• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2015.tde-03102015-100011
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Fleury e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pasternak, Suzana (Presidente)
Ferreira, João Sette Whitaker
Nobre, Eduardo Alberto Cusce
Rodrigues, Ana Lúcia
Shimbo, Lúcia Zanin
Título em português
A recente produção imobiliária no aglomerado metropolitano Paiçandu-Maringá-Sarandi: novos arranjos, velha lógica
Palavras-chave em português
Aglomerações metropolitanas
Espaço urbano
Maringá(PR)
Mercado imobiliário
Paiçandu(PR)
Produção
Sarandi (PR)
Segregação socioespacial
Resumo em português
Esta tese se propõe a analisar a produção imobiliária no Brasil e seus efeitos sobre o espaço urbano e metropolitano, a partir das recentes dinâmicas imobiliárias verificadas na segunda metade da década de 2000 no aglomerado metropolitano de Paiçandu, Maringá e Sarandi, localizado no norte do Paraná. Fazendo parte de um amplo projeto de colonização privada realizada na década de 1940, pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), este aglomerado metropolitano irá assistir desde sua gênese, ao protagonismo do capital imobiliário local sobre a configuração socioespacial do território. Paiçandu, Maringá e Sarandi fazem parte da Região Metropolitana de Maringá formada por 26 municípios cujo polo é Maringá, que historicamente tem apresentado índices socioeconômicos muito superiores às demais cidades que compõe sua região, fazendo da desigualdade regional o traço mais marcante e da segregação socioespacial o processo mais presente entre os três municípios que compõe o aglomerado. Tomou-se como principais aportes teórico-metodológicos o debate sobre a produção capitalista em terras brasileiras, bem como o modelo "máquina de crescimento" exposto por Logan e Molotch em 1987, este adotado como pressuposto dos arranjos de poder no território de estudo. Entrevistas a diferentes agentes imobiliários e agentes públicos dos três municípios, levantamento de dados sobre o setor e principais produtos imobiliários, bem como dos dados socioeconômicos do aglomerado metropolitano formam a coleta de dados desta pesquisa. Se concentrando na produção residencial empresarial de 2000 a 2013 voltada ao setor econômico e de média e alta renda em Paiçandu, Maringá e Sarandi, procura-se demonstrar a hipótese de que o recente quadro imobiliário nacional de abundância de crédito, retomada de financiamento e concessão de subsídio verificado no período, fortaleceu o mercado imobiliário local e promoveu novas configurações socioespaciais no aglomerado metropolitano, entretanto ainda à reboque da lógica do setor imobiliário local, aprofundando os históricos efeitos de segregação socioespacial no território de estudo.
Título em inglês
The recent housing production in the metropolitan agglomeration Paiçandu - Maringá- Sarandi : new arrangements , old logic
Palavras-chave em inglês
Production
Real estate market
Socio-spatial segregation
Urban agglomeration
Urban space
Resumo em inglês
This thesis analyzes Brazilian real estate construction practice and its effect on urban space since 2001 in the metropolitan region of Paiçandu, Maringa and Sarandi, located in the state of Paraná. As part of a large private development project carried out in the 1940s by Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), these municipalities have, since their foundation, resolutely encouraged capital real estate investment projects which continue to effect social and spatial change. The urban corridor of Maringa, Paiçandu and Sarandi have historically had higher rates of socioeconomic development and income levels than the other 23 cities and towns that make up Maringa's greater metropolitan region, and the resulting inequality and socio-spatial segregation is especially obvious in these three cities. Principal theoretical and methodological contributions to this study include debates regarding capitalist production on Brazilian land and the "growth machine" model described by Logan and Molotch in 1987, which grounds this study's understanding of the region. Interviews with various real estate agents and public officials in the three municipalities, a survey of regional data, socioeconomic data and the region's major real estate transactions make up the information examined in this research. Focusing on moderate and high income residential real estate development from 2001 to 2013 in Paiçandu, Maringa and Sarandi, this thesis seeks to demonstrate the hypothesis that recent national real estate conditions returning to previous financing practices and offering easy credit terms have strengthened the real estate market of these municipalities, brought changes to the region's organization and promoted new socio-spatial configurations, and, finally, that the prevailing logic of the real estate sector here has deepened the historical effects of socio-spatial segregation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
beatrizfleuryrev.pdf (64.43 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.