• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-06042018-144650
Documento
Autor
Nome completo
Davi Lemos Reial Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lauretti, Gabriela Rocha (Presidente)
Engel, Edgard Eduard
Fogagnolo, Fabrício
Ingham, Sheila Jean Mcneill
Título em português
Avaliação do efeito antinociceptivo do bloqueio dos nervos geniculados para controle da dor crônica da articulação do joelho no paciente portador de osteoartrite
Palavras-chave em português
Bloqueio dos nervos geniculados
Dor de joelho
Osteoartrite de joelho
Resumo em português
A dor crônica de joelho secundária a osteoartrite é uma patologia comum com a progressão da idade e que vem aumentando sua prevalência a medida que se elevam a expectativa de vida e os índices de obesidade e sobrepeso. A consequência desses sintomas se reflete de maneira direta sobre a capacidade de realização de atividades diárias, a qualidade do sono e a capacidade laboral do indivíduo. O impacto psicológico, social e econômico da dor crônica de joelho representam um desafio de saúde pública, demandando tratamento eficiente e custo-efetivo. As terapias farmacológicas com frequência apresentam benefício limitado associado a diversos efeitos colaterais. Os procedimentos invasivos não cirúrgicos, como a injeção intraarticular de ácido hialurônico, representam uma alternativa em casos refratários ao tratamento clínico, sendo utilizados como terapia complementar, entretanto apresentam benefício limitado e insuficiente para o controle da dor em casos severos. Os procedimentos cirúrgicos, como a artroplastia total do joelho, habitualmente apresentam resultados satisfatórios na doença avançada, contudo são limitadas pelo seu alto custo, risco cirúrgico inerente e pequena capacidade resolutiva diante da alta prevalência. O bloqueio dos nervos geniculados é uma técnica recentemente descrita, de fácil realização e com mínima invasão necessitando ser estudada para que possa ser aplicada no manejo clínico. Neste estudo foram selecionados pacientes com osteoartrite moderada e severa, que apresentavam dor refratária ao tratamento clínico otimizado. Foram selecionados 16 pacientes e um total de 22 joelhos foram avaliados. Inicialmente todos os pacientes foram submetidos a um pré-teste que avaliava: 1) a intensidade da dor; 2) a qualidade do sono; 3) a capacidade de realização de atividades diárias. Aleatoriamente 2 grupos foram formados, o primeiro submetido ao bloqueio intra-articular e o segundo ao bloqueio dos nervos geniculados. A solução formada por: lidocaína 1% sem vasoconstrictor - 9 mL - 90 mg adicionada de Dexametasona - 1mL - 10 mg era padrão e utilizada nos dois grupos de intervenção. Após um seguimento semanal por 12 semanas consecutivas, os paciente foram reconvocados e submetidos ao outro procedimento proposto, dessa forma todos os pacientes atuaram como o seu próprio controle (desenho de estudo "crossover"). Nos seguimentos semanais, assim como no pré-teste, eram avaliados a intensidade da dor, a qualidade do sono e a capacidade de realização de atividades diárias. Os resultados mostraram que o bloqueio intra-articular e o bloqueio dos nervos geniculados apresentam redução importante da dor (p < 0,01), melhora na capacidade de realização de atividades diárias (p < 0,01) e melhora na qualidade do sono (p < 0,01), no entanto não houve diferença significativa no resultado entre os grupos estudados (p > 0,05). Conclui-se que o bloqueio dos nervos geniculados surge como uma alternativa segura, minimamente invasiva e de alta eficácia, apresentando resultados semelhantes ao bloqueio intra-articular.
Título em inglês
Evaluation of an antinociceptive effect for blocking genicular nerves for the control of chronic pain in the knee joints of a patient suffering from osteoarthritis
Palavras-chave em inglês
Blocking Genicular Nerves
Knee Osteoarthritis
Knee pain
Resumo em inglês
Chronic pain of the knee secondary to osteoarthritis is a common pathology, progressive with age and which increases its prevalence as life expectancy is raised together with obesity and overweight. A consequence of these symptoms is reflected directly on the capacity of undertaking daily activities, the quality of sleep and the work capacity of each individual. The psychological, social and economic impact of chronic knee pain represents a challenge to public health, demanding efficient treatment at a worthwhile cost. Pharmaceutical therapies frequently present a limited benefit associated with various side effects. Non-surgical invasive procedures such as an injection intra-articular of hyaluronic acid, represents an alternative in refractory cases to clinical treatment, being used as a complementary therapy, however, presenting limited and insufficient benefit for the control of pain in severe cases. Surgical procedures such as complete arthroplasty of the knee, usually presents satisfactory results in patients with an advanced osteoarthritis, but are limited by their high cost, inherent surgical risk and small resolving capability facing a high prevalence. Blocking the genicular nerves is a recently described technique, easily applied by clinical management. Patients were selected in this study with moderate and severe osteoarthritis, with refractory pain in optimized clinical treatment. 16 patients were selected and a total of 22 knees were evaluated. Initially all the patients were submitted to a pre-test which evaluated: 1) the intensity of pain; 2) the quality of sleep; 3) the capacity to undertake daily activities. Two groups were formed randomly, the first submitted to intra-articular blocking and the second to blocking the genicular nerves. A solution of lidocaine 1% without a vasoconstrictor - 9 mL - 90 mg and Dexametasona - 1 mL - 10 mg was standard and used for intervention in both groups. After a weekly appraisal for 12 consecutive weeks, the patients were recalled and submitted to another proposed procedure and in this way all the patients acted as their own control (a "crossover" study design). In the following weeks, as also in the pretest, the intensity of pain, the quality of sleep and the capacity of undertaking daily activities were evaluated. The results showed that the intra-articular block and the blocking of the genicular nerves presented an important reduction of pain (p<0,01) but there was no significant difference in the result between the groups studied (p>0,05). It is therefore concluded that the blocking of the genicular nerves appears as a safe alternative, minimally invasive and highly efficient, presenting results similar to the intra-articular blocking.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.