• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2014.tde-15082014-115711
Documento
Autor
Nome completo
Marilaine Balestrim Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Elisabeth Meloni (Presidente)
Clapis, Maria Jose
Osis, Maria José Martins Duarte
Título em português
A sexualidade após a maternidade: a expeiência de mulheres usuárias do SUS
Palavras-chave em português
Maternidade
Métodos Contraceptivos.
Período pós-parto
Saúde Sexual
Sexualidade
Resumo em português
A chegada do primeiro filho traduz um cenário de intensas mudanças na rotina das mulheres, o qual é pautado por diferentes percepções a respeito da sexualidade e da maternidade. As formas como as novas mães percebem tais mudanças e, identificam suas necessidades em relação ao exercício da sexualidade exercem influência sobre o cotidiano e a saúde das mulheres. Este estudo teve por objetivo compreender como as mulheres que se tornaram mães pela primeira vez percebem as mudanças e identificam as suas necessidades em relação ao exercício da sexualidade durante o primeiro ano do período pós-parto. Especificamente buscou analisar as perspectivas das participantes sobre a maternidade e a sexualidade; compreender a vivência da sexualidade em função dos significados atribuídos a maternidade; identificar o conhecimento e a importância atribuída aos diferentes métodos contraceptivos e; identificar a importância das orientações profissionais nas questões ligadas à saúde sexual e reprodutiva das mulheres. Em virtude dos fenômenos estudados desenvolvemos uma pesquisa de cunho qualitativo com 12 mulheres primíparas e usuárias de Unidades Básicas de Saúde do município de Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo. O instrumento utilizado para a realização da coleta de dados foi a entrevista semiestruturada e, através da Análise de Conteúdo o material oriundo da transcrição integral das entrevistas foi fragmentado dando origem a categorias, as quais foram reagrupadas por temáticas relevantes ao objeto estudado. Da análise de conteúdo obtivemos categorias que dizem respeito a concepção de sexualidade, ao sexo e maternidade, a concepção de maternidade, a gravidez, ao parceiro e pai e, ao planejamento familiar. Portanto, a compreensão que as mulheres têm acerca do seu novo papel social imprime novos direcionamentos às experiências diárias no ambiente doméstico, nas relações sociais e no relacionamento com o parceiro. Muitas questões permeadas pelo desequilíbrio nas relações de gênero estão envolvidas nesta dinâmica como a qualidade do acesso ao planejamento familiar, a forma como se apropriam das informações recebidas e a qualidade do atendimento pré e pós-natal. A forma como a mulher exerce a sexualidade e a maternidade é indissociável da construção social da identidade feminina, construção esta que determina as práticas relativas a atenção à saúde das mulheres e que pode interferir nas escolhas e no cuidado com a saúde e na procura da assistência.
Título em inglês
The sexuality after motherhood: the experience of user women of SUS.
Palavras-chave em inglês
Contraceptive methods.
Motherhood
Postpartum period
Sexual health
Sexuality
Resumo em inglês
The coming of a firstborn son represents a scene of intense changes in routine of women which is lined for different perceptions related to sexuality and motherhood. The ways new mothers notice these changes and identify their needs related to sexuality influences their daily lives and the women health. This study had the goal understand how women became mothers for the first time realize the changes and identify their needs in relation to their sexuality during the first year postpartum period. Specifically sought analyze the participants perspective about motherhood and sexuality; understand the experiences of sexuality according to the meanings assigned to motherhood; identify the knowledge and the importance given to different contraceptive methods; identify the importance of professional orientation linked to maters of sexual and reproductive health of the women researched. In view of the phenomena studied we developed a qualitative research with 12 primiparous women and users of public health system in Ribeirão Preto, countryside of São Paulo state. The instrument used to perform the data collection was semi-structured interview and through the content analysis of the material from the whole interviews transcription, it was fragmented originating categories, which were regrouped by relevant themes to the object of study. Content analysis categories obtained concerning the conception of sexuality, sex and motherhood, conception of motherhood, pregnancy, partner and father, and, family planning. Therefore, the understanding women has about their new social role requires new directions to daily experiences in the home environment, in social relations and in the relationship with their partner. Many questions are permeated by the imbalance of gender relation involved in this dynamic with quality familiar planning access, the way they appropriate information received and the quality of pre and postnatal treatment. At long last, the way which the women practice the sexuality and the motherhood is inseparable from the social construction of female identity, construction that determines the practices related to the attention to womens health that could interfere in the choices and care with health and in the search for assistance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Marilaine.pdf (2.45 Mbytes)
Data de Publicação
2015-05-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.