• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-29032018-103340
Documento
Autor
Nome completo
Andre Luiz Prezotto Villa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Feres, Omar (Presidente)
Aguiar Junior, Samuel
Rocha, Jose Joaquim Ribeiro da
Título em português
Análise da expressão do PPARG em tumores colorretais e sua associação com o estadiamento e a evolução clínica
Palavras-chave em português
Câncer colorretal
PPARG
Prognóstico
Resumo em português
Introdução: O câncer colorretal é um dos mais frequentes no mundo ocidental. Novas medidas de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento vêm melhorando o prognóstico para os pacientes, com novos achados biológicos inferindo relação com a evolução da doença. A PPARG é um receptor nuclear abundantemente expresso em células epiteliais do cólon, e variações na sua expressão podem ser relacionadas à evolução clínica do câncer colorretal. Objetivo: Avaliar a expressão gênica do PPARG em tumores colorretais e relacionar este dado com variáveis clínicas dos pacientes, como: idade, tipo histológico, CEA, estadiamento e a evolução clínica. Casuística e métodos: Analisamos a expressão gênica do PPARG em 50 amostras de tumores colorretais através da RT-PCR, e 20 amostras de tecido normal adjacente como controle. Os resultados destas quantificações foram correlacionados com as informações clínicas dos prontuários dos respectivos pacientes. Resultados: Houve menor expressão do PPARG no tecido tumoral em comparação ao tecido controle. Dentre os tumores, os pacientes com idade acima de 60 anos, tipo histológico com diferenciação mucinosa, estadiamento mais avançado ao diagnóstico e os pacientes que evoluíram com recidiva da doença ou óbito apresentavam maior expressão do PPARG. Discussão: Analisando os tecidos tumorais, pode-se inferir uma tendência a pior prognóstico nos pacientes com expressão mais elevada de PPARG. Esses achados, correlacionados aos demais estudos já publicados na literatura, apontam uma tendência desfavorável na evolução da doença. Estudos futuros com um maior número de pacientes e várias instituições podem inferir uma importância prognóstica e até terapêutica para a PPARG.
Título em inglês
Analysis of PPARG expression in colorectal tumors and its association with staging and clinical evolution
Palavras-chave em inglês
Colorectal cancer
PPARG
Prognostic
Resumo em inglês
Introduction: Colorectal cancer is one of the most frequent neoplasm in the Western world. New strategies of prevention, early diagnosis and treatment have improved the prognosis for the patients, and new biological findings relate to the prognosis of the disease. PPARG is a nuclear receptor highly expressed in colon epithelial cells, and variations on its expression may be related to the clinical evolution of colorectal cancer. Objective: To evaluate the gene expression of PPARG in colorectal tumors and to correlate this data with clinical variables of the patients, such as: age, histological type, CEA, staging and clinical evolution. Casuistry and methods: We analyzed the gene expression of PPARG in 50 samples of colorectal tumors using RTPCR, and 20 adjacent normal tissue samples as control. The results of these quantifications were correlated with the respective patients' medical records' clinical information. Results: There was a lower PPARG expression in the tumor tissue compared to the control tissue. Among the tumors samples, patients older than 60 years, histological type with mucinous differentiation, more advanced staging at the time of diagnosis, and patients who evolved with recurrence of the disease or death presented higher PPARG expression. Discussion: Analyzing the tumor tissues, we can infer a tendency to worse prognosis in patients with higher PPARG expression. These findings, correlated with the other studies already published in the literature, point to na unfavorable trend in the disease's evolution. Future studies with a larger number of patients and several institutions may infer a prognostic and even therapeutic importance for PPARG.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.