• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2015.tde-25052015-104647
Documento
Autor
Nome completo
Viviane de Almeida Côbo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fabbro, Amaury Lelis Dal (Presidente)
Comin, Fabio Scorsolini
Forster, Aldaísa Cassanho
Título em português
Cuidados paliativos na atenção primária à saúde sob a perspectiva dos profissionais de saúde
Palavras-chave em português
Atenção Primária
Cuidados Paliativos
Psicologia
Resumo em português
Os Cuidados Paliativos (CP) são uma abordagem de cuidado em saúde que visa qualidade de vida dos pacientes e de seus familiares, que enfrentam uma doença terminal, através de cuidados físicos, psíquicos, sociais e espirituais. Já a Atenção Primária à Saúde é o primeiro nível da rede de saúde, oferta serviços clínicos e é responsável pela coordenação do cuidado e organização dessa rede. Caracteriza-se por um conjunto de ações de saúde individuais e coletivas, que abrangem a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação e a manutenção da saúde, utilizando tecnologias de elevada complexidade e baixa densidade, que devem resolver os problemas de saúde de maior frequência e relevância em seu território. O principio de Integralidade do SUS se relaciona intimamente com essas duas vertentes de saúde, os CP e a APS. O estudo teve como objetivo Identificar como são compreendidos e realizados os CP na APS por profissionais de saúde. Trata-se de estudo descritivo e exploratório que pretende descrever padrões de ocorrência de cuidados paliativos na atenção primária em saúde, assim como o conhecimento e a percepção sobre estes cuidados de todos os atores envolvidos. Participaram do estudo 13 profissionais de saúde que trabalham na APS, 17 pacientes e/ou cuidadores que estavam em CP, todos maiores de 18 anos. Para a análise dos dados, utilizou-se de Estatística Descritiva e Análise de Conteúdo segundo Bardin. Os indivíduos caracterizam-se pelo discreto predomínio do sexo feminino tanto quanto na amostra de profissionais de saúde quanto nos pacientes/cuidadores. Como resultados e conclusão têm-se que os profissionais possuem, como conhecimento, conceitos gerais e empíricos de CP e mais específicos de APS. Há a demanda de CP na APS e a sensibilização dos profissionais de saúde que atuam neste nível sobre o que tange a CP, mas não se pode dizer que realizam em toda a plenitude os CP na APS, entretanto há a possibilidade de inserção dessa abordagem de cuidado nestes serviços. Faltando, para isso, capacitação e estrutura adequada. Não há a formação especifica dos trabalhadores da APS para CP, muito menos sua discussão na prática. E sua formação ou elucidação sobre CP possuíam uma formação empírica vinda da prática que ainda privilegia os cuidados físicos, mas que visam à qualidade de vida e cuidados humanizados. Os cuidados prestados, tanto em CP quanto em APS, são avaliados positivamente tanto pela comunidade quanto pelos profissionais de saúde. A APS é feita por profissionais identificados com os princípios e diretrizes desse nível em saúde, é direcionada por sua demanda, que emerge da comunidade adstrita ao seu território, sendo que há uma cultura que impõe uma visão imediatista sobre a saúde por parte da população.
Título em inglês
Palliative care in primary health care from the perspective of health professionals.
Palavras-chave em inglês
Palliative Care
Primary Health Care
Psychology
Resumo em inglês
Palliative Care (PC) is a health care approach that seeks quality of life of patients and their families facing a terminal illness through physical, psychological , social and spiritual. Have the Primary Health Care is the first level of the health network, offer clinical services and is responsible for the coordination of care and organization of the network. Characterized by a set of individual and collective health actions, which include the promotion and health protection, disease prevention, diagnosis, treatment , rehabilitation and health maintenance , using high- complexity and low-density technologies which should solve the health problems of greater frequency and relevance in their territory. The principle of the SUS Completeness is closely related to these two health aspects, the CP and the APS. The study aimed to identify how is understood and carried out palliative care in Primary Health professionals from health. This is a descriptive and exploratory study aimed to describe the occurrence of palliative care standards in primary health care, as well as the knowledge and perception about these care of all the actors involved. Study participants were 13 health professionals working in PHC, 17 patients and/or caregivers who were in CP, all 18 years . For data analysis, we used the descriptive statistics and content analysis according to Bardin. Individuals are characterized by slight predominance of females in the sample as much as health professionals and the patients/caregivers. As results and conclusion are that the professionals have, as knowledge, general and empirical concepts of PC and more specific PHC. There is demand for PC in the PHC and the awareness of health professionals working at this level on the respect to PC, but we cannot say that perform in all its fullness the PC in the PHC, however there is the possibility of inclusion of this approach care in these services. Missing, for this, training and appropriate structure. There is no specific training of PHC workers to PC, much less his discussion in practice. And their training or elucidation of PC had an "empirical training" practice coming that still favors the physical care, but aimed at quality of life and humanized care. The care provided in both PC and in PHC, are evaluated positively by both the community and by health professionals. The PHC is made by professionals identified with the principles and guidelines of health level, is driven by your demand, emerging the enrolled community to its territory, and there is a culture that imposes a short term view on health for the population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Viviane.pdf (1.75 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.