auditiva
Potencial Evocado Auditivo
Transtorno do Espectro Alcoólico Fetal
Resumo em português
Introdução: O consumo de bebidas alcoólicas por gestantes acarreta alterações de formação e de desenvolvimento fetal, incluindo alterações estruturais e funcionais do Sistema Nervoso Central. Os comprometimentos sensoriais de crianças expostas ao álcool na gestação, como a audição, são uma das morbidades relatadas nesta população. A ocorrência de alteração da sensitividade auditiva é melhor conhecida, mas o envolvimento do sistema nervosos auditivo central ainda carece de pesquisas. Objetivo: Estudar a função auditiva, periférica e central, em crianças em idade escolar com expostas ao álcool no período pré-natal. Métodos: Foram avaliadas 45 crianças, de ambos os gêneros, com 13 e 14 anos, provenientes do projeto INFANTO-ÁLCOOL, divididas em grupo exposto (GE) e não exposto (GNE) ao álcool na gestão. Foram realizadas audiometria tonal limiar, imitânciometria, emissões otoacústicas transientes (EOA-T), potencial evocado auditivo de tronco encefálico (PEATE) e o potencial evocado auditivo tardio, potencial evocado auditivo de longa latência (PEALL) e relacionado a eventos (PEARE), registrado em Cz e Pz. Foi realizada a análise comparativa entre grupos. Resultados: Apenas uma criança do GE apresentou perda auditiva unilateral do tipo mista, sendo os demais com limiares auditivos dentro da normalidade, com predominância de curva timpanomética do tipo "A" e presença de reflexo contralateral. Quanto ao funcionamento coclear e avaliação comportamental do processamento auditivo, não houve diferença entre grupos. Embora os resultados do PEATE tenham sido sugestivos de alteração na sincronia neural em nível de tronco encefálico, a diferença entre grupos não foi apontada. Para o PEALL, o GE apresentou menor amplitude de P2, na derivação Pz; no PEARE maiores amplitudes de P3a foram evidenciadas no GE, em Cz. Na comparação entre os eletrodos ativos foi possível constatar maior identificação da P3 com duplo pico para o eletrodo em Pz. Conclusão: O perfil de exposição fetal ao álcool em qualquer trimestre gestacional, esteve relacionado a alteração na sincronia neural em nível de tronco encefálico, bem como na identificação das componentes P2 e P3a.
Título em inglês
Assessment of auditory function in schoolchildren exposed to alcohol during pregnancy
Palavras-chave em inglês
Auditory Evoked Potential
Auditory Perception
Child
Fetal Alcohol Spectrum Disorders
Hearing
Resumo em inglês
Introduction: The consumption of alcohol by pregnant women causes abnormalities on fetal growth and development, including structural and functional changes in the Central Nervous System. The sensory impairments of children exposed to alcohol during pregnancy, such as hearing, are one of the morbidities reported in this population. The occurrence of change in hearing sensitivity is better known, but the auditory central nervous system involvement still needs more research. Objective: To study the hearing function, peripheral and central, in school-age children with exposed to alcohol prenatally. Methods: 45 children were assessed, of both genders, in age of 13 and 14 years, from INFANTO-ÁLCOOL project, allocated in two groups, exposed (EG) and not exposed (NEG) to alcohol during pregnancy. Following tests were performed: - pure tone audiometry, acoustic immittance, transient otoacoustic emissions (TOEA), brainstem auditory responses (ABR), late auditory evoked potentials, longlatency auditory evoked potential (LLAEP) and event-related (ERAP), registered in Cz and Pz, with comparative analysis between groups. Results: Only one child of EG had a unilateral mixed hearing loss, being the others participants found in the normal hearing thresholds, with predominance of timpanometric curve of type "A" and presence of contralateral acoustic reflex. Regarding the cochlear function and behavioral auditory processing assessment, there were no differences between groups. Although, the ABR results have been suggestive of change in neural synchrony brainstem level, the difference between groups was not confirmed. For the LLAEP, the EG showed lower amplitude of P2, in Pz deriving electrode; to the EARP P3a component had larger amplitudes in EG, in Cz. The comparison between the active electrode was possible to record a greater identification of the P3 components with double peak for the electrode in Pz. Conclusion: The profile of fetal exposure to alcohol in any trimester dates was related to change in neural synchrony in brainstem level as well as in the identification of P2 and P3a components.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.