• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2007.tde-17032008-135425
Documento
Autor
Nome completo
Gisele Gonçalves Garcia Perroni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Ruffino Netto, Antonio (Presidente)
Ferriolli, Eduardo
Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani
Título em português
Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer
Palavras-chave em português
Capacidade funcional
Doença de Alzheimer
Idoso
MIF
Queda
Resumo em português
Introdução: A doença de Alzheimer (DA) é considerada um dos importantes pro blemas de Saúde Pública, significando, portanto, grande desafio para a geron tologia e geriatria. É causa mais comum de demência que cursa com declínio cognitivo e funcional e alterações com portamentais, porém, poucos estudos relatam a correlação existente entre o declínio motor, considerando o equilíbrio, a força e a implicação na capacidade funcional e na ocorrência de quedas nessa população, principalmente na fase inicial da DA. Objetivos: Identificar o grau de capacidade funcional dos idosos portadores da DA e adequação do seu ambiente domiciliar propício às suas atividades de vida diária, e ocorrência de quedas, proporcionando, assim, melhor qualidade de vida. Métodos: Foi efetuado um estudo epide miológico descritivo, tipo inquérito pros pectivo. Foram estudados 30 pacientes portadores de DA, com idade acima de 60 anos. Foi utilizada avaliação pes soal do paciente, do ambiente e instru mento de avaliação da Medida de Inde pendência Funcional (MIF). Resultados e Conclusões: Dos pacientes estudados, 60% eram do sexo feminino, 47% a profissão era do lar, o intervalo modal do tempo de DA foi de 1,5 - 2 anos e 57% deles apresentaram pelo menos uma queda. Em relação aos cuidadores, 80% eram do sexo feminino e apresentaram média de idade de 59 anos. Em relação à MIF, foi observado grau 6 (independên cia modificada) nos parâmetros: função banho (70%), controle de esfíncter (27%), função transferência (90%), função locomoção (83%). Na função cognitiva, 100% dos pacientes apresentaram grau 5 em pelo menos uma função. Sobre o ambiente, observou-se que os principais fatores de risco foram calçados inadequados, móveis soltos pelo caminho, altura inadequada do vaso sanitário e ausência de barras de apoio. Através da MIF, pôde-se avaliar o grau de comprometimento das funções cognitivas/sociais e identificar a independência modificada das funções motoras dos pacientes com DA, na fase leve. Embora o número de pacientes estuda dos seja pequeno, contudo as evidências parecem mostrar que aumentou os riscos de quedas em função da MIF e do ambiente.
Título em inglês
Study of protein Turnover in health elderly Brazilian using 15N-Glycine technique.
Palavras-chave em inglês
Alzheimer's Disase
Elderly
Fal
FIM
Fuctional Abilit
Resumo em inglês
Alzheimer's disease is a major public health problem, meaning that it is considered a great challenge to Geria trics and Gerontology. It is the most common cause of dementia, which leads to cognitive and functional decline and behavioral changes. However, few studies report the existing relation between motor decline (balance), strength, and their influence on function abilities as well as the occurrence of falls among the population afflicted by AD, mainly in its early stage. Objectives: This study aimed to identify the functio nal ability level in AD senior citizens and home setting adjustment for a proper environment in which they could carry out daily activities. It also aimed to identify occurrence of falls in order to provide them with a better quality of life. Methods: A survey-like descriptive epidemiological study was conducted. Thirty AD patients over 60 years old were studied. An assessment of the patients and their environment using the Functional Independence Seale was made. Results: 60% of the patients studied were female and 47% were housewives. Their modal AD time interval was 1.5 - 2.0 years, and 57% of them had had at least one fall. As for caregivers, 80% of them were female and averaged 59 years of age. As for Functional Independence Scale, a level 6 (Altered Independence) was observed in the following parameters: Bathing function (70%), sphincter control (27%), transfer function (90%), and movement function (83%). Regarding cognitive function, 100% of the patients showed a 5 level for at least one function. As re gards environment, the main risk factors were inadequate footwear, pieces of furniture on the way, toilet height, and absence of supporting railing. Conclusion: It was possible to identify cognitive changes and altered independence motor functions through the IFS. Those changes, thus, increased risks of falls posed mainly by environ mental threats. Therefore, IFS is considered a good and important instrument to asses AD patients' functional ability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_final.pdf (844.20 Kbytes)
Data de Publicação
2008-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.