• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2012.tde-13062012-234818
Documento
Autor
Nome completo
Carina Tellaroli Spedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Barreira, Amilton Antunes (Presidente)
Diniz, Leandro Fernandes Malloy
Foss, Maria Paula
Título em português
Adaptação transcultural e propriedades psicométricas do subteste Visual Reproduction (Reprodução Visual I e II) da Wechsler Memory Scale - Fourth Edition (WMS-IV), (Escalas de Memória de Wechsler) para uma população do Brasil
Palavras-chave em português
Acidente vascular cerebral
Adaptação transcultural
Confiabilidade
Memória episódica não verbal
Memória visual
Validade
Visual Reproduction
Wechsler memory Scale
WMS
Resumo em português
Instrumentos de avaliação da memória episódica não verbal são escassos. Além disto, consideramos a crescente necessidade de esforços para a adaptação transcultural de instrumentos de memória para nosso contexto. O subteste Visual Reproduction I e II (Reprodução Visual I e II) faz parte da Wechsler Memory Scale (WMS) e se trata de uma escala mundialmente utilizada e adaptada a diversas culturas, sendo considerada padrão ouro dentre as medidas de avaliação da memória. No presente estudo, utilizamos o subteste Reprodução Visual, da WMS na sua quarta edição (WMS-IV). O Reprodução Visual (RV) é subdividido em três domínios de investigação da memória visual (evocação imediata, evocação tardia e reconhecimento) e uma tarefa opcional para avaliação da percepção visual, habilidades construtivas e atenção aos detalhes (cópia). Além disto, o escore de cada um dos três domínios avaliados podem ser contrastados, de modo que se obtenham informações sobre a retenção, o quanto a memória é melhor ou pior do que as habilidades construtivas e, por último, o quão o sujeito evoca livremente ou precisa de pistas para evocar a informação aprendida. Esta versão da WMS-IV é uma revisão da WMS-III, cujos estudos resultaram em algumas alterações metodológicas e de conteúdo, no sentido de facilitar a análise dos resultados, diminuir os vieses de aplicação e correção. Desta forma, para atingir os propósitos desta pesquisa foram realizados dois estudos: o Estudo 1 teve como objetivo realizar a adaptação transcultural do subteste Visual Reproduction I and II - Wechsler Memory Scale IV (WMS-IV) e apresentar uma versão para uso preliminar no Brasil. O estudo 2 consistiu na avaliação das suas propriedades psicométricas. Participaram do estudo 1 três tradutores com fluência no inglês, que realizaram traduções independentes, dois tradutores profissionais e dois juízes especialistas (um neurologista e uma neuropsicóloga). Os juízes especialistas e um tradutor profissional investigaram a equivalência conceitual, semântica e operacional dos itens. Uma amostra de 24 sujeitos saudáveis responderam ao pré-teste, que consistiu na investigação da compreensão e dificuldade da versão adaptada do Reprodução Visual I e II. No estudo dois, participaram 62 adultos saudáveis e 29 adultos com Acidente vascular cerebral em hemisfério direito, no território da Artéria cerebral média (AVC-ACMHD). Os sujeitos tinham idade entre 20 e 59 anos e as respostas foram consideradas para análises de confiabilidade e validade baseadas em análises estatísticas da teoria clássica (ANOVA, ANCOVA, coeficiente alfa de Cronbach, e correlação de Pearson) e da teoria moderna de testagem (Teoria de Resposta ao Item (TRI) através do modelo de um parâmetro ou método de Rasch). O processo de análise das propriedades psicométricas utilizou a metodologia recomendada pelo American Educational Research Association [AERA], American Psychological Association [APA] e o National council on measure in education [NCME], 2008 indicada pela editora responsável pelos direitos autorais do WMS-IV. Na confiabilidade, foi investigada a consistência interna (coeficiente alfa de Cronbach) e a estabilidade temporal (correlação de Pearson). Na investigação da validade, foram investigados: os processos de resposta, a estrutura interna (correlação de Pearson, Teoria de resposta ao Item pelo método de Rash), a relação com outros instrumentos (Mini Exame do Estado Mental - MEEM e Figuras Complexas de Rey) e a relação com variáveis externas (AVC-ACMHD comparados a controles saudáveis). O índice de consistência interna do subteste foi de 0,92 e a estabilidade teste-reteste mostrou correlação significativa, exceto com a tarefa de evocação tardia. Esses resultados são similares aos do estudo original, sendo, portanto caracterizada a sua equivalência. Os resultados do estudo de validade mostraram que há equivalência em termos de conteúdo.A investigação da estrutura interna pelo coeficiente de correlação de Pearson evidenciou que todas as figuras obtiveram correlação significativa (p<0,001). Ainda mais: correlacionaram-se congruentemente durante toda a tarefa. Na investigação da estrutura interna pelo método de Rasch foi evidenciado que o teste é unidimensional, que a progressão de theta ao longo das categorias de resposta foram como o esperado pelo modelo. A TRI mostrou que a figura mais fácil é a figura 1 da tarefa de evocação imediata e a mais difícil é a figura 5 de evocação tardia. Os índices de correlação theta foram superiores a 0,5, mostrando correlação. No mapa de pessoas-itens as variáveis tenderam a avaliar o constructo em níveis inferiores ao de habilidade dos sujeitos, sugerindo a necessidade de itens avaliando níveis mais altos do constructo. Na análise de validade considerando outras medidas a tarefa de evocação imediata o escore total e evocação tardia apresentaram correlação com o total da tarefa de memória das figuras complexas de Rey. As tarefas de cópia correlacionaram-se com o total de cópia do teste das figuras complexas de Rey. A tarefa de evocação imediata o escore total e evocação tardia apresentaram correlação com o total do MEEM. A análise de covariância mostrou que a escolaridade exerce influência nos escores do RV. Assim, depois de controlada a escolaridade foi evidenciado que os controles tiveram melhor desempenho em todas as tarefas do RV, quando comparados aos pacientes com AVC-ACMHD. Na análise qualitativa, através do escalonamento e contraste dos escores, foi observado que o baixo desempenho dos pacientes com AVC se deve ao fato de que esses pacientes percebem muito mal o item, com pior controle motor, habilidade visuo-construtiva e capacidade de prestar atenção a detalhes. O resultado é uma menor aquisição da informações e as conseqüências são dificuldades na memória episódica não verbal . Os nossos resultados foram demonstrativos de que o RV da WMS- IV, além de culturalmente equivalente em termos de confiabilidade e validade, é adequado para a cultura dos sujeitos e pacientes avaliados em Ribeirão Preto, preciso e válido para o uso no Brasil. Saliente-se a necessidade de estudos normativos com esse subteste.
Título em inglês
Transcultural Adaptation of the subtest Visual Reproduction I and II of the Wechsler Memory Scale - IV (WMS-IV) (Wechsler Memory Scale) to one culture from Brazil.
Palavras-chave em inglês
Mini Metal State Exam
Non-verbal episodic memory
Reliability
Rey-Osterrieth Complex Figure Test
Stroke
Transcultural adaptation
Validity
Visual memory
Visual Reproduction
Wechsler memory Scale
WMS-IV
Resumo em inglês
Tools for evaluation of non-verbal episodic memory are scarce. Furthermore, we consider the increasing need for efforts to cross-cultural adaptation of instruments of memory for our context. The subtest Visual Reproduction I and II is part of the Wechsler Memory Scale (WMS), and it is used worldwide scale and adapted to different cultures, and is considered the gold standard among assessment measures of memory. In the present study, we use the Visual Reproduction subtest of WMS in its fourth edition (WMS-IV). The Visual Reproduction (VR) is subdivided into three fields of research in visual memory (immediate recall, delayed recall and recognition) and an optional task to assess visual perception, constructive abilities and attention to detail (copy). Moreover, the score of each of the three domains can be contrasted evaluated in order to obtain information on retention, and the memory is better or worse than the constructive abilities, and finally, how the subject refers freely or need tracks to evoke the information learned. This version of the WMS-IV is a review of the WMS-III, whose studies have resulted in some changes in methodology and content, to facilitate the analysis of results, lower camest application and correction. Thus, to obtain the purposes of this research were carried out two studies: Study 1 was aimed at making cross-cultural adaptation of the subtest "Visual Reproduction I and II - Wechsler Memory Scale - IV (WMS-IV)" and present a version for use preliminary in Brazil and the second study consisted of an evaluation of its psychometric properties. The study included a three translators fluent in English, which made independent translations, translators two professional judges and two experts (a neurologist and a neuropsychologist) who performed the conceptual and item equivalence, semantic, and operational. 24 healthy subjects responded to the pretest, which consisted in the investigation of understanding and difficulty of the adapted version of the Visual Reproduction I and II. In the second study, participated in 62 healthy adults and 29 adults with stroke in the right hemisphere in the territory of the middle cerebral artery. All subjects were aged between 20 and 59 years and the responses were considered for analysis of reliability and validity based on statistical analysis of the classical theory (ANOVA, ANCOVA, Cronbach's alpha, and Pearsons correlation) and the modern theory testing (Item Theory Response IRT, the model of one parameter or Rasch method). The process of analyzing the psychometric properties following the methodology recommended by the American Educational Research Association [AERA], American Psychological Association [APA] and the National council on education measure in [NCME], 2008 - indicated by the publisher responsible for the copyright of the WMS-IV. In the reliability analysis, we investigated the internal consistency (Cronbach's alpha) and temporal stability (Pearsons correlation). To investigate the validity, were considered: the processes of response, the internal structure (Pearsons correlation and IRT), the relationship with other tools (Mini Mental State Exam- MMSE and Rey-Osterrieth Complex Figure Test (ROCF).) and the relationship with external variables (stroke in the right hemisphere in the territory of the middle cerebral artery, compared to healthy controls). The index of internal consistency overall subtest was 0.92 and test-retest stability showed significant correlation, except with the task of delayed recall. These results are similar to the original study, showing thus their equivalence. The results of the validity study showed that there is equivalence in terms of investigating the internal structure and content. Pearson's correlation coefficient showed that all the figures obtained significant correlation (p <0.001) and further correlated with each moment congruently the task. In investigating the internal structure by the Rasch method has been shown that the test is one-dimensional that the progression of theta over the response categories was as expected by the model, and show that the figure is the easier task of Figure 1 - immediate recall, and is harder to figure 5- for delayed recall. The theta correlation coefficients were greater than 0.5, showing good correlation. On the map of people-items showed that the variables tended to evaluate the construct at levels below the skill of the subjects, suggesting the need for items assessing higher levels of the construct. In the analysis of validity considering other measures, the total score of immediate recall and delayed recall correlated with the total of memory task of the Rey complex figure copy. The copy of the Visual Reproduction correlated with copy of Rey-Osterrieth Complex Figure Test (ROCF). The task of ROCF immediate recall of the total score and delayed recall correlated with total MMSE. Covariance analysis showed that education exercises influences on scores of the RV. So, after controlled the variable schooling, was evident that the controls performed better than patients with stroke on all Visual Reproduction subtest. The qualitative analysis via scaling contrast scores, shown that low performance of patients with stroke is due the fact they recognize the item very badly, the motor control, visuo-constructive ability and ability to pay attention to details is lowered. Its can occur, may be due apraxia, resulting in lower acquisition of the information, resulting in difficulties in non-verbal episodic memory. Our results showing that the Visual Reproduction subtest of the WMS-IV was considered culturally equivalent in terms of reliability and validity and is appropriate for culture of the subjects and patients evaluated in Ribeirão Preto, valid and reliable for use in Brazil. We emphasize the need of studies regarding to normative data for this subtest.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.