• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2007.tde-03032008-145628
Documento
Autor
Nome completo
Raquel de Carvalho Pacagnella
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues Junior, Antonio Luiz (Presidente)
Franco, Laercio Joel
Narvai, Paulo Capel
Título em português
Perfil epidemiológico de saúde bucal da população do parque indígena do Xingu, entre os anos de 2001 e 2006
Palavras-chave em português
Cárie dentária
Epidemiologia
Índice CPO-D
Índice IPC
Índios Sul-Americanos.
Saúde Bucal
Resumo em português
A epidemiologia da saúde bucal dos povos indígenas no Brasil ainda é pouco conhecida. Os dados disponíveis, em geral, são pertinentes às zonas urbanas. As informações sobre a epidemiologia dessas doenças no Parque Indígena do Xingu (PIX) resultam de investigações nas quais foram utilizadas diferentes metodologias de coletas e análises de dados, dificultado assim um adequado panorama epidemiológico. A partir da implantação do Distrito Sanitário Especial Indígena do Xingu (DSEI-Xingu), em 1999, foram realizados três inquéritos epidemiológicos para doenças bucais, baseados na metodologia proposta pela OMS. O presente estudo teve como objetivo analisar a epidemiologia das referidas doenças no PIX, especificamente de quatro aldeias de diferentes etnias, considerando as necessidades assistenciais odontológicas. Para tal, foi realizado um estudo epidemiológico descritivo, utilizando dados secundários colhidos pela equipe do DSEI-Xingu, provenientes de inquéritos realizados em três momentos distintos: 2001, 2003 e 2006. Foram utilizados:o índice CPO-D, para avaliação da experiência de cárie e para aferir a doença periodontal, o índice periodontal comunitário (IPC). A análise dos resultados mostrou que nas aldeias estudadas, o principal problema de saúde bucal é a cárie, atingindo no ano de 2006, 81% da população. Em relação à cárie, nota-se uma queda nas médias do CPO-D para a maioria das faixas etárias no ano de 2006 em relação a 2001 e houve melhora também nos percentuais de pessoas livres de cárie para as idades entre 0 e 19 anos. As médias de ceo-d para o grupo etário de 0 a 3 anos apresentam elevação no período, exceto na aldeia Moigu, que mostrou diminuição de 8,0 em 2001 para 1,8, em 2006. Ao se analisar os componentes do CPO-D e ceo-d, quando comparados os dados obtidos em 2006 e 2001, foi possível verificar que o componente "cariado" apresentou redução para a maioria das faixas etárias em todas as aldeias, assim como o aumento dos componentes "obturados e perdidos". Observou-se que para a dentição decídua o componente cariado possui grande contribuição no ceo-d em todas as aldeias, variando entre 69% a 86% do índice. Isso traduz dificuldades no acesso dessa população aos serviços odontológicos. O índice IPC mostrou aumento do percentual de pessoas sem doença periodontal em todas as aldeias, queda no percentual de pessoas com algum tipo de bolsa periodontal e cálculo como o principal problema. Em relação às necessidades de tratamento verificou-se que restaurações foram as indicações mais freqüentes e houve um aumento no número de dentes sem nenhuma necessidade. Para a doença periodontal, observou-se que mais de 80% das pessoas acima de 15 anos precisam de tratamento e necessidade de profilaxia; as necessidades por cuidados mais complexos representam apenas 3% . Concluímos que no período de 2001 a 2006,houve uma melhoria nas condições de saúde bucal dessas populações. Uma hipótese explicativa seria a estruturação do programa de saúde bucal nestas áreas.
Título em inglês
Conditions of Oral Health of the Park of Xingu's Population, among 2001 and 2006.
Palavras-chave em inglês
CPI index
Dental caries
DMF-T index
Epidemiology
Oral health
South American Indians.
Resumo em inglês
There is a lack of information about the epidemiology of oral health conditions of the Indian population in Brazil. In general, available data are related to urban regions. Information about the epidemiology of oral health in the Xingu Indian Park (PIX) derive from surveys that employed different methodologies for collecting and analyzing the data, making it difficult to have an adequate picture of the problem. Since the creati of the indian Special Sanitary District of Xingu (DSEIXingu) in 1999, three epidemiologic surveys for oral health were carried out, based on the methodology proposed by the World Health Organization - WHO. The present study analyzed the oral health conditions in four villages of the PIX, considering treatment needs. A descriptive study was performed, using data already collected by surveys carried out by the health team of the DSEI-Xingu, employing the same methodology, in the years 2001, 2003 ead 2006. The DMF-T index was used to avaluate the caries experience, and for periodontal disease, the community periodontal index (CPI). The analisys of the results showed that the main oral health problem in the studied villages was tooth decay, reaching 81% of the population in 2006. In relation to caries, it was observed a decline in the mean of the DMF-T for majority of the age-groups in 2006 in relation to 2001 and an improvement in the proportion of people free of caries for the ages between 0-19 years. The mean of the dmf-t for the 0 to 3 year age-group was higher in 2006, except in the Moigu village, where a decline was observed (from 8.0 in 2001 to 1.8 in 2006). Comparing the DMF-T and dmf-t between 2006 and 2001, it was observed that the component " decayed" decreased in most of the age-groups in the four villages, as well as an increase in the component "filled and missing". For the deciduous teeth, the component "decayed" had greater contribution in the dmft in all the villages. The CPI index showed an increase in the proportionof persons without periodontal disease and a decrease in the proportion of persons with some kind of periodontal pockets in all the villages. Calculus was the main problem. In relation to treatments needs, indication of restoration was the most frequent and there was a increase in the number of teeth without any need. For periodontal disease, more than 80% of the persons aged 15 years or more need treatment and professional tooth cleaning; more complex treatment was required only by 3% of the individuals. We concluded that there was an improvement in the oral health conditions of this population, in the period 2001 to 2006. an explanatory hypothesis for this findings could be the implementation of the strutured oral health program in this region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (1.22 Mbytes)
Data de Publicação
2008-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.