• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-02042018-112204
Documento
Autor
Nome completo
Bruna Leonel Carlos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Shimano, Antonio Carlos (Presidente)
Mandarano Filho, Luiz Garcia
Okubo, Rodrigo
Volpon, José Batista
Título em português
Efeitos da membrana de látex na regeneração de defeito ósseo em tíbia de rato
Palavras-chave em português
Hevea brasiliensis
Látex
Rato
Regeneração óssea
Resumo em português
Problemas de consolidação óssea são um grande desafio clínico, pois geram altos custos de tratamento, morbidades e prejuízos a qualidade de vida. A técnica de regeneração óssea guiada é empregada com o intuito de promover a melhora no processo de regeneração de defeitos ósseos através da utilização de barreiras biológicas, que protegem o local da lesão e favorecem a ação de células osteogênicas. A membrana de látex natural, extraído da seringueira Hevea brasiliensis tem sido apontado como um biomaterial promotor da regeneração em diferentes tecidos, e por este motivo escolhido como objeto de estudo desta pesquisa. O objetivo foi avaliar o efeito da utilização de membrana de látex natural no processo de regeneração guiada de defeito ósseo em ossos longos de ratos, através de análises estruturais, radiológicas, microscópicas e da expressão de proteínas osteogênicas. Foram utilizados sessenta ratos Wistar divididos igualmente em quatro grupos (n=15), sendo: animais tratados com membrana de látex por uma (L1) ou quatro semanas (L4) e animais que não receberam tratamento específico por uma (C1) ou quatro semanas (C4). Um defeito ósseo de 2,5 mm de diâmetro foi realizado na região medial da tíbia esquerda de cada animal. Nos animais do grupo tratado, uma membrana de látex foi posicionada sobre os defeitos ósseos. Após os períodos experimentais de uma ou quatro semanas os animais foram submetidos a eutanásia e a tíbia esquerda de cada animal foi dissecada, limpa das partes moles e submetida às análises macroscópica, densitométrica, radiológica, mecânica, histomorfométrica, estereológica e imunohistoquímica. A influência das varáveis tempo e membrana, bem como a interação tempo*membrana sobre os dados foram avaliadas. Para os dados referentes à imunomarcação de osteocalcina foi aplicado teste de modelo linear generalizado com fatores independentes. Para o restante dos resultados foi realizada análise de ANOVA multivariada com dois fatores independentes. Todas as comparações foram realizadas com ajuste de Bonferroni e adotado nível de significância de 5%. Foram observadas diferenças estatisticamente significantes em relação a variável tempo, em que grupos avaliados quatro semanas após a cirurgia apresentaram resultados superiores para as medidas de comprimento (p<0,001), massa (p<0,001), força máxima (p<0,001) e rigidez relativa da tíbia (p<0,001), bem como para as medidas de densidade radiológica (p=0,008), densidade mineral óssea (p=0,017), volume ósseo neoformado (p<0,001) e fibras de colágeno tipo III (p<0,001). Em relação à utilização da membrana de látex, os grupos tratados apresentaram resultados estatisticamente superiores para as análises de rigidez relativa (p=0,048), fibras de colágeno tipo I (p=0,018), volume ósseo neoformado (p<0,001) e expressão de osteopontina (p=0,037). Concluímos que a utilização de membrana de látex em regeneração óssea guiada em defeitos realizados em tíbias de ratos melhorou sensivelmente a regeneração do tecido.
Título em inglês
Effects of latex membrane on regeneration of bone defect in rat tibia
Palavras-chave em inglês
Bone regeneration
Hevea brasiliensis
Latex
Rat
Resumo em inglês
Problems of bone consolidation are a significant clinical challenge, as they generate high treatment costs, morbidities, and damages to the quality of life. The guided bone regeneration technique is used to improve the regeneration process of bone defects through the use of biological barriers that protect the site and favor the action of osteogenic cells. The natural latex membrane extracted from the rubber tree Hevea brasiliensis has been identified as a biomaterial promoting regeneration in different tissues, and for this reason chosen as the object of study of this research. The objective was to evaluate the effect of the use of natural latex membrane in the process of guided regeneration of bone defect in long bones of rats, through structural, radiological, microscopic analysis and the expression of osteogenic proteins. Sixty Wistar rats were equally divided into four groups (n = 15): latex membrane treated animals for one (L1) or four weeks (L4) and animals that received no specific treatment for one (C1) or four weeks (C4). A bone defect of 2.5 mm diameter was performed in the medial region of the left tibia of each animal. In the animals of the treated group, a latex membrane was positioned over the bone defects. After the experimental periods of one or four weeks, the animals were submitted to euthanasia, and the left tibia of each animal was dissected, cleaned of soft parts and submitted to macroscopic, densitometric, radiological, mechanical, histomorphometric, stereological and immunohistochemical analysis. The influence of the variable time and membrane as well as the time * membrane interaction on the data were evaluated. For the data referring to the osteocalcin immunostaining, a generalized linear model with independent factors was applied. For the rest of the results, a multivariate ANOVA analysis was performed with two independent factors. All comparisons were performed with Bonferroni adjustment and adopted a significance level of 5%. Statistically significant differences were observed in relation to the time variable, in which groups evaluated four weeks after surgery presented superior results for the measures of length (p <0.001), mass (p <0.001), maximal strength (p <0.001) and stiffness (P <0.001), as well as for measurements of radiological density (p = 0.008), bone mineral density (p = 0.017), neoformed bone volume (p <0.001) and type III collagen fibers (p <0.001) ). About the use of the latex membrane, the treated groups presented statistically superior results for analyzes of relative stiffness (p = 0.048), type I collagen fibers (p = 0.018), neoformed bone volume (p <0.001) and expression of Osteopontin (p = 0.037). We conclude that the use of latex membrane in guided bone regeneration in defects performed in rat tibiae significantly improved tissue regeneration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BRUNALEONELCARLOS.pdf (3.72 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.